História Os dois lados - Capítulo 144


Escrita por: ~

Visualizações 105
Palavras 1.068
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 144 - Encontro


Duas horas depois, Nino, Mari e Adrien entravam no carro.

Ligação Mari/Yin on 

- Eu devo mesmo ir?

- Claro né, gata! Vocês tem que se acertar logo.

- Mas e se não for pra isso?

- Mulher! O Nino já não disse que deve ser exatamente por isso!?

- Não tem como saber se é isso o que ela quer. Vai que ela tá fazendo isso só pra voltar com o Nih?

- Não acho que a Aly vá fazer isso.

- Acho que você tem razão, Yin. Se for pra isso mesmo, ela não ia fazer só por isso. A Aly não é desse tipo.

- Concordo, amiga. Mari, Eu tenho que ir. Conheci um mega boy hoje e tô indo encontrar com ele lá na padaria dos seus pais.

- Não!!!! Sério!? Descreva.

- Ok. Ruivo, olhos azuis, nome que começa com N....

- Nathaniel!?!! Pelamor!

- Andou bebendo, Mari!? Claro que não sua louca! O nome dele é Noah. 

- Tá pensando em tentar?

- Não sei.... se rolar. Não tô muito a fim de nada Sério.

- Nakomoto! Vai dar falsas esperanças pro garoto?!

- Eu disse que não tô a fim. Não disse que não posso mudar de opinião-

- Quem te entende, Yin!?

- Você.

- Sou obrigada a concordar. Japonês que morava na China, agora eu tenho que ir. Seja o que Deus quiser. Se eu sair de lá morta, pode ficar com o meu caderno de desenhos.

- Larga de ser exagerada, Mari! Beijo, vai dar tudo certo.

- Beijo. Espero que esteja certo.

Ligação Mari/Yin off 

- Preparada?- Adrien pergunta 

- Pra falar a verdade? Não mesmo.- ela riu 

- Mais tarde eu.passo aqui então?

- Sou toda sua. É só ligar quando estiver vindo.

- Ei, ei, ei. Que papo é esse de sou toda sua, Marinette?! 

- Eita,irmão ciumento.

- Eu fiquei com a garota, não vinha escrito na embalagem que essa coisa vinha junto - Adrien ri 

- Só espero, que quando vocês voltarem pra casa, não fiquem de gracinha dentro desse carro - Nino deu uma olhada mortal para Adrien.

- Eu cuido da nossa princesa - ele sorriu pra Mari 

- Sereia, olho nele - Nino disse 

- Sempre tô de olho nele 

- Agora bateu um desespero aqui. 

- Se tá desesperado porque tô de  olho em você o dia todo é porque tá aprontando, Agreste.

- Agreste? Tô fufu. Eu não tô aprontando nada meu amor, eu juro.

- Sei....

- Nino! Você não tá ajudando, caramba!

- Espero mesmo que não esteja aprontando. Se não acabo com você.

- Mari, ele tá escondendo de você que sai quando você não tá em casa.

- Nino! Você acabar com a minha vida!? Fuder meu relacionamento!? Porque se for isso, parabéns. Conseguiu. Mari, meu amor, eu nunca saio sem você. Nunca. Nunca saio sem você saber.

- Eu sei. Nih, essa sua crise de ciúmes tem que passar rápido! Suas desculpas tão começando a mão fazer sentido. O Adrien? Sair? Fala sério! Quer coisa mais improvável que isso?

- EI! Eu saio sim! Eu também tenho vida social.

- Ah tem? Quero 5 lugares que você costuma frequentar fora da nossa casa e da casa dos nossos amigos. Ah, e claro, da padaria.

- Er.... Eu.. .. O lugar...

- O que eu disse?

- Ah! Vou começar a sair também. Só pra te provar que tenho vida social.

- Vai lá então, loiro. Eu vou ficar em casa, assistindo a um filme e debaixo das cobertas.

- Quer saber? Não preciso sair mais não.

- Por que desistiu tão rápido?

- Porque eu amo você mais do que quero te provar que tenho vida social.

- Tranquilo agora, Nino? 

- Se você tiver brincando com ela,Brow, meu melhor amigo ou não, tu tá morto.

-Cara, você tá viajando. Eu? Brincar com a Mari? A mulher que eu amo? Nunca! Você sabe desde o início de tudo o que eu sinto por ela. Não faria isso

- Foi só pra ter certeza. 

- Beijo Nino - ela beijou a bochecha dele - Beijo, loiro - deu um selinho em Adrien e saiu rápido antes que Nino começasse outro ataque de ciúmes.

- Olha.... ele é o loiro da Sereia......huuuuuuummmmmmmm....

- Para, Nino!- Adrien riu 

- E então, loiro? Cinema?

- Ei, só a Mari me chama assim, ok? E partiu. Qual filme? 

- A gente escolhe lá, loiro.

- Para de me zuar, Nino!

-  Nunca!!!!

- Pra onde foi aquele ciúmes todo?

- A Mari não tá aqui. Não tenho que  ficar de olho na  onde você coloca essa mão boba.

-  Quando você vai aprender a confiar sua irmãzinha pro seu mano aqui?

- Outra pergunta com uma resposta simples: Nunca.

- Desconfiado. Você já tá no nível de paranóico, Nino.

- Posso até estar meio desconfiado, mas eu sei de coisas sobre a Mari que nem você ou a Aly sabem.

- É o que!?! Pensei que eu fosse o melhor amigo dela.

- Você é o melhor amigo, Brow, eu sou o irmão.

Os dois foram para o cinema. Enquanto isso, Yin, Hanna e Mary conversavam :

- O que você acha que vai acontecer?- Hanna perguntou  

- Sei lá, Han. Alya não é lá uma Raina da vida. Lembra dela?- Yin riu 

- Nunca vi uma garota tão presivisel! Dava pra saber quando e o que ela ia falar!

- Era medonho. E você, Mary? Tá calada...

- Malz galera. Mas é que eu não conheço muito bem a Alya como vocês. Na real, acho que ela nem vai com a minha cara. Segundo o Jack, foi porque o Nino comentou com ela algo sobre me achar bonita. Aí, ao meu ver, ela pegou birra.

- Bem a cara dela fazer isso. Por mais que não admita, a Aly mooooorreeeeeee de ciúmes do Nino.- Yin continuava rindo 

- Pior que é verdade. Esses dias pra trás ela quase jogou a Alicia de volta pra Paris no treino porque ela chegou perto dele. 

- Você tava bem atoa pra ficar reparando isso né, HanHan!

- Tá chato hein, Yin! É por causa do encontro mais tarde?- Hanna riu 

- Encontro!? Por que não me disse, Yin!- Mary cruzou os braços indignada

- Pensei que já tivesse te contado.

- Não!

- Desculpa, amiga.

- Então.. . Conta tudo!

 


Notas Finais


Desculpa a demora galera!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...