História Oque aconteceu com a Terra? : Visão de Lunna - Capítulo 2


Escrita por: ~, ~Camillaa_Rfp e ~Lyla_Louise

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Apocalipse, Drama, Fim Do Mundo, Futuro, Revelaçoes, Surreal, Suspense
Visualizações 8
Palavras 705
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oii! Mais uma capítulo pra vcs!!

#Lumus.

Capítulo 2 - Existem sobreviventes.


Fanfic / Fanfiction Oque aconteceu com a Terra? : Visão de Lunna - Capítulo 2 - Existem sobreviventes.

Fugi cedo, estava muito ansiosa para ir logo. Antes de eu fugir,fui no estoque que é uma espécie de mercado,pra pegar algumas comidas para mais ou menos uns dez dias. Depois fui ao lugar do grupo de rebeldes, que era um lugar mais longe das moradias da Sede 11, peguei a arma que eu mais sei manusear, o arco e flecha. Nós guardavamos em um armário trancado e só os integrantes do grupo "os rebeldes" tinham a chave.
Quando cheguei em casa, subi para o meu quarto, depositei os suprimentos que foram pegos em cima da cama. Tinha muitos salgadinhos nos suprimentos, muita água também. O meu arco era prateado com detalhes azuis e a corda preta, as flechas eram de pura prata, de ponta a ponta. Peguei também algumas roupas, outras coisas de higiene pessoal. Peguei umas fotos de mim e da minha mãe sorrindo, de eu, James e nossa antiga amiga Liz, a foto da antiga Londres e por último a foto dos meus atuais amigos Newt,Locander,Calvin e James. Eu fiquei pensando enquanto eu chorava, se eles ainda estam vivos, eu sabia que James e Newt eram imunes a doença agora se Calvin e Locander são... aí eu já não sei. Depois de passar pelos portões da Sede 11, teria que tirar o bracelete, eles botam os braceletes para saber se estamos vivos dentro da Sede 11 ou fora. Os foragidos sempre tiram logo depois de sairam, os governantes da Sede 11 acham que morreu por causa da doença. Mas tem outros que se esqueçem de tira-los e acabam sendo achados e trazidos de volta para a Sede 11, depois eles tem uma morte altamente dolorosa.Você deve estar se perguntando " Como a Sede 11 não é contaminada pela doença?" Ela é coberta por grandes árvores que empedem os raios solares de ficarem tão intenços e também a área da contaminação e da radiação é um pouco longe. No meu aniversário,ouvi pessoas dizerem que a Califórnia é o melhor destino depois que fugir. Dizem que tem uma cópia de Sede 11 lá, só que melhor e mais livre, nós chegamos até lá por meio de uma ponte que foi construída logo depois da guerra, a "Ponte da paz". Ela foi construída em objetivo de fazer a paz entre os E.U.A e a Inglaterra, só que não deu muito certo. Uma ficava chamando a outra de ser a raiz do fim do mundo, Estados Unidos falava que Londres foi o ponto de guerras, já Londres falava que Estados Unidos foi a raiz da doença, esses insultos acabou em mortes. Depois disse a ponte nunca mais foi usada.
Fugi lá pelas quatro horas da manhã, deixei os cabelos castanhos soltos, peguei minha mochila preta, que parecia pequena por fora mas era bem grande por dentro, desci as escadas e sai da casa. Abri a porta com cuidado para não ranger. Sai em desparada mas ainda silenciosamente, cheguei até o portão. Já sabia que não dava mais pra recuar, e eu nem ia, se eu recuasse meu orgulho ia ser ferido e eu não ia conseguir conviver com isso. Pulei as cercas dos portões da Sede 11 com cuidado, não poderia abrir os portões já que muitos guardas ouviriam, quando senti a grama fora da Sede 11, no mundo livre, senti uma brisa leve e refrescante. Senti que estava recomeçando, depois dessa leve brisa ter ido embora, pensei em meu objetivo: cruzar a "Ponte da paz" e torcer para que os meninos estejam nos Estados Unidos.
Arranquei logo o bracelete e segui minha viagem, sempre verificando o relógio, sempre preucupada com o tempo. Demorei um dia até chegar a tal ponte.
Já tinha comido seis sacos de salgadinhos e bebido dez garrafas de água, o bom era que sempre tinha um lago com uma placa com o símbolo de água potável. Depois de mais dois dias caminhando com algumas paradas durante a noite vejo duas garotas discutindo, ergo logo o meu arco pronta para atirar e uma delas começa a falar mais alto.
-VOCÊ NÃO VAI SUBIR LÁ!-ela dizia apontando para uma espécie de torre de metal- VOCÊ VAI NOS DEDURAR E...
Ela para bruscamente ao me ver com o arco apontado para elas quase atirando.


Notas Finais


Passem lá no perfil dos outros pontos de vista: Pandy e Lyla_Louise
#Nox


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...