História Ordinary Life - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Dakota, Iris, Kentin, Lysandre, Nathaniel, Peggy, Rosalya
Tags Anônima, Banda, Blogueira, Famosos, Nigths Of Summer, Pop Punk, Queen, Vicandre
Exibições 63
Palavras 1.411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey, people!

Tudo bem? Então tá bom.
Eu não disse que postaria no domingo? Então, cá estou eu. Aliás, tentarei fazer a atualização de domingo á domigo, mas eu não prometo nada, já que tenho mais algumas fanfics em andamento que são bem trabalhosas. Maaas, eu vou tentar ^^

Por falar em capítulo, eu já estou com o quatro protinho para uma nova postagem, maas eu vou fazer uma sacanegem com a vida de vocês e dized que a gente só vai se ver daqui a sete dias hihihi

⇨ Desculpem os erros, escrevo pelo celular e o corretor as vezes faz merda e eu sem querer deixo passar. Me relatem caso algo acontecer.

⇨ Fanfic de minha própria autoria.

⇨ Links nas notas finais.

⇨ Plágio é crime.

⇨ Boa leitura.

Capítulo 3 - It's My Life


Fanfic / Fanfiction Ordinary Life - Capítulo 3 - It's My Life

Capítulo 3- Its My Life

Tradução do capítulo: Essa é a minha vida.

It's my life

It's now or never

I ain't gonna live forever

I just want to live while I'm alive

(It's my life)

My heart is like an open highway

Like frankie said

I did it my way

I just wanna live while I'm alive

It's my life, Bon Jovi

 

 

|09 de Outubro de 2016|

 

Já haviam se passado três dias desde o dia do retorno de Victorie ao blog. Milhares de visualizações e comentários foram postos nas redes sociais falando sobre o retorno de Queen e sua demora.  

Victorie estava em casa, de fones de ouvido, ouvindo Heartbreak Girl, uma das músicas de NOS, que se tornou sua preferida.

Victorie nunca foi um talento na cozinha. Desde pequena tinha sua mãe para fazer sua comida, e por isso nunca sentiu vontade de aprender a cozinhar, e era exatamente nessas situações de fome que Victorie se arrependia profundamente disso. Já estava enjoando de tanto comer pizza e comida enlatada, por mais que fosse uma de suas comidas preferidas, mas não era por isso que ela iria se aventurar na cozinha, sabendo que se fosse tentar, provavelmente um fogão sairia queimado.

Dessa vez optou por pedir comida japonesa e comia enquanto se distraia no seu computador. Olhava as redes sociais e até revia algumas vezes as fotos que tinha tirado de três dias atrás, pensando no que deveria fazer com ela. Contraiu os lábios enquanto mastigava um sushi que acabara de colocar na boca. Não eram umas fotos comprometedoras, mas talvez pudesse  valer alguma coisa.

Pegou seu IPod e foi na sua lista de contatos, procurando pelo nome de Viktor, um velho amigo que saberia o que fazer com aquelas fotos. 

Esperou os três primeiros toques até ouvir a voz grave de Viktor do outro lado da linha. 

Vic? – Pôde sentir um pouco de dúvida na voz do homem do outro lado da linha. – Por que devo o prazer da sua ligação? 

– Não se faça de surpreso, priminho. – Revirou os olhos, colocando mais um sushi em sua boca. – Eu tenho algo que você pode gostar... – Ouviu uma risadinha maliciosa do outro lado da linha e arregalou os olhos, fazendo uma expressão de nojo. – Não é sacanagem, seu nojento! São apenas fotos. 

– De sacanagem? – Perguntou, esboçando um sorriso malicioso e ao mesmo tempo travesso. 

– Não! – Exclamou com nojo, dispensando sua comida. – Você só pensa em besteira, Viktor! 

– Eu não tenho culpa, prima. – Riu baixinho, dando meios giros na sua cadeira de rodinhas. – Mas diga, o que tem para mim? 

– Sabe aquela nova banda do momento? Nights Of Summer? 

– Aham, sei qual é. – Viktor disse, dando mais e giros na cadeira. 

– Então, eu consegui mais algumas fotos. 

– Tudo bem, me mande por mensagem que eu quero ver.

Victorie assentiu e chamada foi encerrada. Saiu dos contatos do celular e foi até o aplicativo do WhatsApp, indo até a o contato de Viktor e começando a conversa.

 

Victorie:-_ *Foto* *Foto* *Foto*

Viktor:-_  Hm, não são imagens muito comprometedoras, mas devem valer alguma coisa. Onde você as conseguiu?

Victorie:-_ Eu os vi enquanto estava no centro. Você acha que elas valem quanto? 

Viktor:-_ Pegou minha mania de stalkear, prima? 

Victorie:-_ Há-há, sem graça. Mas voltando ao assunto anterior, quanto você acha que elas valem?

Viktor:-_ Eu conheço alguns canais de fofocas de TV aberta ou até mesmo essas revistas de adolescentes. Eles pagam por qualquer besteira que a gente oferecer sobre celebridades.

Victorie:-_ E você acha que consegue um bom preço? 

Viktor:-_ Não sei. Talvez. Mas agora eu tenho que sair, a gente se fala depois. 

Victorie:-_ Tudo bem. Tchau, Viktor. 

Viktor:-_ Tchau, prima.

 

Victorie encarou por alguns segundos o nome de Viktor na chat do WhatsApp antes do mesmo não estar mais oline.

Jogou o celular de volta no colchão, o fazendo  quicar umas três vezes antes de parar perto dos seus pés. Olhou as horas no computador em seu colo, ainda era bem cedo, talvez saísse para fazer algumas compras e dar uma volta no centro, para poder relaxar um pouco.

A temperatura estava um pouco mais alta naquele dia, uns 18 graus no máximo, o que fez Victorie dar uns pulinhos internos de alegria, poderia finalmente usar suas adoradas roupas um pouco mais curtas, sem precisar ficar quase congelando com o frio exagerado londrino. 

Talvez o seu corpo ainda não tenha se acostumado com o choque térmico, já que não tinha muito costume com aquele frio por ser uma Nova-iorquina sem ter muito costume com esse frio exagerado. 

Deixou o computador de lado, pulando da sua cama e caminhando até o banheiro com uma toalha roxa em mãos. Tomou um banho não muito demorado, lavando os cabelos com umas pontas um pouco grande demais e logo em seguida saiu do banheiro. Victorie não se importava de sair pela casa apenas enrolada com uma toalha, afinal, ela mora sozinha, não tinha com o que se preocupar.

Abriu as portas do seu closet, procurando com o olhar uma roupa adequada. Viu uma blusa azul escuro no fim do armário e a tirou. Ela era sem mangas e de um tecido macio, mas não chegava a ser seda. Se ela não estava enganada, ganhara aquela blusa de sua madrinha, Agatha, mas nunca viu oportunidade para usá-la. A blusa não possuía um decote muito grande, no máximo uma mínima abertura na região da clavícula. Deixou a blusa em cima da cama e voltou para o closet para procurar a parte de baixo.

Achou em uma das gavetas um dos shorts que comprara recentemente. Ele era de uma cor creme, bordado com alguns detalhes em camadas e um pouco folgado nas pernas. Ficou uma combinação bonita, na qual Victorie apreciou. Procurou por suas roupas íntimas nas gavetas do closet, pegando um conjunto cinza logo em seguida.

Os vestiu, colocando alguns acessórios e em poucos minutos já estava pronta. Terminou com seus cabelos e espalhou um pouco de seu perfume preferido. Dessa vez resolveu deixar o salto de lado, pegando um sapa-tênis preto desta vez. Pegou uma bolsa transversal bege com um detalhe de laço com sua carteira, documentos e celular e saiu de casa.

Trancou o apartamento saiu pelo corredor, extenso e vazio daquele andar. Chamou o elevador que em pouco tempo já havia chegado. A classe social de Victorie era de Classe Média Alta, podendo ter alguns luxos devido a sua “profissão” como blogueira. Passava praticamente o dia todo em casa, pesquisando e revisando novos assuntos para seus futuros posts. Gostava de festas e de divertir, mas apenas alguma coisa casual com ela seus mais íntimos amigos, Peggy e Dake um dos poucos que sabiam sobre sua identidade, além de Viktor, seu primo paparazzi. 

Saiu do elevador, caminhando pelo largo hall de entrada, cumprimentando o idoso porteiro que ficava na portaria. Por uma grande sorte, seu apartamento ficava colado com o centro londrino, a fazendo gastar menos tempo com transportes. Deu uma olhada em cada loja que passava pela frente, mas não encontrando nada que a agradasse. 

Pensou em talvez passar numa livraria para comprar alguns livros e enquanto passava por uma banca de jornais, notou uma revista no qual lhe chamou atenção. Era uma daquelas típicas revistas de fofocas, mas onde principalmente um dos garotos de NOS estava ali, Castiel se ela não se enganava, havia se metido em mais uma encrenca.

Não hesitou em puxar a carteira da bolsa e pagar aquela revista ao vendedor. Saiu pelas ruas londrinas com a revista em mãos, enquanto a folheava. 

Ainda deu uma rápida passada na sua livraria preferida, olhando as prateleiras para ver as novidades, mas não tinha nada além de dos velhos livros que já havia lido e alguns do autor Nicholas Sparks, no qual nunca se interessou em ler.

Quando saia do estabelecimento aproveitou para pegar um panfleto amarelo em cima do balcão do caixa. “Aulas de Teatro”, era o que dizia o panfleto. Victorie o guardou no bolso, pensando que talvez depois desse uma olhada.

Os olhos estavam distraídos na revista que acabara de abrir, enquanto se distraía com It’s My Life de Bon Jovi, a música animada que saia de seus fones de ouvido, que acabara de colocar. Andava tão distraidamente que não percebera que uma certa pessoa de cabelos platinados e olhos diferentes passava ao seu lado, de cabeça baixa, com um capuz cinza cobrindo a sua cabeça, enquanto em seus fones de ouvido a mesma música tocava. 

 

 

•••


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...