História Os Cinco Selos - Capítulo 111


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ação, Anjos, Aventura, Demonios, Fantasia, Lutas, Magia, Monstros, Rpg, Seres Misticos, Shounen
Visualizações 9
Palavras 1.151
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shounen, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Yooo, essa já é a quarta semana que eu posto capitulo seguida?
Incrível.

Boa leitura ^^

Capítulo 111 - Coadunados


Fanfic / Fanfiction Os Cinco Selos - Capítulo 111 - Coadunados

Ganância e sua espada quebraram as duas paredes de gelo mutuamente em cada lado. Rapidamente, Mikaela bateu as palmas das mãos com círculos roxos no chão. Abaixo dos dois, o chão fora incorporado pela magia roxa e ambos foram jogados para cima, fazendo o serafim e sua espada acertaram apenas o vento.

No ar, Edward girou sua foice criando um círculo magico azul envolvendo toda sua circunferência e almas azuis foram invocadas indo em direção ao serafim. Sem dificuldades, Ganância carregou seus braços de raios e disparou contra as almas, anulando-as e indo em direção ao Edward. Mikaela criou uma barreira laranja, defendendo Edward completamente dos raios.

Enquanto Edward voava, Mikaela materializou um chão roxo-transparente para que ela pudesse continuar no ar ao seu lado.

– Devo-lhe servir o senhor novamente como espada, meu rei? – perguntou ao serafim a sua espada.

– Não, Usura. Seu poder vai ser útil nesta forma.

– O que faremos, Ed? – perguntou Mika mantendo o olhar sobre Ganância e Usura.

– Dê-me cobertura – respondeu Ed. Ele começou a mergulhar em direção aos seus inimigos.

Os dedos direito indicador e médio da Mikaela estavam erguidos e brilhando em amarelo, e levou-os até para perto de seus lábios. Sua palma esquerda brilhava em amarelo apontado para Edward.

– Benção arcana – sussurrou ela. Imediatamente, a magia chegou até ao Edward, revestindo seu corpo com uma camada de magia amarela.

Sem dar espaço para o serafim se carregar de raios novamente, Edward brandiu a lâmina de sua foice envolto em chamas azuis contra Ganância, que, utilizando sua manopla dourada, agarrou a lâmina sem problemas. Antes que Usura pudesse fazer algo, Edward a acertou com um pontapé no rosto, arremessando-a. Edward e Ganância começaram a trocar sequência de golpes.

Usura correu em direção ao capitão dos selos. Mikaela criou um círculo mágico vermelho consideravelmente maior que sua mão.

– A Rainha da pólvora me abençoou – ela recitou apontando para Usura. –  Explosão – uma cadeia de explosões percorreu no ar em direção a espada.

Usura parou subitamente, transformou seu braço direito em uma lâmina que parecia ouro e apontou em direção as explosões. Quando a explosão entrou em contato com a ponta da lâmina, fora refletida em direção a Mikaela. Parecia estar mais rápida e forte.

Edward, ignorando o serafim, voou em direção a Mikaela. Ganância atirou seus raios nele, porém, graças a benção que Mikaela havia colocado em seu corpo, não causou dano algum e a magia se despedaçou como uma armadura. Edward chegou a tempo de agarrar Mikaela na cintura e tirá-la da explosão.

– Este poder de refletir magia era de outro arcanjo... Jael – observou Edward enquanto pousa no chão, e Mikaela ficou ao seu lado.

– Humanos são bons com magia, apesar de serem dissimulados... está magia seria um perigo em monstros como vocês, selos. Então deixei este meu poder para Usura. – Ganância fez uma cara feia. – Mas a demônio não estava em meus planos.

– Nem nos meus – reforçou Edward. – Mikaela, com você aqui só vai me atrapalhar. Leve Usura para outro lugar para você combate-la.

– Por acaso isso é uma ordem? – caçoou Mika olhando para Edward.

– Sim – respondeu Edward com frieza, fintando-a com seus olhos azuis igualmente frios.

Naquele momento, ela já soube que era o capitão dos Cinco Selos, Morte, dando-lhe uma ordem.

– Entendi, capitão – concordou seriamente.

 – Aproveite-se da confusão – sugeriu ele. – Despertar: Deus da Morte.

As chamas azuis do Edward inundaram a sala do trono. Para Mikaela, claro, as chamas não a queimavam, simplesmente porque Edward não queria. Mas Ganância e Usura foram obrigados a se afastarem. Aproveitando do pequeno momento de distração, oculta em meios as chamas, Mikaela surgiu e tocou com suas mãos em Usura.

– Teletransporte – disse Mikaela sumindo junto com Usura em seguida.

         Ganância pareceu não se importar de sua espada ter sido levada.

Em meio as chamas, Edward surgiu. Ele estava maior, com seu corpo coberto por um manto negro, deixando apenas suas mãos esqueléticas de fora. O gorro do manto ocultava praticamente todo seu rosto, mostrando apenas um pedaço de seu queixo também esquelético e seus olhos azuis brilhando intensamente no breu. As asas, antes de energia negra, transformaram-se em ossos. Sua foice também ficara maior e cinzenta, com caveiras e runas na lâmina. Edward desferiu um golpe horizontal com sua foice no serafim. Com auxílio de suas asas, Ganância saltou, e a lâmina passou centímetros de seu pé. O serafim carregou seu braço esquerdo com sua energia laranja e atacou o capitão dos selos com um soco. Rapidamente, Edward levantou a parte inferior da haste e sua foice e bloqueou o soco. Chamas azuis e energia laranja se confrontavam. Com força bruta, Edward empurrou Ganância, fazendo-o com que rolasse pelo chão, mas levantou voo em seguida.

– Sua velocidade quase não mudou, porém sua força aumento demasiado – observou Ganância. Os raios começaram a estalar envolta de seu corpo. – Vai precisar mais do que isso. Muito mais.

– Eu posso escutar, Ganância. O som moribundo dos anjos que você matou e as almas humanas arrastadas forçadamente daqui. – A mão esquerda do ficou envolto de um brilho roxo. – Posso escutá-los clamando por vingança. – Ele ergueu sua mão esquerda. Várias caveiras formadas por uma luz roxa-transparente emergiram do chão e almas formadas pela mesma luz começaram a tomar conta da sala do trono.

As almas começaram a engolir o corpo de Ganância, fazendo ele cair no chão, e as caveiras pularam em cima dele.

– Você me subestima, Morte! – vociferou Ganância. O raio, em grande quantidade, espalhou-se pela sala do trono, zunindo e estalando, obliterando todas as caveiras e almas.

– Necromancia não vai funcionar – pensou Edward.

Ganância, com os raios dançando em seu corpo, voou em direção ao Edward, com uma velocidade elevada. O capitão dos selos se preparou para defende-lo e não desviar.

Lizzie sentiu uma energia estranha emanando do braço esquerdo do serafim.

Edward, desvie! – avisou Lizzie.

Edward, abruptamente, jogou-se para trás, distanciando do braço esquerdo do serafim. Quando a mão do Ganância entrou em contato com o chão, desintegrou-o com facilidade, transformando o chão em pó.

– Este poder de desintegrar tudo apenas ao toque...  Era da arcanjo Anahel – observou Edward.

– Segurei este poder até você ficar descuidado e te matar com um golpe – Ganância suspirou. – Ter desintegrado sua foice desde do início seria melhor, imagino.

No braço direito, raios estalavam. No braço esquerdo, uma energia vermelha o envolvia. Em todo seu corpo, a sua energia laranja o encobria.

– Sua energia, raios e agora desintegrar. Vai ser complicado – pensou Edward.

– Não tem problema em deixar aquela demônio lutar contra Usura? – questionou Ganância. – Minha espada tem poder o suficiente para ser considerada um serafim.

– Consideramos aquela demônio com um dos selos. Portanto, se ela é considerada uma de nós... – Edward sorriu – Como capitão, tenho que deixa-la se virar sem olhar para trás.

Deixar para trás os seus subordinados protegendo suas costas, sem remorso e mantendo a confiança, é um dever árduo onde só um verdadeiro líder é capaz de fazer.

Continua <3 :p


Notas Finais


Estamos cada vez mais próximos do desfecho...
Faltam apenas §§ capítulos para o fim! (Sim, eu esqueci de colocar isso em uns 3 capítulos :v)
Obrigado por terem lido!
Fiquem com Buda e não usem drogas! ;)
Fanfic também postada em: http://onlyanimes.net/fanfics/historia/22332/os-cinco-selos
http://fanfics.com.br/fanfic/52986/os-cinco-selos-rpg
https://fanfiction.com.br/historia/686669/Os_Cinco_Selos/
https://www.wattpad.com/story/71389755-os-cinco-selos/parts


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...