História Os devaneios de um dito poeta. - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Depressão, Desilusão, Dor, Drama, Magoas, Mutilação, Romance, Sofrimento, Solidão, Tristeza
Visualizações 13
Palavras 154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 29 - Praga...


Mundo...

Majestoso mundo... Tão cheio de ambições...

Majestoso planeta... Tão cheio de riqueza...

Entretanto nele há um problema...

Humanos... Humanos é o nome dessa espécie obsoleta...

Que fere cada centímetro desse belo planeta...

Que fere o seu semelhante com tamanha felicidade em seu semblante...

Tantas dores assim são trocadas...

Todos eles têm em suas bocas facas afiadas...

E com suas palavras cortam e machucando tudo...

Coitado desse mundo...

Que sofre com essa praga desenfreada...

Que não pensa nele e só em si...

Ahh... Humanos quando vamos aprender a ter e retribuir...

Quantas mais lágrimas devem cair?...

Triste realidade de um mundo sem vida...

As cores que um dia eu vi se tornaram cinza...

Culpa nossa que retiramos o azul do céu e das águas...

Culpa nosso que desmatamos tudo até que não sobre nem mesmo uma traça...

Culpa nossa que esse belo planeta está entrando em desgraça...

Hoje sabemos quem é a verdadeira praga...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...