História Ordens, Ordens , Ordens (Jikook) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Hoseok, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Lemon, Magia, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Vhope, Yoongi
Visualizações 416
Palavras 1.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 22 - As quatro servas


Park Jimin

Jackson estava preparando a poção curativa, espero que dê tempo porque Min Yoongi já estava ficando fraco aos poucos e não sei se ele vai conseguir suportar por muito tempo, não quero que ele morra logo agora que finalmente se arrendeu das maldades que fez.

- você está bem? – pergunto abraçando meu marido e ele beijou minha testa.

- só estou muito cansado, sabe, acabei de fugir de uma ilha com pessoas querendo me matar.

- e tudo isso você fez por mim. Vem. – dei um selinho nele e fomos até a minha cabana, nos deitamos nos lençóis e ficamos apenas encarando um ao outro, estava um silencio, mas um silencio confortável. Nunca pensei que teríamos um momento de paz, daqui pra frente espero que o nosso relacionamento seja sempre assim, cheio de respeito um com o outro e muito amor também.

- você é lindo. Eu sou o homem mais sortudo em ter você aqui comigo. – ele me puxou pra mais perto dele.

- não sou tão bonito assim , você só diz isso pra me agradar.

- não é verdade, você é lindo de verdade, tudo em você é lindo, seu rosto , sua boca , seus olhinhos puxados, seu cabelo laranja, como você consegue ser tão perfeito assim? Os outros garotos devem morrer de inveja de mim.

- eu estou ficando sem graça. – fiquei vermelho de vergonha e escondi meu rosto em seu pescoço. Ele puxou meu rosto com sua mão e encostou seus lábios nos meus, eu poderia ter oxigênio suficiente para passar 24 horas do meu dia beijando ele, era tão bom, me transmitia segurança e paz, Jungkook sabia mesmo como me conquistar. Subi em cima dele e suas mãos apertaram minha cintura, mordi o lábio e comecei a dar beijos em seu pescoço, ele fechou os olhos gemendo baixinho e mordi sua orelha.

- eu quero tanto fazer amor com você. Te fazer só meu. – ele sussurra lambendo meus dedos e comecei a rebolar devagar em cima de seu membro que já estava duro.

- eu já sou seu. – falei e quando eu ia tirar a camisa escutei passos, rapidamente sai de cima de Jungkook e nós dois nos recompomos.

- já deu a poção para Min Yoongi, ele vomitou um pouco por causa do veneno da cobra, isso é bom porque ele está pondo o veneno pra fora de seu corpo, ele acabou agarrando no sono e amanhã vai acordar mais saudável do que nunca. – Jackson entrou sorrindo.

- muito obrigado por nos ajudar Jackson. Sem você eu não sei o que faria, além de salvar o meu irmão da morte ainda por cima cuidou do meu marido. – Jungkook se levantou e o abraçou.

- não precisa agradecer. Jimin é meu amigo, você também é. Farei de tudo para ajudar vocês dois.  Eu vou dormir porque estou morrendo de sono. – ele saiu nos deixando sozinho.

- ainda quer terminar o que começamos? – ele pergunta malicioso e me beijando.

- mais tarde, eu não sei se estou pronto ainda.

- tudo bem. Vamos nos deitar então. – nos deitamos e ele me abraçou por trás, o calor do seu corpo acabou me mantendo aquecido também.

- quem está cuidando do reino? – pergunto.

- deixei Taehyung no comando por enquanto. Espero que esteja tudo bem lá. – ele diz e assenti.

Kim Taehyung 

Faz dias que Jungkook e Jimin ainda não voltaram, e eu estou morrendo de preocupação, espero que ambos estejam bem, eu me preocupo muito com Jungkook, porque somos quase irmãos, se algo acontecer com ele eu não vou me perdoar nunca por não ter ido junto com ele.

- você está bem Taehyung? – Hoseok pergunta botando a mão em meu ombro.

- estou preocupado com tantas coisas, sabe, Jungkook ainda não voltou com o Jimin, a besta ainda está a procura das pedras mágicas, tenho medo dele achar a qualquer momento, e sem Jungkook aqui eu não sei o que fazer. – ele me abraçou e suspirei sentindo seu doce perfume.

- você sabe o que deve fazer, por isso o Jungkook te deixou cuidando do reino.

- muito obrigado Hoseok, você sempre me acalma. – peguei em sua mão e ele sorriu.

- você é muito especial pra mim Taehyung.

- especial como?

- você me ajudou bastante, me ajudou a ler, a lutar, sempre foi muito paciente comigo, e é muito bonito também , e-eu acho que eu to apaix... – Hoseok foi interrompido com um estrondo no andar de baixo no palácio. Descemos correndo e encontramos Namjoon e Seokjin.

- o que houve? – pergunto a eles.

- tem umas mulheres invadindo o reino. São servas da besta. – Seokjin responde e os portões do castelo se abriram e quatro mulheres entraram no palácio, eram muito lindas, porém de longe dava para ver que eram más.

- quem são vocês? – pergunto e elas riram.

- meu nome é Lalisa. Eu e minhas amigas viemos atrás do Rei Jeon Jungkook, nosso mestre quer bater um papinho com ele, e de quebra deixar nós quatro no comando desse reino agora. – uma garota loira de cabelos curtos respondeu.

- Jungkook não está aqui. vão embora ou vou obrigar vocês a irem a força. – peguei minhas espada e as quatro pegaram as suas.

- lutar com elas vai ser uma boa ideia? Os olhos delas estão brilhando, a besta com certeza usou magia negra para aumentar a força dessas garotas. – Namjoon sussurra.

- Jungkook não iria entregar o reino tão fácil assim. – falei.

- não quero nem imaginar quando a besta conseguir as pedras mágicas. – Seokjin fala.

- eu vou mandar a cabeça dessas quatro para besta, para ele ver com quem ele está mexendo.

- é uma pena que isso não vai acontecer, os únicos que vão morrer são aqueles pobres pessoas lá fora, tem um exercito de demônios destruindo tudo no reino. – uma delas fala e arregalei os olhos.

- Jin, Namjoon e Hoseok, vão ajudar aquelas pessoas, eu me viro com essas quatro.

- mas..

- vão logo. Isso é uma ordem. – ordenei e Hoseok me deu um selinho rápido quando saiu com Jin e Namjoon. Agora é hora de cuidar dessas quatro garotas.

Park Jimin

Acordei com Jungkook alisando o meu rosto, abri meus olhos e recebi um selinho de surpresa. Melhor maneira de começar o dia.

- bom dia Jimin.

- bom dia Kookie. – falei me espreguiçando.

- vem, tem uma pessoa querendo lhe ver. – Jungkook me levou para a cabana e sorri vendo Min Yoongi em pé e melhor, nem parece que havia sido picado por uma cobra.

- você está melhor? – perguntei.

- estou. Graças a aquela poção azeda do Jackson eu melhorei. Tenho que agradecer a vocês dois. – ele abraçou eu e Jungkook e sorrimos.

- fico feliz que esteja bem. Assim você pode voltar para o nosso reino conosco. – Jungkook diz e Yoongi negou.

- não posso voltar para lá. Não depois de minha traição. As pessoas estão me odiando, não sei se estou pronto ainda. – ele diz.

- isso ficou no passado, os meninos vão entender o seu lado e te perdoar também, por favor, volte conosco. – fiz biquinho e ele riu.

- está bem. – ele aceitou e dei vários pulinhos de alegria, logo logo estaríamos de volta ao nosso reino e eu não poderia estar mais feliz.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...