História Os 7 signos de Alaska - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alaska, Bts, Drama, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Revelaçoes, Romantico, Sadomasoquismo, Suga
Visualizações 47
Palavras 1.829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Festa, Hentai, Lírica, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Obah keridas (os) 🌚

Capítulo 3 - Capítulo 1- Quebrando Regras


Fanfic / Fanfiction Os 7 signos de Alaska - Capítulo 3 - Capítulo 1- Quebrando Regras

Quando paramos na frente da minha casa a chuva já havia passado.

- Então é aqui que a familia zumbi mora?

- Não, aqui é nosso restaurante preferido. digo irônica

- Humm, qualquer dia desses procuro uma cura pra vc. diz me encarando

A anos tento ver o que se esconde por traz daqueles olhos penetrantes e hipnóticos. É mais do que certo que a impressão que me causa não é neutra. Se eu não conhecesse diria que ele é meigo e juvenil, mas na verdade ele é mau e perverso.

- Que foi? Gostou? diz rindo

- Ah claro, eu vou entrar. Obrigada pela carona, quer alguma coisa em troca?

- O que vc pensa que eu sou? diz com uma cara indignada

- Não quis ofender, só perguntei.

Ele não é uma coisa nem outra, ou melhor, ele é ambas. Na verdade ele é invencível.
Ele é a essência do mistério, tem um olhar magnético que te atravessa e desnuda até a alma.

- Entendo ele estava fora da moto então me agarrou e me beijou do nada


O fato de ele ser o tipo de pessoa oculta num canto da festa que chama a atenção de todos, de atitude e roupa discreta, que não se move, desliza, fala baixinho e você não sabe porque quer ouvir tudo o que ele tem a dizer. Nunca pensei que iria fazer isso.

- Esqueça. ele subiu na sua moto com um sorriso de lado e fechou o capacete, o fiquei olhando sumir na fim do quarteirão

Que garoto louco, pq ele fez isso? hmm, será que ele gosta de mim? isso é pouco provável, mas não impossível. Né? Não posso me espantar com a força de vontade dele e com o quanto ele vai correr atrás de mim se encontrar um pingo de amor que o preencha. 

- Quer dizer que vc beijou o Suga? diz L pelo telefone

- Foi ele quem me beijou e depois disse "esqueça'' mas n sei oq é pra eu esquecer.

- Talvez seja pra esquecer o beijo?

- Será?

- Claro que não All, mds.

- Tchau, tenho que ir jantar.

- Okay, vou sair com um guri aí.

- QUEM? grito

- xiu, depois te conto. Bjs

desligo o celular e vou jantar.

 

Tem um tempo que não saio pra me divertir... Talvez seja o medo de me deparar com alguém indesejado ou o frio. Mas isso não acontece a um tempo, as aulas foram suspensa hoje, graças a algum idiota que destruiu o laboratório de química. Ao invés de voltar pra casa me permitir ir andar um pouco porém... sabe aquele medo? então. Tinha uma pessoa seguindo meus passos e eu já estava com o cu na reta, eu não ia gritar, né? do jeito que sou estabanada, é capaz de eu me engasgar com o ar. esse ser me segurou e a reação mais rápida que tive foi a de fechar os olhos e me encolher um pouco, sinto a pessoa ser puxada por outra pessoa e apenas corro na direção duma rua, um beco na verdade e tentei puxar todo ar que eu pude, logo ouço uns barulhos estranhos e como sou curiosa meto a cara e vejo um jovem batendo num homem que aparentava ter uns 40 anos.

- Heeey Grito e ele me olha com uma das sombrancelhas arqueadas e logo o cara sai correndo se batendo

- O que vc ta fazendo aqui?

- Yoongi? Vc ta me seguindo?

- Obrigada, vc é meu herói ele fala num tom debochado Eu não, o outro cara que estava. fico surpresa e logo ele começou a andar

- Estava tudo sobre controle. digo indo atrás dele

- Eu sei que estava. ele para e eu acabo me tombano nas suas costas Vai ficar me seguindo?

- Desculpa. apenas fico de cabeça baixa, ele passa a mão na minha cabeça e logo o olho

- Vc está vermelha. ele fala e depois volta a andar Vc não tem capote não? algo que te proteja do frio?

- Eu esqueci. falo um pouco baixo

Que está acontecendo? osh, vou dar na cara dele viu... Ainda acha que estou grata.

- Hmm ele para novamente e eu me bato novamente dá pra... ele tirou o seu casaco e colocou em mim  Eu vou te levar pra casa. disse mandão e eu apenas confirmo

Eu que não ia rejeitar essa oferta. Depois dele me levar em casa o convido pra entrar, mas logo noto que MAINHA não está em casa.

- Quando uma garota convida um cara pra sua casa vazia, normalmente é pra fazer... ele me olha e eu arregalo os olhos e sinto minhas bochechas arderem

- Se quiser ir embora, a saída é por alí. eu apontei e pro seu saber, eu pensei que ela já estava aqui.

- Que grossa. ele fala futucando as coisas, eu o empurro pra sentar no sofá e ele me olha com um olhar safado Nem pagou um café diz rindo

- Você é sempre assim?

- Só de dia.

- Ah, claro. vejo ele tirar um capote e eu logo tiro o casaco e entrego a ele, vejo ele ficar só com uma blusa regata

Nossa senhora, me acuda. Meu senhor Jesus, me leva.

- Não vai me oferecer nada? diz se deitando no sofá

- Vc é muito folgado. ele me olhar com um sorriso de canto e depois levanta violentamente vindo na minha direção, logo sinto minhas costas baterem na parede e ele beijar meu pescoço enquanto uma mão passava pela minha coxa e a outra segurava meu cabelo

- Sabia que eu te vejo todos os dias? ele disse perto do meu ouvido e me arrepio soltando um gemido baixo E hoje... mais do que nunca, você está exalando sensualidade. ele suspendeu minhas pernas me fazendo entrelaça-las a sua cintura e me beijou ferozmente, me imprensando tão forte contra a parede, como se quisesse me fazer atravessá-la

- Yoongi... falei num gemido baixo e ele pressionou o seu membro coberto contra a minha intimidade

eu não sei o que fazer... Não sei se paro isso tudo ou se continuo, Não sei se fico ou saio correndo.

- Você não sabe o quanto garotas indefesas me excitam. ele disse próximo ao meus lábios após parar o beijo e logo deu uma mordida em minha orelha

Quem te disse que sou indefesa? iludido.

- Yoongi... Eu nunca fiz isso empurrei ele e ele me olhou com uma cara engraçada

- Tipo... Vc é virgem? ele soltou uma risada alta

- PARA gritei e ele pôs a mão na boca tentando prender o riso

- Eu nunca passei por isso.

- pois, acabou de passar... Agora sai daqui.

- Você acha mesmo que isso vai me impedir de algo? Você só ficou mais indefesa aos meus olhos. ele me puxou e me jogou no sofá e como eu disse antes... isso me excita, muito.

Ai mds, é agora... fudeu, FU-DEU, F-Ú-DÊ-Ú.

Ele ficou em cima de mim e me beijou o pescoço enquanto tirava o seu cinto, logo ele juntou minhas mãos e as prendeu com o mesmo, ele levantou meus braços. meus olhos encontraram os teu várias vezes, mas era como se eu fosse um pedaço de carne na frente de um leão. Ele tirou minha blusa até a altura do meu rosto, cobrindo meus olhos e me mantendo imóvel.

As pessoas vivem dizendo que perder a virgindade é romântico, principalmente quando é com alguém que vc gosta.

- O seu corpo é bonito. ouço sua voz e logo ele beijar a minha barriga e um caminho até o cós da minha calça, eu estava apenas a prender a minha respiração mas logo inspirava com toda força, sentia gotas de suor escorrendo por meu rosto coberto pela blusa

- Yoongi... eu disse manhosa mas ele se mantinha calado, apenas tirou o meu short junto a calcinha

Que sorte, a L vive me dando calcinhas sexy... 

ouço um barulho de plastico sendo aberto e logo seu peso sobre mim, sinto seu membro roçar na minha intimidade e apenas fecho os olhos, o medo me consome e sinto ele abaixar a blusa olhando o meu rosto, sorri e alisa o meu rosto e logo sinto uma forte penetrada que me faz apertar forte os meus dentes contra o meu lábio inferior...

Agora não é só medo, é dor também. Nunca senti algo tão forte. Minha vontade era de sair correndo e chorar no colo da minha mãe.

- Yoongi... digo com a voz chorosa e ele me dá mais algumas fortes estocadas, seguro seus braços com o intuito de nem sei o quê. Era uma dor forte mas suportável, e estava tão bom. Hmm gemo e abro os olho, o vejo se movimentando pra fora de mim e um ardor toma conta do meu corpo 

- Agora não é mais... ele suspende a bermuda e me olha vestindo sua blusa, fico encarando pois não entendi o que ele quis dizer Virgem, agora vc é uma Zumbi sem problemas com sexo.

- Vc é um idiota. digo levantando, mas logo caio sobre o sofá e ele apenas ri

- Vc quer ajuda com o sofá? ele diz apontando colocando seu capote e eu olho o sofá com uma leve mancha de sangue

- SAI vi ele arregalar os olhos, levantar os braços rendidos e ir na direção da porta

- Tchau Izombie. ele grita debochando e fecha a porta, ele abre e entra esqueci meu casaco ele manda um beijo e sai rápido

Mas que droga, bando de mentirosos... Não tem nada de romântico em perder a virgindade. É Nojento, Doloroso e Constrangedor. Ai, eu odeio esse garoto, ele não tinha mais o que fazer? poderia pelo menos ter tentado ser legal. Levanto bruscamente e vejo que mal consigo manter as pernas fechadas. Limpo o sofá, pego minhas roupas e vou pro meu quarto mais devagar do que o costume... Ouço meu celular tocar e atendo o mesmo ouvindo a L

- A, pq vc ainda não chegou?

- Cheguei? aonde? pergunto confusa e me jogo na cama, nua e na posição fetal

- Eu e as meninas estamos no bar, Eu disse que ia apresentar o meu namorado hoje.

- Desculpa L, eu realmente não vou poder ir. Aconteceu algo difícil de acreditar hoje... Mil desculpas

- Vou precisar de infinitas, mil é pouco. ela diz e logo desliga o celular

Está tudo indo maravilhosamente bem na minha vida né? Pego chuva, A aula é cancelada, sou perseguida, Como posso definir o que houve com o Yoongi? Estupro? não, eu quis...  

encho a banheira e me deito na mesma suspirando fundo, logo ouço a campainha tocar

- será que a mamãe esqueceu a porra dessa chave DE NOVO?

Visto uma roupa leve e logo desço as escadas, vejo a minha mãe na sala e Yoongi?

- O que vc está fazendo aqui?


Notas Finais


Bjs, desculpa por n escrever muito e demorar pra postar 😁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...