História Organization the red bullet - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts), Bromance, Mistério, Revelaçoes, Yoonkook Incesto
Exibições 39
Palavras 1.650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Fluffy, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Leiam as notas finais :3

Capítulo 7 - Uma madrugada na casa do hyung


"Já viu alguém morrer na sua frente? Essa foi minha primeira vez"

Yoongi, Jin hyung e eu passamos pelas cortinas e, ao invés de sairmos para fora da festa, entramos em uma sala totalmente branca, com um sofá e uma televisão no centro, parecia uma sala de algum hospital. Vimos o Jung Chul falando no celular (provavelmente é algum dos "contatos" dele):

-Shh, acho que ele não nos viu -Yoongi sussurrou -Se escondam, eu irei prende-lo em uma cadeira... cadê as cordas?

-Aqui Yoongi -Jin abriu a mochila que estava com ele e tirou uma corda -Jungkook vem -me puxou e nos escondemos atrás de uma coluna grega que tinha lá.

Yoongi andou calmamente e pegou Jung Chul pelos ombros e o jogou contra a parede, o celular caiu e quebrou na hora, por causa do impacto ele acabou gemendo de dor. Yoongi não perdeu tempo e pegou ele o jogando na cadeira e, em seguida amarrou ele com as cordas:

-Cadê a estátua? -Yoongi falou num tom que até eu me assustei.

-Eu não sei do que você tá falando -Jung Chul falou fazendo Suga soltar uma risada sarcástica.

Jin hyung e eu saímos de trás da coluna  e ficamos na frente do Jung Chul. Jin conseguia ser firme, com uma postura de poder, ao contrário de mim, fiquei assustado e estava suando frio, Yoongi era sério, raramente sorria ou dava risada, frio, assustador, um líder.. sem dó nem piedade, tirou a arma e colocou apenas uma bala dentro da mesma:

-Vamos fazer um jogo Chul -preparou o gatilho -Eu faço algumas perguntas, e se você responder, te deixo sair... MAS, caso contrário, a gente brinca de roleta russa.

A arma nem estava apontada pra mim e quem estava suando frio era eu:

-Muito bem... quem trabalha pra você?

-S-só... dois s-seguranças -gaguejou.

-Mentiroso... o que você pretende fazer com a estátua?

-Eu só roubei ela porque foi uma ordem do 003.

-Quem é o 003? -Yoongi perguntou mas ele ficou calado -Tá bom então.. hora de brincar.

E foi isso, Yoongi atirou sem nenhum rancor, parece que sentia prazer em atirar nas pessoas, acho que se pudesse, ele mataria só por diversão. Estava suando frio, meu corpo inteiro estava arrepiado.

Yoongi guardou a arma e sorriu, agora eu entendo o porque dele quase nunca sorrir, seu sorriso é macabro, seus dentes são mais afiados do que o normal.

O cara ficou lá, morto na cadeira e nós saímos, encontrando a festa totalmente vazia, só tinha alguns empregados limpando a sujeira e o resto dos hyungs:

-E aí, descobriram alguma coisa? -Namjoon perguntou se levantando de uma das cadeiras.

-Bom, não conseguimos nenhuma informação sobre oque ele quer com a estátua -Jin se pronunciou -Mas, descobrimos que ele só roubou a estátua porque foi uma ordem de um tal 003.

-Pelo menos é um progresso -sorriu - E o que vocês fizeram com ele?

-Ele tá morto, é isso que acontece com filhos da puta que não colaboram comigo, acabam morrendo -Yoongi fez questão de colocar um ênfase na última palavra -Acho que isso merece uma comemoração, vamos no fliperama e depois tomamos algumas cervejas, por minha conta -colocou o braço ao redor do meu pescoço e fomos andando, assim, sendo acompanhado pelo resto dos hyungs.

Fomos a pé porque o Yoongi disse que era perto e ficamos conversando, eu perguntei de onde veio aquela ideia de fazer um show de mágica, o Hobi riu e disse que era improviso. Jin perguntou oque eu tinha achado da minha primeira missão, eu respondi que peguei um trauma enorme do Yoongi, ouvi o mesmo rir.

Chegamos em um tipo de bar só que dentro parecia um cassino, Yoongi nos deu a liberdade de jogarmos oque quiser e bebermos oque quiser, ele disse que era tudo por conta dele.

Hobi e Namjoon foram jogar um tipo de jogo parecido com Pacman, Yoongi foi até uma mesa de apostas, puxou uma cadeira e sentou, já com um copo de whisky em suas mãos, Tae e Jin foram até um cara que estava servindo bebidas e pediram dois martines, e eu fiquei parado lá, parecendo que estava perdido:

-Quer sair daqui e dar uma volta? -dei um pulo quando ouvi a voz do Jimin.

-Puta merda Jiminie, que susto mano - ele riu

-Desculpa -parou de rir -Enfim, quer dar uma volta ou não?

-Mas e os hyungs? Eles não vou sentir nossa falta? 

-Que nada, nem vão reparar que a gente saiu.

-Tá bom.

Ele saiu e eu fui atrás, saímos e fomos andando até um parque, ficamos andando pelo mesmo e vimos também algumas flores de sakura:

-Você gosta? -perguntou e eu assenti, ouvi ele sussurrar alguma coisa mas não deu para ouvir direito -Quer tomar um refrigerante?

-Ah, quero -sorri.

Andamos algumas ruas e entramos em um mercado, pegamos cinco latas de refrigerante, e também alguns salgadinhos, pagamos tudo e saímos. Ficamos andando enquanto Jimin comia um pacote de salgadinho e eu bebia uma lata de refrigerante:

-Então maknae, me conte sobre seu amigo -olhou pra mim.

-Por que quer saber sobre ele?

-Só tô tentando puxar assunto.

-Ah, ele é como um irmão pra mim, quando meus pais morreram, ele foi um ótimo apoio, tanto emocional como psicologicamente -suspirei lembrando de todas as noites em claro que eu passei enquanto chorava.

-"Psicologicamente", Jungkook usando palavras complicadas -riu.

-Eu uso elas quando quero me sentir... -arrumei a gravata -Importante.

-Eita, parecia cena de filme mano -ri com o comentário do Jimin.

-Que horas são?

-Onze e cinquenta e sete... caralho, acho melhor a gente voltar.

-Ok.

Fomos correndo o mais rápido que conseguíamos, chegamos no "cassino" e os hyungs estavam procurando nós dois:

-Até que enfim -Jin veio até nós -Vamos embora, o Yoongi ficou tão bêbado que acabou em uma briga com um dos seguranças -apontou para trás onde o Yoongi estava com um machucado perto da sobrancelha.

Fui até o Yoongi e ajudei ele a levantar, pude ver ele sorrir com isso, fomos andando até a van e eu coloquei ele em um banco e vi ele pegar um tipo de touca que cobria todo o rosto, colocou ela e cobriu até os olhos.

3

2

1

Dormiu! (o Yoongi dorme pra caralho), eu também estava cansado então me deitei no banco e dormi ali mesmo..

Seul 02:00 am

Abri os olhos lentamente e quase cai da cama "pera, essa cama não é minha.. esse quarto também não... onde eu tô?" pensei, me assustei quando ouvi uma voz vindo do fundo do quarto:

-Calma Jungkook, você está na minha casa --reconheci aquela voz na mesma hora.

-Hã... Yoongi?

-Sim?

-O que eu tô fazendo na sua casa? E você não tava bêbado? Como ficou consciente de repente? -ouvi o mesmo rir.

-Primeiro, você parecia tão cansado que o Jin não teve coragem de te acordar então, eu me ofereci para te levar para minha casa, segundo, sim eu estava bêbado, mas nada que uma soneca não resolvesse.

-Acho m-melhor eu ir p-pra casa -gaguejei.

-Fique aqui, você está cansado, relaxa, eu não vou tentar nada com você -riu -Isso é sem o sentido malicioso.

-Ok -sorri -Tem certeza? Eu não vou estar atrapalhando?

-Claro que não, eu gosto de você Jungkook, você parece um irmão mais novo que eu nunca tive.

Sorri com isso, Yoongi ia saindo do quarto quando parou na porta e colocou o seu olhar sobre mim:

-Quer assistir um filme? -assenti -Ótimo, só vou avisar que eu gosto de filmes de terror, vá tomar um banho e vista uma roupa minha, está em cima da sua cama -se retirou.

Fui até a cama e tinha um pijama, com um shorts preto e uma camiseta também na cor preta, só que atrás tinha o número 93 e estava escrito "Yoongi" (na moral, deve ser tão legal ter um pijama personalizado). Entrei no box do banheiro e liguei o chuveiro, deixando a água levar todo o meu cansaço, desliguei o mesmo e peguei uma toalha branca e felpuda que tinha lá, ela estava com o cheiro do Yoongi.

Sai do banheiro e vesti o pijama totalmente confortável, baguncei os cabelos e fui  para a sala, porra a casa do Yoongi é grande pra caralho, tenho certeza que dá pra se perder aqui. Cheguei na sala e encontrei o ser com um pijama azul mexendo nos dvd's:

-O que tá fazendo? -perguntei.

-Tô procurando um filme, o que você prefere, O Massacre da Serra Elétrica ou  A Hora do Pesadelo?

-O Massacre da Serra Elétrica.

-Perfeito, agora vai fazer uma pipoca pro seu hyung -se jogou no sofá.

-Você é um folgado sabia? Eu só faço se você me ajudar.

-Aish tá bom.

Se levantou e fomos até a cozinha peguei a panela e as coisas que precisava enquanto o Yoongi só observava cada movimento meu:

-Hyung, você não se sente sozinho nessa mansão enorme?

-As vezes sim, mas de vez em quando o resto dos garotos vêm aqui então eu não fico muito solitário.

-Ah tá.. a pipoca tá pronta!

Pegamos tudo, o refrigerante, a pipoca e alguns doces, sentamos no sofá, o Yoongi desligou as luzes e colocou o filme.

Seul 03:00 am

Ainda estava no meio do filme e eu já estava caindo de sono, o sofá parecia mais confortável que o normal, e o cobertor estava tão quentinho:

-Jungkook? Jungkook! -Yoongi me tirou da minha soneca de cinco segundos.

-Deixa eu dormi desgraça -falei ainda de olhos fechados e o Yoongi riu.

-Jungkook acorda, presta atenção no filme -riu -Jungkook? -me cutucou.

-Eu fiz vestibular porra -quase berrei e o Yoongi só tinha um ataque de risos.

-Tá bom, vou deixar você dormir -ajeitou o cobertor em mim -Boa noite maknae -desligou a TV e se deitou no sofá.

Yoongi pode ser frio na maioria das vezes, mas é como um irmão pra mim.


Notas Finais


Sim, eu demorei pra caralho mas está aqui
Eu peço mil desculpas pela demora mas eu tava com uns problemas e tals, e também um bloqueio de criatividade tomou conta de mim ;-;
Prometo que vou atualizar mais rápido
juro de dedinho *coloca o dedo na tela do computador*
Desculpem qualquer erro e, até o próximo cap *w*
Annyeong :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...