História Os 13 Porquês (13 reasons why) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os 13 Porquês (13 Reasons Why)
Personagens Personagens Originais
Tags 13 Porquês, 13rw, 2 Temporada De 13 Porquês, Clay Jensen, Hannah Baker, Netflix
Visualizações 56
Palavras 798
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


GENTE 230 LIKES!? Eu tô tão grata por isso ❤️Mt obrigada por estarem acompanhando um pouco da minha sem noção-zice e dessa história tão doida mas que eu amo mt. Obrigada de verdade.

Capítulo 19 - I'm Not Crazy


Fanfic / Fanfiction Os 13 Porquês (13 reasons why) - Capítulo 19 - I'm Not Crazy

Clay POV 

Encontrei Skye no Monet's já comendo um sanduíche. Sentei na mesa e ela ficou me encarando. 

-Fala logo - Ela disse. 

-Eu vi Hannah. - Eu disse 

-O que? - Ela praticamente gritou 

-Morta. Eu vi Hannah quando ela morreu. - Eu disse 

-Clay ela não está... - A interrompi

-Ela está morta, Skye. Eu vi o corpo sendo retirado da casa dela, eu vi inclusive ela sendo enterrada. - Eu disse 

-Tá, mas o que tem a ver? - Ela disse 

-Estão mentindo, Skye. Eu preciso que você olhe os relatórios da autópsia. - Eu disse 

-Clay eu não tenho como. Minha irmã está fora do caso de Hannah depois da ultima autópsia. - Ela disse se referindo à irmã que trabalhava no necrotério. 

-Por favor, Skye. Preciso que você mude os relatórios e coloque que é ela. - Ela me olhou como se fosse arrancar meus olhos - Hannah está morta, eu sei que está. Não sei que truque é esse que estão fazendo mas sei que precisam parar. 

-Vou ver o que posso fazer - Ela disse dando a última mordida no sanduíche. - O que aconteceu esse tempo, Clay? Você não retornou minhas ligações ou mensagens.

-Eu estava meio doente depois com a notícia de Hannah... - Menti, fazendo minha melhor cara de triste. 

-Sinto muito - Skye disse. - Tenho que ir - Ela levantou - se eu for fazer isso mesmo tenho que correr, o necrotério fecha em poucas horas. 

-Muito obrigado, Skye.

-Não tô fazendo isso por ela Clay. Vou fazer por você, porque você me pediu. Porque se ela estivesse viva, só iria culpar pelo tanto de sofrimento que ela trouxe. - Ela disse e saiu. 

Soltei um suspiro de alívio e corri até a casa de Jess. Chegando lá ela estava na porta, sentada. 

-Jess consegui - Eu disse 

-Conseguiu o que?

-Pedi pra alguém mudar o relatório pra mim. Logo vão anunciar que ela está morta. - Eu disse e a expressão de Jess não mudou nada. 

-Ah sim. - Ela disse 

-O que houve? 

-Justin. Ele não para de me ligar e eu não sei mais o que fazer, Clay. - Ela disse é uma lágrima escorreu de seu olho. 

-Vamos na delegacia, Jess. Se você não se sente bem, é um tipo de assédio. - Eu disse e ela me acompanhou até a delegacia, andando mesmo. 

Aguardamos o delegado e explicamos a situação. 

-A ordem de restrição de Bryce me deixa confortável mas Justin continua atras de mim e... - Ela começou a chorar contando - Eu só me lembro de tudo o que aconteceu. 

-Vamos avaliar o caso e te mandamos o feedback por e-mail, logo ele irá receber uma intimação e teremos uma conversa. - O delegado disse. 

Fomos embora e Jess ficou em casa. Fui andando meio sem rumo pensando quando que essa onda de adrenalina iria parar de aparecer em minha vida. "Quando você morrer, Clay", pensei. Mas a única coisa que eu conseguia pensar era na falta de adrenalina que eu sentia. Na falta de Hannah

Hannah POV 

Fiquei a tarde deitada com Kat praticamente me afogando em tédio. Fazia tempo que eu não me entregava à inércia e esse momento estava sendo um daqueles que eu sentia falta da loucura que foi antes. Logo a campainha tocou e Kat se apressou em atender. 

Logo ouvi passos e corri pra me esconder enquanto escutava Kat:

-Para com isso! Sai da minha casa! - Ela gritava

Quando cheguei na porta do banheiro, estava pronta pra entrar ali e me trancar quando ouvi. 

-Hannah. - Disse. 

Olhei pra trás com cautela, tremendo da cabeça aos pés. Meu segredo. Esse era o fim dele.

-Justin?! - Eu praticamente gritei. 

-Eu não estou louco! - Ele gritou

-Não sei o que você está vendo ou a merda que está conversando com minha porta - Kat disse para que ele pensasse estar alucinando- Mas você tem que sair da merda da minha casa! 

-Não é porta Kat. É Hannah. Eu fiquei todo esse tempo achando que estava louco, até fiz reabilitação com ordem policial! Mas não estou usando drogas e sei bem que Hannah está ali. Você sabe. - Ele disse. 

Enquanto eles entravam numa gritaria enorme eu não conseguia me mexer. Justin revelaria meu segredo, eu seria presa ou mandada pra uma clínica de loucos, meus pais nunca me perdoariam e não teria mais volta. 

-Para! Justin, creio que tenho muito o que te falar. - Eu disse. 

-Tarde demais Han. Já liguei pra Jess muitas vezes, ela vai retornar alguma hora e eu vou contar tudo. Como você pôde?? - Ele disse indignado

Suspirei por um segundo, me dando o benefício da dúvida. Mas eu sabia que Justin não pararia por ali. 


Notas Finais


E aí o que acharam? O cap foi curtinho mas foi um começo de algo grande haha, espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...