História Os 8 Porquês - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation, Os 13 Porquês (13 Reasons Why)
Personagens Hyoyeon, Jessica, Seohyun, Sooyoung, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona
Tags Garotas, Girls' Generation, Jessica, K-pop, Taeny, Taesi
Visualizações 235
Palavras 4.369
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Enfim chegamos ao último porquê.
Espero que tenham gostado.
Preparados?

Capítulo 10 - Laranja


Fanfic / Fanfiction Os 8 Porquês - Capítulo 10 - Laranja

 

Setembro costumava a ser minha época predileta no calendário.

Havia muitos motivos para gostar do nono mês do ano; era recheado com o feriado Chuseok, o tipicamente ação de graças coreano onde eu podia comer sem culpa até sentir a barriga estufar!Também não fazia frio nem calor, a estação era amena, era a época perfeita para as flores brotarem no jardim da minha mãe sem nem se quer ter o cuidado do jardineiro.

Como eu disse:

Setembro costumava a ser minha época predileta no calendário.

Não mais.

Para mim Setembro virou um mês frio, um mês de muitas lembranças ruins.

- Então Young como vão as coisas na empresa? - Tio Lee Soo Man perguntou enquanto lançava um olhar desafiador na direção do atual CEO da nossa empresa.

O homem com cara de atum não pareceu incomodar-se com a pergunta e o significado por detrás dela, pelo contrário mostrando certa aptidão para mexer com meu tio ele sorriu como quem diz “desafio aceito velhote”.

- Muito bem senhor Lee, houve um crescimento de 3,44 por cento desde o último lançamento do NCT...

E lá vamos nós...

É assim pelo menos duas vezes por mês; tio Lee quer ficar de olho no senhor Young, vigiar de perto para que ele não faça mais besteira tipo expulsar membros ou descuidar deles; então ele convida para nossa casa. O inimigo vem, senta a nossa mesa e janta conosco.

Todas as conversas deles começam assim: Meu tio pergunta de um lado, Young embroma do outro, ele ameaça do outro, o outro diz estar tudo bem, tudo sobre controle.

Eu finjo que acredito nisso.

- Mas eu não estou perguntando sobre as  ações, estou perguntando sobre os artistas. Eles estão bem?Estão gostando dos trabalhos, dos conceitos?

Senhor Young tinha uma resposta na ponta da língua para tudo, no entanto o bem estar das pessoas não parece ser bem o seu forte.

Então como disse, ele embroma.

- Eu acho que sim - Ele coça a cabeça rindo sem graça - O Exo está se preparando para o comeback em...

- Soube que Henry andou reclamando da empresa – Tio Lee o corta antes que tenha a chance de discursar – Não é bom quando o artista reclama.Principalmente em aberto para a imprensa.

- Ele é um caso a parte.

- E Amber - Ele enfatizou fazendo uma carranca - Vocês não dão trabalho para o fx  desde 2015.

- No momento estamos focando no Red Velvet senhor, e aproveitando o tópico quero dizer que também estamos preparando um comeback para elas...

- A SM não vive somente de exo e red velvet senhor Young, gerenciamos mais de uma dúzia de artistas inclusive o grupo da minha sobrinha, não é justo sobrecarregar uma pequena parte quando... Soonkyu querida como vocês dizem hoje em dia? 

- Deixar no porão.

- É. Deixar o resto no porão quando temos tanta gente, estamos desperdiçando talento, eles têm que trabalhar, eles querem trabalhar.Todos eles sem exceção.Quanto mais trabalham mais ganhamos dinheiro certo?

- Entendo, mas a sua sobrinha não tem com o que se preocupar senhor. Já estou planejando um comeback para o Girls Generation – Ele sorri abertamente - Dez anos!Da pra acreditar nisso?!Quem completa uma década de carreira sem ter danos?

- Não diria que foi sem danos. A saída da de Jessica foi o que? – As palavras saem da minha boca antes que eu posso controlá-las.

Não posso aguentar, há tanta falsidade envolvida que minha língua coça para pronunciar mais.

Um silêncio mortal recai sobre a sala; sinto minha mãe queimando-me com os olhos, repreendendo-me por não estar sendo educada com os mais velhos e também por tocar num assunto tão delicado.

- A saída de Jessica foi... Um efeito colateral Sunny – Young diz por fim, porém sei que ele pularia no meu pescoço se fosse permitido.

 “Um efeito colateral da chantagem você quer dizer”.

Minhas mãos tremeram de ódio, era só pensar naquele dia que ficava assim, minha vontade era de levantar e sair, fazer um drama tipicamente americano e dizer “com licença perdi a fome”, mas os costumes coreanos me impediam de fazer ato.

- Eu também fiquei surpreso com a saída de Jessica - Tio Soo Man fala ao final do jantar pegando minha mão no último momento – Sei que já ouviu isso antes, mas eu nunca pensei que algo assim aconteceria novamente depois do processo do JYJ. Se eu ainda fosse o CEO...

Balancei a cabeça cansada demais para ouvir aquele disco arranhado novamente.

- Eu entendo tio.

Não entendia.

Estava tudo fora do lugar.

Tudo.

(***)

Naquela noite recebi uma encomenda misteriosa. A empregada veio ao meu quarto entregando uma caixa branca em forma coração.

- Senhorita Sunny, as suas encomendas sempre chegam com remetente em seu nome americano, nunca em seu nome artístico – Soyu comentou fitando a caixa com desconfiança – Não acha isso estranho?

- Sério? – Trouxe o objeto para meu colo também analisando a tampa, estava um pouco amassada, porém limpa – Ah Soyu, tudo bem!É de uma das minhas amigas olha.

No canto do presente preso ao laço havia um pequeno bilhete em letras quadriculadas.

“De soshi para soshi”.

Era o que dizia.

- Soyu você... Ah vejo que já entregou a caixa – Omma entrou no quarto parando ao lado da outra garota – Uhum que bonito. Estava todo feliz achando que seria de um possível admirador secreto, mas lá da sala vi que era a Yoona.

- Yoona?Aqui há essa hora?

- Sim, até a convidei para entrar, mas a mesma recuou e saiu correndo quando me viu. Será que ela resolveu virar entregadora para complementar a renda?Diga a ela que não precisa se envergonhar todo trabalho é digno – Ela riu da própria piada sendo seguida por mim. Sabíamos que Yoona era a idol mais rica da Coréia – Sobre o que aconteceu hoje...

- Aish!Sabia que você não tinha vindo em vão.

- Susan eu não gosto quando se mete em assuntos que não são de sua alçada, sei que a saída da sua amiga ainda te machuca, mas não pode bater de frente com o CEO.

- Eu sei desculpa ta?Só falei aquilo no calor do momento.

- Assim espero – Colocando as mãos sobre os ombros de Soyu ela se afastou – Vamos te deixar em paz agora.

Assim que a porta fechou atrás dela corri para me sentar na escrivaninha do quarto, levantei a tampa e acendi a luz do abajur e havia alto peculiar lá.

Laranja.

 O  único aparelho dentro do recipiente reluziu como jóia cegando-me por dois segundos, era bonito, não era minha cor predileta, mas estava novinho em folha.Porém uma pergunta rondou minha cabeça.Sinceramente não entendi o objetivo do presente; não era meu aniversário, não  era aniversário do grupo nem mesmo de uma das integrantes então só poderia ser... Por que não pensei nisto antes.

Estávamos às vésperas da tragédia que marcou a vida das Girls Generarion.

Fiquei com raiva da Yoona. Por que alguém teria motivos para comemorar esse tipo de coisa?Não era engraçado, minha acusação foi para qualquer soshi que concordou com aquilo, que não tivesse peso na consciência e quisesse fazer daquilo uma brincadeira acreditando que estava descontraindo o grupo.

Pensou errado.

Tiffany, Sooyoung ou Hyoyeon provavelmente?Uma tinha ódio, outra tinha inveja e a outra tinha raiva, mas preferia levar na esportiva como se nunca tivesse acontecido. Elas se uniram para fazer este plano ridículo. Mordi o canto da bochecha irritada comigo mesma, às vezes eu só queria extravasar e dizer umas verdades, dizer que estavam erradas, que o nosso grupo estava vivendo erroneamente.

Pressionei o polegar contra o botão on, a tela veio a piscar em preto e branco segundos depois mandando uma mensagem.

O dia que marcou a sua vida.

Á aquela altura eu não sabia que tinha sido Jessica quem havia mandado a caixa dos porquês, mas ninguém saberia como atingir meus pontos fracos além das próprias soshis, por isto a incluí a minha contagem.

A própria Jessica fazia graça de sua saída.

Hoje era 27 de Setembro, três dias para o fim do mês, um dia nos separando do dia D.

Digitei vinte e nove de setembro dando cara com aqueles aplicativos que ela estupidamente organizou para nos torturar, no automático fui de encontro aos áudios e dali em diante abri as portas para o começo do fim.

Preparada para isso?

APERTE O PLAY

ÁUDIO 1

Oi.

Aqui é a Jessica,

Jessica do Girls... Ops!Me perdoem força do hábito. Haha.

Aqui é Jessica Jung, ex membro do Girls Generation. Acomode-se porque hoje vou contar a triste história da minha vida, mais exatamente de como tudo aconteceu.

Essa vai para as minhas meninas: Tifanny, Taeyeon, Sunny, Yuri, Yoona, Sooyoung, Seohyun e Hyoyeon. Sim;vocês não estão escutando errado.Eu estou falando exatamente com vocês minhas amigas,ou devo dizer ex amigas,de grupo?

Bom, isso vocês vão ter que decidir ao longo das gravações, mas antes de darmos inicio ao espetáculo que tal dar uma olhadinha nas regras?Se quiserem pegar uma caneta e um bloquinho de papel pra anotarem por mim tudo bem,eu espero,sei que a maioria de vocês tem uma memória bem seletiva...

Cof,cof,que isso Jessica!Já vai mandando indireta logo na introdução da fita?É isso mesmo gatinhas, se não for pra causar então eu nem tinha armado essa nossa brincadeirinha.

É o seguinte, prestem muito atenção:

1 - Vocês receberão uma caixa branca 15 por 23 em formado de coração; dentro dessa caixa haverá um total de oito telefones, todos são iguais, porém todos com cores diferentes para que vocês não tenham nenhuma confusão em relação aos seus devidos aparelhos.

E também porque eu achei que assim seria mais bonitinho. O que fazer?Sou perfeccionista.

2 - Cada um desses aparelhos tem sua própria dona e vocês devem estar se perguntando: Jessica como diabos vou saber qual é o meu?

Acreditem. Vocês vão saber.

4 – Todos os celulares têm uma senha que somente a dona sabe, então para as mais as enxeridas, não adianta tentar desbloquear o pertence da coleguinha.

Ou morram tentando.

Brincadeira gente, não é pra tanto.

Eu acho.

3- Dentro desses celulares haverá três aplicativos: Um de fotos, um mapa portátil e uma bate papo.

O bate papo contém uma mensagem especial para cada uma de vocês, ao termino destas mensagens vocês deverão seguir para a galeria de fotos onde haverá alguns momentos meus com cada uma das ouvintes em questão. Já o terceiro...

É simples meninas:

4 – Todas vocês vão receber a caixa. Eu me certifiquei bem disso,além de vocês há outra pessoa com uma replica idêntica,então não adianta tentar dar fim ao meu presentinho porque senão essas gravações virão a publico.

Sim, estou falando de alta exposição. Dispatch,AllKpop,todas as páginas de entretenimento vão saber,o estrago será tão grande que nem a SM poderá salvar vocês.

É. Jessica Jung é um verdadeiro diabo com chamas de gelo.

5 – Não desliguem o aparelho.

Estou falando sério.

Quando a ultima de vocês ouvir a ultima gravação o celular finalmente irá tocar e vocês receberão por meio do Google map as coordenadas para a ultima parte deste quebra cabeça.

Vocês devem estar se perguntando por que estou fazendo isso.

Porque Girls Generation segredos mais cedo ou mais tarde precisam ser expostos a luz do sol.

Estão prontas Soshis?

A  nona da lista é você...

 

APERTE O PLAY

ÁUDIO 2

Eu quero te contar algumas coisas, mesmo que a época triste já tenha passado para as outras sei que seu coração continua aflito, você precisa me escutar, feche os seus olhos e sinta como você afeta a minha mente. Não espere por um milagre, existe uma difícil estrada em nossa frente com obstáculos e um futuro que não pode ser sabido, mesmo assim eu não vou mudar, eu não posso desistir.

Oi Sunny.

Sou eu Jess.

Sua amiga – se ainda quiser me chamar assim depois de tudo o que eu fiz -.

Sunny... Eu sinto falta de chamar esse nome em voz alta... Sunny-ah, Sunny donsaeng hahaha. Acho que falar o seu nome me enche de alegria, afinal Sunny significa ensolarado e agora enquanto gravo esse áudio está brilhante aqui Gangnam. Sabe, me mudei para cá depois que fui expulsa, o Tyler sugeriu que deveríamos ficar longe o mais longe possível de vocês então o único bairro do Seul onde nenhuma das oito integrantes morava era aqui.

Ah sim não se preocupe, aqui eu tenho conforto. Um quarto só meu...Bem, meu e dele porque não existe mais algo que seja somente, agora é tudo nosso como ele gosta de dizer; tenho uma empregada que vem todos os dias e limpa minha bagunça, você sabe como eu sou desorganizada, as paredes são brancas, mas me dão dor de cabeça porque não é permitido dependurar fotos nas paredes, Tyler diz que cores estragam a harmonia então eu me contenho.

Bem... Você gostou da minha introdução?Fui eu mesma quem fiz, com algumas alterações aqui e ali é claro, mas não chega aos pés da Into The New World original.

Eu... Eu estou enrolando aqui não estou?Hahaha me desculpe é que estou um pouco nervosa, não sei como começar isso, o sentimento que quero expressar aqui é diferente dos outros.

Sunny, eu não posso te prometer que sua fita será feliz porque não vai, mas posso dizer que será menos amarga do que as outras. Apure seus ouvidos, abra a sua mente e entenda os meus motivos para ter feito estas gravações.

Pronta?Aqui vou eu...

Você nunca soube, mas a primeira vez que te vi foi no prédio de treinamento da SM; não, você não estava em uma sala de dança quente a abarrotada de treines como o resto de nós, você apareceu do nada com uma mochila nas costas, cabeça baixa e ombros retraídos. Ficou muito claro pra todo mundo que a sobrinha de Lee Soo Man tinha chegado quando pisou os pés entre os menos afortunados.

Eu estava no fundo da sala junto com Hyoyeon, quase quebramos os nossos tornozelos de tanto que nos esticamos para tentar ver o rosto da tal garota de berço de ouro, as pessoas inventavam boatos sobre Lee Soo Man falido a empresa da qual você era treinee somente para trazê-la para a SM. Sabe, nas primeiras passadas eu te achava metida, mal te via e mesmo assim mal dizia para as outras meninas “essa garota é metida”, mas a verdade é que eu era a metida!Naquele tempo era a trainer com mais tempo na casa, cinco anos e completando quase seis e quando vi que você poderia tomar o meu lugar por ter um lugar privilegiado a família do CEO tive um surto de ciúmes. Sunny eu me senti ameaçada por você e me desculpo por ter sido tão idiota.

Eu não desgostei por muito tempo. Minha raiva durou exatamente cinco minutos até aquela coisinha fofa e pequena entrar na sala e dizer:

“Annyeonghaseyo, eu sou a Soon-kyu! Por favor, cuidem bem de mim”.

Aqueles aeygo. Aquele maldito aeygo!

Sunny você era tão fofa que poderia guardá-la dentro de um potinho!Suas bochechas pareciam como nuvens fofas e tudo o que eu queria era apertá-las até ficarem vermelhas!

Vou te contar um segredo meu, mas não fique se achando depois disso ok Bunny?Eu demoro muito tempo para aceitar as pessoas, sou um tanto fria para deixar chegarem perto o suficiente e enxergarem o meu coração. Você foi a terceira pessoa na vida para quem abri as portas logo de cara. A primeira foi Soojung, não tinha como não gostar quando minha omma me obrigava a cuidar dela, e se tiver a curiosidade de saber quem foi a terceira saiba que ela dava vinte Sunnys de você e mais uma de mim hahahah.

Foi o Kris.

Kris porque ele tinha tudo o que uma pessoa como eu queria, pode parecer estranho, mas não sabe o quanto ele enxergou dentro de mim. Meu coração de gelo o aceitou como vigente mesmo que por pouco tempo.

Os anos foram passando, os dias de treino eram árduos e exaustivos, a sobrinha do CEO se mostrava alguém dedicada e forte e com um temperamento um tanto explosivo para uma baixinha de meia tigela, um ano, dois anos... Certa visita dos olheiros da SM em um certo dia e de repente... BANG!Éramos estrelas!Sabe, eu realmente não entendo porque trabalhamos tão duro para sermos k-idols para quando chegarmos a certo ponto de nossas carreiras e não querermos mais isso.

Você já sentiu isso?Eu já, em algum momento fiquei cansada de cantar, aparecer e dançar, mas eu não queria sair completamente de uma vez!A carreira não é como uma roupa que você veste e troca por outra nova a hora que quiser isto requere tempo e paciência, desintoxicar aos poucos... Eu só queria um tempo, a SM nos sobrecarregava tanto com promoções e novas turnês mundiais enquanto eu só pensava em sentar na sala do dormitório e fazer uma maratona de filmes o dia inteiro com vocês.

Mas eu fui egoísta, entendi a minha insatisfação com o grupo como estresse daquela vida de idol então ao invés de falar “hey meninas, vamos sair e viver um pouco” virei minhas atenções em outra direção. Sunny, a SM divulga até hoje que a culpa foi por ter dado mais assistência aos meus negócios do que ao Girls Generation e posso dizer que eles em parte estão certos.Nada disso teria acontecido se eu não tivesse sido precipitada, eu devia ter esperado mais um pouco, ter ficado mais velha para criar experiências e somente assim criar Blanc & Eclare, porém você sabe como sou ansiosa e eu queria e queria para agora.

Eu tentei conciliar as duas coisas, tentei voltar na minha decisão, nas minhas palavras, porém era tarde demais, eu fui sugada para coisas que estão além da sua compreensão.

Todas as integrantes aqui; Taeyeon, Hyoyeon, Tiffany, Sooyoung, Yuri, Yoona e Seohyun têm algo sombrio do qual compartilhamos, mas você Sunny... Por alguma razão que desconheço ficou intacta da nossa maldade. Pense no seu trauma, aquele que adquiriu quando ainda morava nos Estados Unidos, sabe como são os fogos de fogos de artifício?Então, é como se eu e as meninas fossemos estas explosões coloridas, porém catastróficas e você estivesse protegida dentro de uma caixinha na qual te colocamos para que nada te afetasse.

Zelamos por você Sunny, por incrível que pareça você sempre foi a nossa bebê e tomamos cuidado para que nossa parte suja não te contaminasse. Queria que a escuridão não tivesse chegado até você, mas a minha expulsão não era algo possível de esconder como um truque de mágica e dizer “olha pro outro lado Sunny, não há nada acontecendo aqui bobinha!”.Não, ela era um perfeito e grande elefante branco no meio da sala.

Sinceramente o que as outras membros por tentarem esconder aquela reunião, mas o que elas poderiam fazer?De fato não seria justo uma votação sem uma das integrantes. Você lembra Sunny?Casa uma das nossas “amigas” uma por uma atirando seus dardos venenosos em mim enquanto o CEO ofertava minha cabeça em uma bandeja de prata.

Um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete... Sete sins, porém um não.

Então um não, cortado pela metade, interrompido por um “de qualquer maneira são seis contra um”, mas ainda assim um não.

Foi você Sunny.

Você foi a pessoa que lutou por mim quando ninguém mais lutou, as portas estavam se fechando, porém você segurou uma brecha para mim e isso foi tudo.

Obrigada. Do fundo da minha alma.

Eu tenho uma divida eterna com você Sunny e mesmo que ela não possa ser paga nesta vida quem sabe na outra, prometo que você poderá cobrar os juros e os atrasos inclusos haha... Se essa baboseira de reencarnação realmente existir, então escolherei ser a amiga de Lee Sunny novamente.

Mas aquele dia ainda não tinha acabado, ah querida a batalha havia apenas começado... Eu tinha que pisar na bola não é mesmo?!Uma burrada das grandes, daquelas que a gente fica tipo... Porra!

Eu voltei às pressas para o dormitório; assim que foi expulsa já sabia as coisas que iriam acontecer. Primeiro a Sm daria um jeito de ser humilhante o suficiente para ser filmado por algum fã a espreita, eles já tinham plantado a discórdia e os curiosos fariam o resto por eles – e foi exatamente o que aconteceu assim que saí pelas portas do prédio central -, alguém me fotografou parecendo miserável e inútil com a mão no rosto.

Entrei em casa parecendo um furacão; com a maldade e ódio reprimido a primeira coisa que fiz foi arrancar todas as fotos do mural e rasgar “amizade é o caramba, bando de cobras lideradas pela cobra rainha e sua putinha” foi o que pensei enquanto rasgava nossas memórias em pedacinhos. Joguei fora todas as coisas que havia na geladeira, abri a torneira da banheira e deixei água inundar a casa, quebrei e descosturei objetos na sala como um cão feroz, revirei os guarda-roupas das meninas e destruí suas coisas. Um pouquinho de terror não iria assustá-las mais não é mesmo?Afinal já estavam me acusando de monstro e se era pra sair, era melhor que fosse em grande estilo, deixando minha marca e destruição por onde passava.

E quando me dei por satisfeita fui arrumar minhas malas, embolei tudo em uma grande bagunça e fui compactando quase uma década de vida dentro de um espaço pequeno e atrofiado. Você deveria ter chamado a policia quando entrou – ou o hospício se quisesse -, mas não fez, ao invés disso entrou no meu quarto e foi catando minhas coisas no chão, organizando minhas maquiagens na prateleira como se minha expulsão fosse uma brincadeira de 1 de Abril que logo seria revelada.

“Sica, isso é sonho?”

Eu parei por um momento para respirar, estava tão no automático que nem se quer percebi as lágrimas no meu rosto. Fiquei reta e coloquei as mãos na cintura.

“Não Sunny” Disse soluçando esfregando o rosto molhado com a manga da camisa “Essa é a realidade crua e verdadeira revertida em pesadelo”.

Você inflou as bochechas, como sempre faz quando algo te deixa chateada e então fez um beicinho segurando as lagrimas assim como eu.

“Não posso acreditar que as meninas estejam fazendo isso” Você disse com a voz fina e chorosa “Somos uma família e família não tenta destruir uma das suas integrantes assim”.

“Você ouviu o que aconteceu lá. Sete audíveis sins contra um não, está mais do que obvio que deixamos de ser uma família há muito tempo”.

“Posso falar com o meu tio...”Foi o que respondeu “Ele vai dar um jeito de te trazer de volta e...”

“Ah pelo amor de Deus Sunny!” Gritei a plenos pulmões fazendo você se assustar “Você não pode fazer nada por mim! Olha pra você! Não consegue fazer nem por si mesma! É a sobrinha do CEO e até eu ganho mais atenção dessa merda de empresa do que você!”

Sunny?

Me desculpe.

Por favor, eu imploro o seu perdão!O que eu fiz não tem justificativa, eu penso no quanto fui estúpida todos os dias e quando coloco a cabeça no travesseiro é sobre isso que sinto mais culpa. Você tem que saber que àquele ponto eu já  estava tão esgotada emocionalmente que somente queria causar dor à alguém como fizeram comigo.Não queria ter sido cruel, principalmente com você, sei que parece só uma frase, mas foi algo que você ouviu durante toda sua vida não foi?

A sobrinha do CEO, alguém que é da família, mas desconhecidos ganham mais atenção que ela.

“Cresça Sunny” Foi o que bufei por cima dos ombros “O que você achou? Que seríamos amigas para sempre? Não somos mais nove garotinhas perseguindo um sonho em comum. Somos nove mulheres adultas trilhando seus caminhos separadamente. Está na hora de você sair do nosso pé e seguir o seu também”.

Eu te invejo sabia Sunny?Apesar de tudo, mesmo depois das pressões que nos obrigaram a competir uma com as outras, mesmo depois do tratamento desigual que a empresa desenvolveu entre nós nove, mesmo depois de todas virarmos ervas venenosas você continuou a mesma.

Nunca mude Sunny. Prometa pra mim que não vai mudar, o mundo do kpop precisa de pessoas como você, a SM precisa de pessoas como você.

Eu devia ter te escutado, devia ter calado a boca quando você pediu, devia ter desmanchado minhas malas quando você mandou e até mesmo voltado atrás quando você implorou para que não fosse embora, mas o meu orgulho não deixou!A ferida no meu peito era maior do que o amor que você podia me dar.

Sunny minha melhor amiga, minha querida irmãzinha.

Sunny você não pertence a essa lista.

Depois de todos esses rodeios e lembranças do passado você finalmente encontra o seu lugar entre estas oito fitas. Você está intacta e num patamar acima das outras Sunny, um lugar onde nenhuma das soshis jamais porá os pés.O lugar que sempre te pertenceu.

Mas você é um porquê.

Você é um porque por ter sido boa até o fim e isso me mata por dentro!Eu não merecia sua misericórdia Sunny, não merecia e isso me entristece.

O áudio anterior, aquele que digo os motivos... Você poderia ignorá-lo?E por fazer as meninas sofrerem?Poderia me perdoar por isto também?Eu sei que é errado, sei que parece cruel, mas eu não podia mais sufocar Sunny, não podia, a cada dia morro um pouco mais.

Eu não sei por que estou fazendo isso, mas não posso parar, não sou mais eu quem segura as rédeas... São vocês.

Já está feito e todas receberam suas fitas.

O que acontecerá daqui pra frente não saberei, mas espero que seja bom.

“Para ser sincera eu sempre me perco em pensamentos quando ouço essa musica. Eu acho que soa como a minha história, algo que eu quero que alguém ouça, eu consigo me identificar com a letra. Eu sei que você não está ouvindo, mas eu queria dizer que se você se sentir cansada ou sentir que não tem mais ninguém ao seu lado você sempre pode voltar para casa”.

Estou sozinha e não existe mais ninguém ao meu lado. Não posso voltar para casa, mas é bom saber que posso voltar para casa.

Sunny eu posso te escutar agora.

E é como o paraíso.

 

 

 


Notas Finais


E então gostaram?Espero que sim.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...