História Origens: War - Mundo alternativo. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aquaman, Arlequina (Harley Quinn), Arqueiro Verde, Asa Noturna, Batman, Esquadrão Suicida, Exterminador "Deathstroke/Slade", Hera Venenosa, Justiça Jovem, Lanterna Verde, Liga da Justiça, Mulher Gato, Mulher Maravilha, Novos Titãs (Teen Titans), Supergirl, Superman
Personagens Arthur Curry (Aquaman), Barry Allen (Flash), Billy Batson (Capitão Marvel / Shazam), Bruce Wayne (Batman), Canário Negro, Clark Kent (Superman), Comissário James "Jim" Gordon, Damian Wayne, Dick Grayson
Exibições 25
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Não esqueça de comentar, favoritar e compartilhar para seu amigo que prefere a DC do que a Marvel!

Eu amo as duas do mesmo jeito

Capítulo 1 - Batwoman Origens - Primeira parte


" Gotham City

Ano: 1995

Lugar: Algum Beco de Gotham"

Os Waynes uma família rica de Gotham estava saindo do meio da peça de teatro sobre Dracula, pois a filha De Thomas um renomado médico e Martha a dona das empresas Wayne, estava com medo claro depois do trauma com os morcegos dias atras, Bruna Wayne estava um pouco assustada ainda.

Bruna Wayne uma doce menina de cabelos negros, olhos castanho escuro, pele branca, baixinha e magra, estava usando um vestido branco com um casaco preto, brincos e colar de borboletas. Estavam indo pelo beco para corta caminho ideia de Thomas, Martha não gostou muito mas aceitou chegaria mais rápido e sem paparazzis.

- Passa tudo - Disse uma bandida aparecendo do nada das sombras, usando roupa despojada, cabelos castanho claro, olhos castanhos, e um tipo de bone.

- Calma podemos conversa - Disse Thomas se colocando na frente da família.

A Bandida apontou novamente para o Wayne, que revidou tentando abaixar a arma do que não conseguiu ela era mas ágil, apontou para o coração de Thomas e Atirou, o Wayne caiu no mesmo estante, Martha gritou assustada e a bandida apontou para ela, o colar de pérolas se espalhou assim que a bandida largou o gatilho, Martha caiu no chão morta, a bandida passou por Bruna e foi embora.

Bruna caiu de joelhos na poça de sangue, chorando horrores e a chuva caia com os raios e trovões, algum tempo depois uma senhora de cabelos brancos presos num coque, olhos azuis, usando um uniforme de gorventa segurando um guarda-Chuva olha assustada para a cena e corre até Bruna.

- Patroa e Patrão Wayne! - Disse Alberta, a governanta dos Waynes e amiga de Martha - Senhorita Wayne, venha comigo....*puxando Bruna para longe doa corpos que abraça a mas nova* Calma vai dar tudo certo!

Alberta ligou para a polícia e tentava acalmar Bruna e conseguiu, mais a mas nova estava triste e acabada podia ver em seus olhos, os policias tinham chegado e perguntaram como era a pessoa que matou os pais dela, Bruna falou tudo sussurrando, agora estáva na mansão com sua guardiã Alberta, Bruna foi para seu quarto antes de a mas velha falace.

"Gotham City

Ano: 1999

Lugar: Aeroporto de Gotham"

Bruna e Alberta estavam no Aeroporto de Gotham, Bruna ia fazer "intercâmbio" em outro país, mais na verdade Alberta com muito pesar mandaria Bruna para a liga dos assassinos, uma organização secreta de assassinos escondidas em meio as montanhas, mesmo agora com seus 12 anos era isso que ia fazer! Ia completar sua vingança.

- Tome cuidado - Disse Alberta, Bruna sorriu doce e entrou no avião.

Algumas Horas depois estava na Arábia, onde viu uma mulher a espionando, foi atras dela, com sua mochila nas costas, seguiu a mulher que subiu a montanha muito rápido, Bruna olhou para a montanha era igrime e perigosa! Mas se queria vingar os pais tinha que fazer isso. Graças as às suas aulas de ginástica e etiqueta, conseguiu sem muita dificuldade subir a montanha so que assim que chegou lá aquela mulher apontou uma Katana para o seu pescoço.

- Todos os que eu escolhi quase nunca conseguem, parabéns venceu o seu primeiro teste Bruna Wayne - Disse a mulher, cabelos pretos, corpo escultural, olhos azuis, pele branca e usava um colam preto.

- Legal eu acho....mais qual é o seu nome Mestra? - Perguntei de forma respeitosa.

- Katherine Leone - Disse Kat, e me puxou com força entrando no lugar onde vários ninjas estavam lutando, Bruna olhou para o alto e viu um adolescente de uns 15 anos, cabelos ruivos curtos bagunçados, olhos verdes, pele branca, ao lado de uma mulher alta e com traços orientais.

- Aqueles são Thalia Al Ghul a mulher e o rapaz é Takashi Al Ghul - Disse Kat, seria - Voce sempre terá que ter respeito com eles! São nossos líderes.

- Sim mestra - Disse Bruna, e As duas foram treinar.

"L.D.A (Liga dos Assassinos)

Ano: 2004

Local: Sala de parto"

Bruna estava morrendo de Ódio, a exatamente 10 meses atras ela já tava pronto, já era uma guerreira então pediu para Thalia se poderia ir embora, a Mulher já observava a garota que em pouco tempo conseguia atingir o nível de um de seus melhores guerreiros, ela estava fazendo um plano, só que com esse pedido de Bruna, falou que ela só poderia sair de lá se Matasse o filho dele numa luta em público ou o desse um primogênito.

Bruna falou de imediato que seria a primeira opção, ela quase ganhou a luta sim mais pela trapaça de um dos assassinos ela perdou e desmaiou. Estava indefesa e assim poderia facilmente fazer o que quiserem com ela, Thalia mandou a levarem ao quarto do filho e mandou Takashi estrupa Bruna, e assim ele fez com maior prazer. Algumas semanas depois Bruna estava grávida aos 17 anos, mesmo odiando isso aquela criança que ela sabia que ia ser arrancada dela ia nascer e ela ia deixar.

Agora Bruna, está tendo problemas no parto sua filha estava ao contrário, Bruna gritava de dor estava sem nenhum analgésico para a ajudar, as mulheres trabalhavam rapidamente para tirar a menina, Kat chegou la e logo tratou de ajudar Bruna se acalmou um pouco e mais um grito se ouviu um choro, Kat deu a menina a Bruna assim que a limpou que sorriu, olhando para os cabelinhos pretos e os olhos verdes, deu um beijo em sua testa, mais a menina foi arrancada dos braços de Bruna.

- Thalia!!!! - Disse Bruna desesperada, Takashi estava ao lado da mãe, olhando Triste para Bruna e olhou com Nojo para ele.

- Você pode ir embora! - Disse Thalia, já levando a neta com sigo.

- Mãe.....pode deixar pelo menos a mãe escolher o nome? - Pergunta Takashi, preocupado.

- Claro - Disse Thalia, estava alegre pela sua nova arma.

- Daniely - Disse Bruna, mas como estava fraca desmaiou.

"Gotham City

Ano: 2004 duas semanas depois

Local: Mansão Wayne"

Bruna, estava com Alberta tentando apagar aquela lembrança, a Wayne tinha contado tudo a sua gorvenanta e amiga que ficou enfurecida, mas desde que a Wayne tinha saído, Alberta tinha quebrado uma parede e achado um caminho para a caverna onde a reformou toda e construiu um base impecável com algumas máquinas das indústrias Wayne que estava no seu comando por causa do intercâmbio da Wayne.

Bruna agora estáva na Caverna e viu os morcegos, viu os tubos, o computador e todo o resto, sorriu já sabendo o que iria fazer agora: 1-Apagar a lembrança que tinham uma filha! 2- Se torna a Batwoman e proteger Gotham dela mesma.

Continua.....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...