História Os Filhos de Dionísio - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Baco, Dionísio, Fanfic, Hdo, Pjo, Profecia, Romance, Trigêmeos
Exibições 21
Palavras 2.529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Shoujo (Romântico)
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


Hello people, perdão o atraso eu esqueci! ^^'

Agradeço o/a leitor/a que me lembrou, salvou a pátria amigo/a, mando p vc uma viagem exclusiva para a dimensão da purpurina no dia 30 de fevereiro por via pombo correio.

Boa leitura!!

Capítulo 7 - Eu tenho uma adaga muito louca!!


- Já sabemos para onde ir, mas como vamos chegar a Los Angeles a tempo do solstício de inverno?  -  Leo falou, todos nós olhamos para ele com cara de "sério?!"  -  Não é pelo motivo que vocês estão pensando, Hades vai para o Olimpo no solstício de inverno, e aquele lugar fica bem pior quando ele não esta lá

Ignoramos e voltamos a arrumar nossas coisas e por fim partimos.

- Okay, agora é oficial, estamos no meio do nada - Annabeth fala, estávamos no meio de uma floresta e estava começando a anoitecer, e para ajudar a mata era fechada e o Leo não poderia pegar fogo porquê a namorada de certo cabeça de alga disse que tem plantas raras aqui

- Perguntem para a Jasminie, ela é ninja em nos levar para um lugar onde tenha comida e um possível monstro, vai nos levar na direção certa - Nicolas me provocou

- Parabéns Nicolas! Conseguiu pensar nisso sozinho? - falei revirando os olhos - Valdez do céu acende logo uma chama aqui porque tá tenso ver no escuro e o Will ainda não consegue criar luz solar 

- Sabia que aqui tem uma espécie de uva rara?  - Annabeth fala com um sorriso convencido

- O quê?!  -  eu e meus irmãos falamos juntos e vi umas uvas num tom de rosa, isso mesmo que você leu, rosas, chamei os dois

- O que vocês acham? São venenosas? - Lari falou

- A cor não é a natural, o aroma também não é o que somos acostumados, pela cor forte acho que sim  -  Nick fala

Algo me surgiu na cabeça, peguei um ramo com aquelas uvas e um galho seco e amarrei o ramo ali, em seguida mostrei para o Leo

- Leo Valdez, acenda a pequena tocha aqui por favor?  -  todos me olham perplexos

- Meu ótimo instinto diz que ela não está em extinção e são venosas, o veneno ajuda a queimar

 o Leo joga uma bola de fogo no galho, ele acende, uma chama roxa se forma onde as uvas se encontravam, ouço barulhos, parecem rugidos, passo a tocha no meio das folhagens tentando encontrar a origem do som, mas não tive sucesso

- Tem algo aqui...  -  Will fala

- Ah sério Solace?! - falei com sarcasmo  - Pensei que fosse o vento rugindo

- Pessoal...

Lari fala, vejo olhos vermelhos numa moita para onde ela apontava, olhos felinos nos observaram, Percy pegou uma caneta que num instante era uma espada, aquela espada, eu a conheço, minha espinha se arrepiou, mas foquei nos outros todos tinham armas, até meus irmãos, Nick tinha um estilingue, por incrível que pareça ele consegue matar monstros com as pedras fundidas com ouro imperial, Lari ganhou uma lança que tinha parreiras entrelaçadas que era um anel para os mortais.

Daquela moita saiu um leão, ele era enorme, sua pelagem era linda, mas também tinha garras enormes e ele decidiu atacar?

Euu!! êêê \¬~¬/

Num reflexo fiz parreiras me cercarem mas não adiantou muito tempo, logo o leão estava em cima de mim

"Puxe o pingente Jas!"

Uma voz falou na minha cabeça, puxei o pingente e logo senti outra coisa em minha mão, não deu tempo de ver só de puxar o leão com parreiras, Nico me ajudou a levantar

- Onde você conseguiu esta adaga?  -  Nick falou olhei para minha mão e tinha uma adaga de lâminas roxas e cabo verde

- Minha pulseira...

Murmurei, o leão se soltou, resolveu me atacar mas o meu Cabeça de Sombras não deixou, o leão lhe deu uma patada e Nico bateu em uma árvore, em seguida ele olhou para mim e avançou, rolei para o lado e me apoiei no meu joelho para me levantar

-  Como vamos destruir esse bicho?!

 Lari falou lhe lançando a lança (Lançando a lança... Sacaram?! Ai deuses, eu tô prestes a ser morta e tô fazendo piada... só eu mesmo), a mesma não fez qualquer efeito

- É o leão de Neméia, sua pelagem é indestrutível, mas podemos destruí-lo por dentro!  -  Annie gritou

"Lance a adaga na boca dele"

A voz na minha cabeça falou, chamei a atenção dele, ele voou para cima de mim e novamente ele estava em cima de mim, peguei a adaga e forcei contra a sua boca, acabei por furar sua mandíbula, no mesmo segundo ele explodiu em pó dourado, me levantei e vi Leo caído, Will estava ajudando Percy com Nico que bateu a cabeça, corri para abraçar meus irmãos

- Vocês estão bem?!  -  falei eles retribuíram o abraço

- Sim e você?  -  Nick falou, afirmei.

Will chegou com algo nas mãos, era um casaco estilo colegial, dourado e branco

- Eu acho que isso é seu já que você que matou o leão -  peguei a blusa e coloquei

- Da última vez em que eu ganhei, era um sobretudo dourado  -  falou Percy fazendo manha

- Mas eles resolveram atualizar o treco aí e fazer uma blusa

Lari falou num tom de deboche, ri baixinho, enquanto os outros quase morriam de rir.

- E sem falar que foi para mim, então é lógico que tinha que ser mais especial - me gabei

- Jas, bem menos okay? Para que tá feio - Will brincou

- O que acontece quando eles viram pó dourado? - falei

- Eles são mandados de volta para o tártaro onde se regeneram, então eles voltam,  pode  demorar  anos,  ou dias, depende do seu azar - Will falou dando de ombros, eu fiquei tipo: Quer dizer que esses trecos não param de vir nunca?! Ele riu da minha cara.

- Povo, sem querer cortar o barato, o Nico tá desmaiado, só para saber...

Leo falou apontando para o ser caído no chão, nossa cara, ele estava com um TUMOR na testa e apagado, eu queria poder pegar meu celular para tirar uma foto agora, mas eu acho que certa filha de Atena iria parti-lo em 1001 pedaçinhos

- Will, ele está bem? Você é um filho de Apolo, é quase um médico, e não quero carregar esse cabeça de sombra!

Ele sorriu nervoso quando eu disse isso, ele tirou um estetoscópio do vácuo (Pai!! Eu também quero tirar coisas do vácuo!!!)e começou a ver os sinais dele

- É, ele está bem, só bateu a cabeça, logo logo ele acorda, um pouco de néctar deve acelerar o processo... - sorri, ainda bem que o Will veio, o oráculo pensa em tudo mesmo

- Então vamos montar acampamento pessoal! - Nick falou, eu não concordei e pelo que vi, Annabeth e Lari também não, olhei ao redor, vi um pinheiro alto, comecei a escalar

- O que você vai fazer Jas? - Lari falou

-Vou ver uma coisa, não montem o acampamento ainda okay? Okay  

Eu subi a árvore sem esperar a resposta deles, era mais alta do que eu pensava, conseguia ver tudo ao meu redor consegui ver um pequeno vilarejo a uns 10 minutos de onde estávamos, talvez tenha uma estalagem ou aalgo do tipo lá! 

- Jas! - ouvi uma voz me desequilibrei, caí da árvore, o pior, é que caí nos braços do Will, o olhei toda sem graça, seus olhos azuis se destacaram no seu rosto vermelho

- Eu não quero acabar com o momento meigo dos dois, mas eu não tô afim de segurar vela  -  Nicolas falou vermelho de raiva, Will deu um sorriso nervoso e me colocou no chão

- V-valeu Will - dei um beijo na sua bochecha, ele começou a passar a mão pelos cabelos loiros

- N-não f-foi nada Jas

- Anwwwwn! - ouvi Annabeth dizer

- Foco pessoas! Jas o que você foi fazer lá em cima? -  Lari falou impaciente

- Eu queria ver se conseguiríamos arranjar um lugar melhor para passar a noite e vi uma vila a uns 10 minutos daqui, vamos?

Falei já andando, Leo colocou Nico nas costas e caminhou junto com o resto do pessoal. Chegamos e para a nossa sorte, uma estalagem estava a nossa frente, entramos e um senhor nos atendeu

- Gostaríamos de dois quartos por favor - Percy falou, o moço olhou para todos nós

- Vai dar oitenta dólares - ele falou passando a mão pela barbicha mal feita

- Alguém tem dinheiro? - Percy se virou para nós

- Tenho 20 pratas, pago a minha e a da Lari - Nick falou apontando para a minha irmã

- Nem pra trazer dinheiro pra mim - falei fazendo bico

- Você ganha mesada, a Lari perdeu esse privilégio quando quebrou o piano da tia - ele rebateu e Lari deu uma risada

- Eu tenho 15 dólares, alguém pode pagar só 5 para entrar e já que o Nico está desacordado pago a dele -  Annie tira do bolso do Nico uma carteira

- Sorte dele porque só tem 5 dólares aqui 

Ela falou entregando o dinheiro, depois todos tinham 10 dólares e pagamos o senhor, ficamos com os quartos 101 e 102, a pedido do meu irmão, meninas num quarto e meninos no outro, ele fez questão, mas ia ser assim de qualquer jeito, para as meninas estava tudo bem, eu fiquei com a cama de casal, Annie ficava numa parte do beliche e Lari na outra. Deixei minha mala em qualquer e fui ver os meninos, mais precisamente o meu Cabeça de sombra, bati na porta, ouvi um "Entra!" era a voz do Will, não o fiz

- Jasminie entra logo de uma vez! - agora era o meu irmão, abri a porta. Percy tava discutindo com o Leo sobre quem ficava com a cama de cima do beliche, Will estava com Nico na cama de baixo do beliche cuidando daquele hematoma e meu irmão estava deitado na cama de casal

- Percy, no nosso quarto sobrou um colchão e... - falei me aproximando dos dois

- Um de vocês poderiam ir dormir lá? Obrigada Jas, eu sei que faz questão da minha presença, afinal, sou o bad boy suupremo desse lugar

 Leo me interrompeu, vi meu irmão abrir olho para observar a conversa, comecei a rir, ri tanto que minha barriga estava doendo

- Meu querido Leo, eu amo você mas não, eu iria falar pra pegar o colchão sobrando,  ou vocês dividem a cama de casal com o Nico - falei cruzando os braços

- Isso não vai dar, o Nico é muito espaçoso e pegou a cama inteira - Will falou me abraçando por trás

- Oi pra você também! -  falei olhando para seu rosto no meu ombro

- Oi Jas! - ele falou com voz de sono, dei um beijo em sua cabeça

- Valeu pelo que fez com o Nico, agora vai dormir okay? Pessoas, decidi agora...  O Nico vai dormir  no quarto das meninas,  eu acho que ele não acorda até amanhã,  então não vai ser problema,  e posso ficar de olho nele okay? Okay fui! Boa noite!  -  falei fazendo parreiras levar o Nico para o quarto das meninas e fui embora sem a resposta deles.

Entrei no quarto das meninas e todas estavam dormindo, Lari estava de cabeça para baixo descoberta, a cobri e acomodei Nico ao meu lado

- Nada vai te machucar de novo meu Cabeça de Sombras... - dei um beijo em sua testa e fechei os olhos tentando dormir

Ouço barulhos e acordo rapidamente, me levanto e Nico está babando do outro lado da cama, dou uma risada e puxo a adaga, saí pelos corredores e nada.

Silêncio total, isso não é bom, vou para o quarto dos meninos. Will ainda está acordado enquanto os outros dormiam, roncavam (pra caramba) e babavam

- Como você consegue dormir com essa orquestra de roncos?  -  sussurrei e Will olhou para mim

- Não consigo, o que faz aqui?  -   ele sussurrou de volta, fiz um sinal para ele vir para fora para conversarmos melhor. 

- Eu sinto que tem alguma coisa errada nesse lugar, sentiu algo estranho? -  ele olhou para os lados

- Isso responde a sua pergunta?

Ele me mostrou uma camareira andando sozinha, franzi o cenho para ele

- É só uma camareira  -  murmurei.

Ela olhou para nós e abriu um sorriso maléfico, senti um frio na espinha, 

- Queridos!

Ela falou se aproximando, sua voz era áspera, como se passasse um giz no quadro e fizesse aquele rangido ensurdecedor, o carrinho devia ter uma roda solta devido ao barulho do mesmo, a luz começara a falhar e eu podia apostar meu cabelo que vi o rosto dela mudar de "camareira feia" para "morcego assustador" 

- O-o que você quer - falei recuando

- O que semideuses tão legais fazem fora de seus alojamentos? - ela continuou, Will tinha o arco em mãos e a minha adaga ansiava para cortar a cabeça daquela camareira 

- O que você disse? Semideuses? Que tolice! Isso não existe!  -  falei tentando manter a calma, o que era muito difícil, Will me olhou como se fosse louca, a camareira medonha por sua vez deu de ombros

- Oh querida! Você sabe do que estou falando, seu pai... Era um idiota, mas não seja que nem ele... Se entregue e evitará o seu destino, não é... Filho de Apolo? - olhei para Will, ele estava branco

- Will... Do que ela está falando? - ele não me olhava apenas atirou e acertou o meio da testa da camareira e ela se desfez em pó dourado

- Will! -  chamei quando ele e virou e ia para o seu quarto

- Will! -  nada - Will Solace! Olha para mim seu idiota!

ele me olhou assustado, fui ao seu encontro

- O que aquela coisa estava dizendo? - ele não me respondeu, cheguei mais perto  - ME RESPONDA SOLACE! - nada, me aproximei mais

- Jas... E-eu não posso  -  ele se aproximou mais

- Não pode o que? - silêncio novamente, agora podia sentir sua respiração, era quente e aconchegante, foca Jas, você está brava com ele - Will, por favor... Eu já tenho todo meu passado apagado, me fale...

 ele suspirou

- Jas... O Nicolas, Dionísio nunca me perdoariam se eu te contasse, agora volte para seu quarto e durma... Vai precisar...  -  ele me deu um beijo na testa e saiu, se virou  - Não ligue para o que aquela fúria disse okay?  -  assenti mesmo estando incerta, ele sumiu nas trevas me deixando parada ali pensativa, a luz falhada só dificultava a minha visão dele.

Agora sim eu precisava esclarecer, primeiro aquele esquartejador de coalas de pelúcia, depois Nick agindo estranho e agora o Will?! fui para fora e comecei a golpear uma arvore com minha adaga, parei depois de um tempo com a respiração ofegante, olhei para as laminas roxas e algo estava no começo delas

- "chymó stafylioú" com amor... papai  -  murmurei o que estava escrito, suco de uva? fiz uma careta e soltei um riso  -  É papis... Você me conhece bem

Falei e voltei para o alojamento, tomei um banho gelado e depois me joguei na cama pensando no que tinha acontecido


Notas Finais


sem criatividade p cap, maus :/ próximo vai estar melhor prometo

bjs

liaan


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...