História Oque o Destino me Espera? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jared Padalecki, Jensen Ackles, Lily Collins, Misha Collins, Supernatural
Personagens Castiel, Chuck Shurley, Crowley, Dean Winchester, Lily Collins, Lúcifer, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Exibições 31
Palavras 627
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie lindas e lindos!!! Estou eu aqui postando o primeiro cap da fic! E espero muito que vocês gostem!!

Capítulo 1 - Morando sozinha?


Fanfic / Fanfiction Oque o Destino me Espera? - Capítulo 1 - Morando sozinha?

Aqui vou eu novamente indo morar sozinha, será que eu vou conseguir? E se eu começar a ter aqueles pesadelos horríveis de novo? Ah! Que droga! São tantas coisas que podem voltar a ser como antes! O meu maior medo no momento é que todas voltem de uma vez!

O meu irmão estava me ajudando a colocar as coisas no carro, é isso aí! A minha família além de ter me dado a casa também me deram um carro! Eles sempre fizeram o melhor para mim! Mesmo eu não sendo de verdade da família, eles são as melhores pessoas do mundo! A minha mãe sempre gentil, meu pai sempre protetor, e meu irmão generoso! Eu realmente não sei o que eu faria sem eles. Enfim, depois de termos colocado todas as minhas coisas no carro, eu fui me despedir de todos.

- Então.. É isso! - Disse meu pai já com uma voz que me deixou triste.

- É.. - Após eu ter dito isso todos nós nos olhamos.

- Isso é um tchau, não é? - Disse meu irmão Luke. Eu olhei para ele e lhe dei um abraço intensamente apertado. 

- Acredite, não é! - Esfreguei a mão em seu cabelo, e dei outro abraço em minha mãe e em meu pai.

- Já estou com saudades! - Disse minha mãe. Enfim eu entrei no carro.

- Adeus filha! - Disse a mulher enquanto eu saía com o carro.

- Seja feliz filha! - Meu pai.

- Tchau Lily!! - E por fim Luke.

Quando perdi eles de vista uma lágrima involuntária caiu de meu rosto, o que vai ser de mim agora? Sai da cidade porque infelizmente minha casa é em outra cidade. Precisava ser em Kansas? Bom na verdade eu gostei muito da casa, chegando em Kansas eu parei em uma lanchonete que havia alí. Entrei na mesma e me sentei em uma das mesas. Uma garçonete veio até mim provavelmente para eu fazer o pedido.

- Vai querer alguma coisa senhorita? - Perguntou simpática.

- Sim hã.. Um hambúrguer e uma Coca-Cola, por favor! - Disse sorridente. Ela retribuiu o sorriso e saiu.

Eu peguei meu celular e fiquei mexendo em algumas coisas até o lanche chegar, foi rápido porque a lanchonete estava vazia no momento, era oito da manhã. Bom, quando a moça simpática foi embora eu mordi um pedaço do por acaso muito saboroso hambúrguer, e depois um gole da Coca. Peguei o meu notebook e comecei a procurar muitos lugares por onde eu possa visitar depois. Não achei muitos lugares mas existia muitas estradas em Kansas então eu irei visitá-las! 

Terminei de comer o meu lanche, guardei minhas coisas e saí da lanchonete. E fui para minha nova casa.

Chegando lá fiquei orgulhosa de mim mesma por ter escolhido essa casa tão linda! Enfim, eu entrei nela e ela estava com todos o móveis, deve ter sido minha mãe que decorou, porque ela sabe tudinho que eu gosto. Eu tirei as coisas do carro e arrumei tudo, tudo mesmo!

Eu estava morrendo de cansaço, mas ainda era uma da tarde então eu me arrumei, vesti um short, uma camisa do Batman e um tênis All Star branco, e fiz um rabo de cavalo, sem nenhuma maquiagem, natural. Finalmente sai pelas estradas.

Eu passei por um monte de estradas e lugares, e já eram dez da noite, eu estava passando por Lebanon quando senti uma tontura repentina, minha vista ficou turva por um momento, eu comecei a sentir umas sensações muito estranhas que se transformaram em dor. Eu pisei forte no freio e bati a cabeça no volante do carro. A última coisa que eu ouvi foram umas vozes em minha cabeça, mas eu não consegui identificar o que diziam.

 


Notas Finais


Entãaaaao!? O que acham que vai acontecer com a Lily?? Espero que tenham gostado e até o prox cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...