História Os dois lados - Capítulo 147


Escrita por: ~

Visualizações 76
Palavras 851
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 147 - Você nem sempre dorme aqui.


- Er.... V-você....

- Sim. Eu e o Nathan somos irmãos. Mas eu não tenho nada com ele. Nem com a garota que ele gosta, a Marinette.

- Minha melhor amiga.

- Sério!? Então é melhor o Nathaniel não saber que tô saindo com você.  Vai me encher até eu te convencer a convencer ela a sair com ele.

- Ele ainda é gamado na Mari?

- Você não faz ideia... Acho que ele faria de tudo por ela.

- Houston, temos um problema. De tudo?

- Não sei. Mas é o que parece. Vocês são do mesmo curso não são?

- Sim. Eu vejo ele todos os dias.

- Ele nunca comentou nada?

- Mal falo com seu irmão. 

- Acho que por causa do lance dele querer a Marinette e ela ter namorado não é?

- Que é super gente boa por sinal.

- Já o Nathan pode ser um pouco.... Possesivo. Mas ele a ama

- O Adrien também a ama.

- Estamos aqui pra nos conhecer ou pra falar da paixão impossível desde sempre do meu irmão?

- Então.. . O que você gosta de fazer?

- Ah, eu adoro ouvir música, andar no parque...

A conversa fluia bem entre os dois, por mais que não tivessem nada em comum. Absolutamente nada. Já era tarde quando eles foram pra casa. No meio do caminho, Yin ligou pra Mari.

- Iai???? - Hanna perguntou com os olhos brilhando 

- Conta!!!- Mary surtou de vez 

- Desembucha, Japonês!!!!.- Mari era a pior de todas 

- Eu descobri que nós não temos nada em comum.

- Nossa....

- Nossa nada, Han! Os opostos se atraem!- Mari disse 

- Concordo mil por cento com a Mari. Tô sentindo cheiro de romance..... 

- Será que é por que você mora em Paris!?- Yin danou a rir - Tudo aqui cheira a romance. 

- Iiihhhh, É mesmo - Ela disse e todo mundo riu - Mas é sério, gostou dele?

- Mais do que eu esperava. Será que isso é bom?- disse. Estava pensando se podia se envolver com o Irmão do Nathaniel...

- Claro!!! - Hanna respondeu na lata

- Que cara é essa, Yin? - Mari perguntou 

- É só que... tem um porém.

- O que? Ele é feio?- Mary ria

- Não. É irmão do Nathaniel mesmo.

- É o que!?- as três gritaram juntas

- Mari, por favor, não me mata.

- Não ia te matar! 

- Não? Mas você não odeia o Nathaniel?

- Por mais que não pareça, odeio muitas pessoas. E por mais incrível que pareça, ele não tá na lista. Eu estava estudando e descobri a influência do akuma no cérebro. Ele te faz dizer o contrário do que você quer, nos casos de akumatização por amor. Como no caso do Cupido Negro, da Princesa Perfume e Claro, do Ilustrador do Mal.

- Uau! Que menina estudada gente - Hanna zuou

- Se eu não estudo o que esses restos de aborto de borboleta fazem ninguém mais estuda não é?

- E o teu gato? Ele é super inteligente. 

- Han, vai falando. Das últimas duas vezes ele apareceu atrás de você. - Mary riu 

- Pelo menos dessa vez disse que ele é inteligente, não gostoso - ela riu e alguém pigarreou atrás dela a fazendo gelar - ele tá atrás de mim não tá?

- Não - Yin gargalhava quando saiu de trás dela e recebeu um soco no braço 

- Aí! Mulher agressiva, gente. Vocês tão vendo. Se eu morrer nem procurem suspeitos, foi a Hanna.

Ela sorriu psicopata 

- Bateu um desespero aqui agora.... Será que posso dormir na tua casa hoje, Mary? - ele ria

- Bora.

- Anda, Yin. Para de enrolar e conta!

- Tá! Calma, Mari. Vou contar....

Ele contou sobre o encontro. Não se tem notícia em toda a história de três garotas tão histéricas quanto aquelas três.

- Agora sua vez, Mari. O que aconteceu lá na Alya?

- Você quer desde que eu desliguei o telefone ou desde que entrei lá?

- Se você perguntou do telefone, então alguma coisa aconteceu.Vai desde essa parte então. Conte-me tudo, não me esconda nada. 

- Eu desliguei o telefone e nós já estávamos na porta do prédio........

Ela contou a história toda.

- Finalmente! Demorou mais do que eu pensei pra vocês se acertarem.

- Concordo com você, Han.

- Eu tô meio perdida, gente. Não peguei a história desde o início 

- A gente te conta, Mary - Yin disse e os 4 sentaram no sofá - Mas antes... alguém tem alguma coisa pra fazer mais tarde?

- Eu tenho que continuar meus...

- Desmarca, Senhorita Atarefada-Cheng. As três vai dormir aqui hoje.

- Eu moro aqui, cara pálida!- Hanna riu 

- Mas nós dois sabemos que não são todos os dias que a senhorita dorme aqui....

- É o que!!!!?- Mari e Mary gritaram

- Também quero saber pra onde você vai, Han...

- Para, Yin!!!!

- Vai nos esconder? Nós somos seus melhores amigos, criatura!!!

- Calma, Mari!!! Você também, Mary. Eu conto...


Notas Finais


Hanna tá com ficante!? Como eu não tô sabendo disso, pai!? Volta aki, Kadashi!!!! Me explica isso!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...