História Orgasm (Namjin) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, V
Tags Crossover, Ecchi, Novela, Romance, Shoujo, Yaoi
Visualizações 414
Palavras 937
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Lemon, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi
Avisos: Bissexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uma foto do nosso Abba

Capítulo 5 - Brilho diferente


Fanfic / Fanfiction Orgasm (Namjin) - Capítulo 5 - Brilho diferente

Kim Namjoon on 


"Ela é minha filha"

 Minha única reação foi ficar parado.

 Eu não deveria saber de sua vida. Mas, uma garotinha que me fez tão bem, é filha de um homem que, no momento, mudou praticamente a visão sobre qual eu tenho da vida.

 Que visão? 

Se eu ainda quero ser ator.

 É apenas uma, que afeta outras. Minha Omma pode voltar a falar comigo. 

Eu posso achar algo que me faça bem para seguir "carreira". 

Nj: Eu... - Simplesmente saiu. Tentei procurar palavras para usar, mas não saiu. Apenas encarei seu rosto, sem piscar ou ao menos respirar. 

 Suas feições eram realmente bonitas. Os cabelos castanho escuro escorridos até perto dos olhos... Olhos... De uma cor que, de perto eu poderia decifrar melhor... 

An? Não. Não pensei isso. 

Não vou chegar perto dele. De forma alguma 

 Jn: Namjoon? 

Nj: O-Oi -

POR QUE EU ESTOU GAGUEJANDO? 

Jn: Me conte mais, o por que você está mudado... - Ele desvia o olhar para a pequena pasta em seu colo.

 Nj: Já estava extremamente feliz, porque voltei a desenhar. E então, a alegria da... Mi-cha, em vê-los, só deixou mais claro para mim, oque devo fazer, Jin. 

Jn: O que você deve fazer? -

 Mesmo sendo uma escolha arriscada, é oque está na minha cabeça. Verdadeiramente, não estou bem nesse trabalho, não existe prazer em Fazê-lo, aish! 

Nj: Eu vou largar meu emprego... - A reação do Jin, foi normal, tão confusa e... Fofa... 

 Jn: é isso que você quer? - Anota algumas palavras - tem certeza? 

 Nj: Bom, sei que, mesmo sem apoio de ninguém, eu vou conseguir. Pelo menos agora eu tenho um pouco de confiança. Então- 

Jn: Eu te apoio, Nam. - Me corta, chamando minha total atenção para si. seu olhar era incrivelmente brilhante, e, encantador. 

 Nj: Obrigado... Posso, sinceramente, ser alguém com algo que gosto. 

Sorri vitorioso. Realmente achava que, podia e... O apoio do Jin, foi oque faltava para isso. 

Nj: É isso.

 Jn: acho muito bom você se abrir assim comigo, Namjoon. 

 Nj: Você tem uma coisa, Jin. Não sei exatamente ao certo oque é. Mas tem, e me faz sentir, que é a pessoa mais próxima é maravilhosa do mundo.

 O QUE EU ACABEI DE FALAR? 

Jn: É... - Ele está nervoso? - Algo mais tem passado sobre essa cabecinha além da mudança de vida? 

Me faça essa pergunta mais tarde, Seokjin. Porque agora, só se passa... 

Nj: Não! 

Jn: Okay... 

Nj: Acho que... - Olho para o relógio, e me decepciono, ao ver que faltam trinta silênciosos e tortuosos minutos para acabar. - Nada.

 Jn: Você acha mesmo que sua vida pode melhorar com sua mudança de carreira, Namjoon? - Acaba com o climao.

 Nj: Sim. - Abaixo minha cabeça. - A separação com minha Noona, foi por conta do trabalho. Ajudo ela todo mês, sem que saiba, claro. - Sorri - é tão cabeça dura. Então mando o dinheiro para minha irmã. 

 Jn: Seu pai reagiu bem a isso? - Ah não. 

 Nj: Meu appa... - Sinto meus olhos arderem - ele... Morreu, Jin... - E foi exatamente naquele ano, que minha Omma negou não me quis lá. Um momento tão difícil para todos nós, destruído por uma coisa: eu querer vida fácil. É a verdade. Eu ganhei muito dinheiro e... - de repente não sentia mais nada. Só as lágrimas caindo. A dor enorme no peito, que, em segundos, foi restaurada por um abraço. Não de pena, e sim compreensão e acolhimento. Aquele cheiro era inebriante, e, incrivelmente bom... 

 Seokjin on

 Sei que é contra a política "cliente e sei la oque", mas, eu senti que precisava fazer aquilo. 

Meu aperto foi retribuído de imediato, com cautela, e na mesma intensidade. 

 Jn: Por favor, não chore. - Ele fungou - Não foi culpa sua, tá Bom? Sei que acha que, eu estou sendo obrigado a falar isso, mas não. Realmente não é. - O aperto mais ainda contra mim - você a ama, e isso é evidente. Faça oque seu coração está guiando. 

 Tento sair um pouco de seu aperto, mas, sou puxado, e, consequentemente sento em seu colo.

 Não era desconfortável. Foi simplesmente... Bom. 

A porta se abre, revelando Jimin, que olha para aquilo atônito. 

 Jm: Eu... É... - Gagueja - achei que já tivesse acabado...

 Em movimentos delicados, Namjoon senta meu corpo, livrando-me de seu corpo e aperto.

Nj: Não foi nada - se direciona a Jimin - Jin... - Segura minhas mãos - obrigado... Por tudo - beija-as.

 Em passos lentos saiu da sala, e uma sensação gostosa se habitou em mim. 

Jm: O QUE FOI ISSO? - Pula em euforia.

 Jn: nem eu sei. - Digo. Balançando a cabeça, tentando tirar os últimos minutos da mente - O que está fazendo Aqui? - Desvio o assunto. 

Jm: sei que está tentando se livrar do assunto, mas não vai. E, bom, Lelly ligou, perguntando se você lembrou de encomendar o bolo para sábado.

 Jn: Ainda não, eu... - Arregalo os olhos, e uma idéia doida, mas boa, surge. 

Corro em direção ao estacionamento. Encontro o Namjoon entrando no carro. 

Jn: NAM! - Faço com que me olhe. Nj: Jin? - Arqueia as sobrancelhas - o que foi? 

Jn: eu... - Estou muito ofegante - você... - Cara, tenho que me exercitar - espera... - Depois de segundos recuperando o fôlego que perdi correndo atrás desta criatura, falo: 

Jn: Você quer ir sábado ao aniversário da Mi-cha? 

Nj: Sério? Eu? - Pergunta meio surpreso. 

 Jn: Claro que sim. Mesmo não sendo realmente um aniversário. Esta mais para um comemoração. Mas é.. 

 Nj: Eu adoraria, Seokjin.


Notas Finais


Azzzzmo
Preparem o kokoro
Porque o próximo cap será cheio de tiros
Beijo
Espero que o espírito de army esteja com vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...