História Os Dourados - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Rainha Vermelha, Originais
Personagens Evangeline Samos, Mare Barrow, Personagens Originais, Tiberias Calore "Cal" VII
Tags Ação, Aventura, Magia
Visualizações 7
Palavras 926
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá!!! Pessoal!!!! Tudo bem? Espero que sim!
- *Para começar a história e sim do gênero do livro A Rainha Vermelha, porém contém algumas mudanças que eu fiz.

- *Outra coisa são os personagens, vou usar alguns personagens do livro, mas são poucos, pois quero fazer uma história utilizando meus personagens, então vocês não vão ver muito a Maré ou o Cal nesta história.

- *Sim, vai ter sim os sangues Vermelhos e Prateados, mas eu acresentei um tipo de sangue novo, o Dourado, que como eu disse, vai ser o "sangue esquecido", resumindo vai ser o sangue principal da história, por ser a mistura do vermelho com o prateado, as pessoas que possuem esse tipo de sangue tem a habilidades com armas (vermelhos) e os poderes (prateados).

- *Só mais uma coisinha, eu mudei só uma coisinha nos sangues, os dos sangues Vermelhos possuem a incrível habilidade com armas (qualquer uma) já os prateados continuam com seus poderes, mas com casas diferentes, ok? Ok!

- *PLÁGIO E CRIME!!!!

Capítulo 1 - Prólogo


- CORRA! 

- Para onde? - falo ja começando a correr 

- Para qualquer lugar que não nos encontre! - Disse minha irmã, que por sinal, já estava bem mais na frente.

Começo a correr com todas as minhas forças que me restam, já que usei todas para pegar alguma comida que restava da Ilha Ortha, não é muita mais também não é tão pouca, diria perfeita para mim e minha irmã. Fomos abandonadas pelos nossos pais quando nascemos, pelo nosso sangue ser Dourado, e não Vermelho ou Prateado, sim, por causa disso desde pequenas sabemos nos virar, sabemos quando nós defender e quando correr. 

Correr, correr, correr, parece que só isso que nos fazemos, sempre estamos correndo, ou melhor se escondendo, sempre é assim, nunca podemos fazer nada que para eles já é um crime, me pergunto se um dia vamos parar de correr e começar a lutar, se um dia vamos nos sentir livres!

Olho para trás com muita dificuldade, apesar de ser por segundos, consigo pressentir que ninguém mais está atrás da gente, isso deveria ser uma coisa boa? Ou ruim? Será que era para aquelas pessoa nos pegarem? É.....também fico me perguntando se o que estamos fazendo e o certo. 

Der repente sinto minha irmã começar a parar, também faço o mesmo, não quero chegar na nossa casa ja exausta, encosto na árvore para descansar, com as mãos nos joelhos começo a respirar fundo procurando o ar que minutos atrás eu tinha, levanto a cabeça procurando minha irmã, a mesma parou algumas distâncias atrás de mim, ergo o meu corpo dolorido e cansado e vou até ela, que sem revidar, faz o mesmo.

- Acho que despistamos - A mesma diz, olhando para trás e falando num sussurro, apesar de estar baixo, deu para escutar. Digo um sim com a cabeça, ergo meu corpo e começo a andar. Sem olhar para ela ainda completo: 

- Essa ja e a quarta vez que corremos deles em um dia - respiro fundo pegando mais um pouco de ar, estava muito cansada - E essa e a ultima vez que deixo você encarregada de pegar a comida.

- Mas por que? Sou ótima nisso, só me distraio um pouco - Concordo, Kathie e bem distraida, sempre esta no mundo da Lua, ja eu não, vamos dizer que só bem pé no chão, apesar de termos a mesma aparência, somos bem diferentes. 

- Claro! Ótimo! Só tem um probleminha Kat - digo me virando para ela, quero muito ver sua reação - Você quase, estragou tudo! - E pode colocar ênfase no tudo, se ela não tivesse distraído, não precisaríamos estar agora cansadas de tanto correr e perdidas, porquê realmente nos estamos perdidas.

- Agora vem dizer que a culpa e minha! Ata...boa hein, você também poderia ter me ajudado Lizzie - olha ela, usando o ênfase no meu nome, tá legal que poderia ter ajudado nisso ela tem razão, mas a culpa e dela também, de ser uma lerda e não ter prestado a atenção.

- Tá, tá, admito a culpa e minha também, mas você - disse apontando para ela - Podia ter sido mais atenta, Kathie. 

- Ta, eu poderia ter sido, mas agora não adianta chorar pelo leite derramado, né - falou olhando em volta, será que ela também não sabe onde a gente está? - Liz, onde é que a gente está?! - Arah Bingo! 

- Eu...iria te perguntar agora, pensei que saberia - pensou nada! Sabia que a gente estava correndo que nem uma barata tonta.

- Ah...eu não sei - mais uma vez olha em volta - Eu realmente não sei onde nós estamos. 

- Bom, eu não vou ficar aqui esperando outro caçador vir aqui pegar a gente - me viro para ela, sua cara não é uma das boas e eu (acho) que sei o porque - Então..você vem? 

- Ta maluca Liz! A gente já está perdida, e se a gente se perder mais? - sabia que ela iria falar isso, Kat tem medo de tudo, acho que é por isso que sempre sou eu que roubo a comida, e não ela.

- Kat escuta, você quer ser pega pelos caçadores ou....

- Ou......

- Você quer descobrir um novo caminho para chegar em casa! - pergunto animada, já sei sua resposta, não sei nem porque fiz a famosa pausa dramática. 

- Ta me conquistou, vou com você - E bingo mais uma vez! - Mas.... - E lá vamos nós

- Mas o que? - Falo com um tom de voz meio impaciente diria, já estou cheia das desculpas da Kat por não ir, se não quiser ir e so falar, poxa.

- Mas primeiro, não sabemos onde estamos e segundo não sabemos nem o caminho certo e nem para onde ir. - É...nisso ela está certa, mas tenho a resposta perfeita!.

- Para tudo tem sua primeira vez, não é mesmo - sorrio para ela, não é um sorriso Alegre mas é um sorriso para deixa-la mais segura, sei que a mesma deve estar com  medo como sempre está.

- Ta, me conquistou - Disse devolvendo o sorriso, e assim que gosto! - Vamos!

- Vamos! 

Começam a correr de novo, mas agora não estamos fugindo e sim procurando um lugar para ficar, não é fácil ser um Dourado, com certeza não é, mas não vamos e nunca desistir por causa disso, e sempre vamos acreditar que um dia isso tudo vai mudar, que um dia nos vamos ter a igualdade que merecemos, pois nunca desistimos, somos os Dourados e nos não deixamos nosso Game Over tão fácil assim.


Notas Finais


Então...continuo?
Espero que tenham gostado!

XOXO - "V"
Pra vocês que querem saber como são as garotas, aqui esta as aparências <3

Lizzie "Liz" = http://cdn03.cdn.justjaredjr.com/wp-content/uploads/pictures/2015/12/kat-homefam/katherine-mcnamara-teases-shadowhunters-books-true-09.jpg

Kathie "Kat" = https://m.imgur.com/I9Jee46


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...