História Os dois lados da moeda - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Daniel Zapata, Jaime Palillo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Rabito, Valéria Ferreira
Tags Lufer, Lufer paulicia guana, Paulicia
Exibições 311
Palavras 610
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Então!!
Vocês me fizeram mudar esse capítulo.
Eu ia fazer uma coisa bem trágica,mas como vocês amam esses dois e me pediram muito.
Eles já estão voltando a ser COLEGAS!!

Desculpem-me qualquer erro e Boa leitura💋

Capítulo 25 - Gloss


Fanfic / Fanfiction Os dois lados da moeda - Capítulo 25 - Gloss

*** P.O.V LUCAS***

Se eu ainda amo ela?
Sim

Seu eu errei dizendo que não iria encontrar ela?
Sim

Se eu errei com ela?
Não.

Se eu vou atrás dela?
Sim.

Saio correndo com o carro em direção ao jardim que só nós dois conhecíamos.

Quando completamos 5 meses de namoro,nós viemos aqui e passamos o dia inteiro rindo um da cara do outro por qualquer bobagem.
Sua risada era gostosa de se ouvir.
Era música para meus ouvidos.
Era maravilhosa e totalmente suave.

Eu sinto falta de sua gargalhada.

Durante todo esse tempo,eu acompanhei Fernanda pela Internet.

Vira e mexe eu via uma notícia sobre ela.

Ela se tornou uma pessoa pública por algum trabalho que estava realizando.
O "Blog da Fefa".

Eu lembro dela ter me contado uma vez sobre seu desejo de se tornar uma blogueira.

E ela realmente conseguiu.

Pelo que eu vi esses anos,ela sempre estava em alguma balada.
Sempre com o mesmo olhar.
Não com o mesmo que eu estava acostumado a ver.
E sim um olhar de súplica.
Parecia que ela queria ajuda.

Cada dia um garoto diferente.
Muitas vezes famosos.
Mas poucas vezes bonitos.

Em seu olhar eu não via mais a mesma Fernanda.

Eu via uma Fernanda que estava prestes a explodir a qualquer momento.

Eu me lembro bem de tudo isso.

Eu me lembro muito bem dela.

Cheguei no Jardim e logo a encontrei em um canto.

Encolhida,com dezenas de garrafas de bebida ao seu redor.

Ela chorava e soluçava.

Meu coração se quebrou assim como aquele copo de vidro que Fernanda havia jogado na parede hoje mais cedo.

Aquilo era culpa minha.
Eu fiz isso com ela...

Cheguei bem perto e pude sentir o seu odor de bebida.

Lucas:Eu vim te ajudar.

Fer:Você veio?

Lucas:Claro,eu sei que errei hoje mais cedo e te peço perdão.Não foi minha intenção...

Fer:Eu também te devo perdão  -a voz dela dizia que ela estava bêbada- Eu não te escutei nem por um minuto.Deveria ter te ouvido anos atrás.

Então ela desaba de chorar e se encolhe novamente.

Parecia indefesa.

Lucas:Hey,todos erramos...Somos humanos.Somos falhos.

Fer:Você é o melhor. -Ela diz e logo me abraça,e que abraço gostoso-

Lucas:Sabes que eu sempre estive aqui e sempre estarei.

Fer:Me tira daqui....

Ligo para Gustavo e ele logo chega acompanhado de Ana.

Então eles levam 2 carros e eu vou no da Fer até a casa dela.

Quando chego,vejo que todos ainda estavam lá.

Assim que entro todos me olham assustados,e Fernanda que estava no meu colo logo dorme.

Gi:Filha...O que houve?

Lucas:Gi,estou a levando para o quarto.Depois te explico.

Fernanda acorda e sai de meu colo.

Fer:Opaaaaaa,festa e ninguém me chama?Vamos dançar!! -ela diz cambaleando pela sala- Vem Lucas,deixa de ser mané...

Mah:Ok...Pode explicar o que fez com ela?

Lucas:Eu não fiz nada,ela está bêbada.

Fer:HAHAHAHAHA eu?! Bêbada?! Se eu estivesse bêbada,acha que eu saberia que te amo,Lucas?

Gi:Owwwnn a Fer fofa voltou.Obrigada Lucas.

Lucas:Fernanda,vamos para o seu quarto.

Fer:Opa lindo,vamos já. -ela diz se jogando em mim e logo tentando me beijar mas eu esquivo- Não me ama mais?

Lucas:Não é isso...É que você está bêbada,pode não se lembrar disso depois.

Fer:Certeza que eu vou,Lucas...Certeza que eu vou.

Então ela me agarra e me beija.

Logo sinto sua boca quente entrando em contato com a minha.

O sabor de bebida alcoólica se mistura com o gosto dos teus lábios de maçã.

Ela não mudou o sabor de seu gloss.

Ela continuava a mesma de sempre .

E sempre será assim.

Naquele momento eu lembrei de Alicia.

Louca e que não se importa com nada.

Fernanda era muito parecida com Alicia.

Só via quem queria...






Continua......


Notas Finais


Me desculpem qualquer erro.
Comentem o que acharam 💋
Obrigada ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...