História Os Demônios em Minha mente - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~taexplicity

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assassino, Bruxas, Espíritos, Magia, Tabuleiro Ouija, Terror, The Killer, Wicca
Visualizações 71
Palavras 409
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Depois de um ano, voltamos a ativa!!! :3

Capítulo 5 - Meeting


Fanfic / Fanfiction Os Demônios em Minha mente - Capítulo 5 - Meeting

Por mais estranho que possa parecer, é tudo real. A magia é real, e ela é perigosa. 
Com meu olho direito eu consigo ver os demônios, os espíritos, as sombras que cercam as pessoas, o oculto fica visível. E com essa ajuda eu consegui ir até Seattle sem interferências, agora, meu objetivo é encontrar Katarina. 
Passei dois dias procurando rastros dela pela cidade, já estava na terceira noite. Eu estava andando pelas ruas mais vazias, em uma parte mais pobre da cidade, deveria ser por volta as oito da noite mais ou menos e eu poderia me encrencar com a polícia.
Avistei alguém de longe, estava vestindo roupas azuis escuras. Puxei o tapa olho para cima, para que eu pudesse ver melhor. Sombras, muitas sombras negras, monstros... Estavam ao lado dessa pessoa, era assustador. Me aproximei para perguntar sobre Katarina, só então notei que era ela... Então corri em sua direção. 
-Você de novo?-Perguntou a garota de cabelos negros e brilhantes olhos azuis, virando-se rapidamente pra mim. 
-Amy.-Sorri.-O que você está fazendo aqui?-Perguntei. 
-Pergunto o mesmo, o que faz aqui, garota?-Ela cruzou os braços. 
-Kauane.-Respondi, seriamente.-Mas pode me chamar de Anne. Eu estou procurando por Katarina Listhem, minha tia. 
-Tá bom, Anne.-Respondeu instantaneamente, e virou as costas pra mim, andando em direção a esquina. 
-Hey...-Chamei.-Eu... preciso de sua ajuda.-Gritei em um estranho impulso, afinal, eu sabia que ela não me ajudaria. 
-Não, obrigada.-Falou sem ao menos me olhar.-Eu não ajudo pessoas. 
-Por favor, Amy, quero sua ajuda.-Repeti, não que eu fosse implorar à ela ou algo assim, mas eu realmente precisava da sua ajuda. 
-Eu disse não, garota!-Exclamou ela, puxando rapidamente uma enorme faca personalizada do sobretudo azulado, e apontando-a para mim. 
Não respondi, apenas nos encaramos por um longo segundo, e ela abaixou a faca e virou-se novamente. 
Antes que ela pudesse dar mais um passo eu a segurei pelo braço e falei rapidamente:-Você pode matar algumas pessoas, e se der problema, você saí como se nunca tivesse estado lá. 
Ela deu um pequeno sorriso no canto da boca, mas logo o fechou. 
-Não preciso que ninguém acoberte nada, não tenho medo da polícia.-Respondeu. Mas... Desde que seja divertido. 
-Vai ser divertido, Amy.-Respondi sorrindo. 
Contei a ela o que precisava saber para me ajudar, sobre a minha tia e o que eu pretendia fazer com ela, só assim ela poderia me ajudar a encontrá-la. 
Saímos do quarteirão e fomos para o outro lado da cidade, em total silêncio.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...