História Os Filhos de Stiles Stilinski - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Lydia Martin, Stiles Stilinski
Tags Jydia, Romance, Stalia, Stydia
Exibições 177
Palavras 2.610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 23 - Es por Amor


Fanfic / Fanfiction Os Filhos de Stiles Stilinski - Capítulo 23 - Es por Amor

Me diz que a dor chegou ao fim


(...)


Há Oito Anos 



__ Esse lugar é lindo – Exclamou Lydia. Os olhos esverdeados fitavam a linda praia onde Stiles havia lhe levado. O mar era pura calmaria, a areia fria contra as solas de seus pés, sentindo o vento refrescante contra o seu corpo. Nunca imaginou ir a lugar tão lindo, plena á noite, sabia que estavam longe de casa. Ficou mais surpresa por seus pais terem lhe deixado sair àquela hora, mas era Stiles no fim das contas. O queridinho dos seus pais. Até chegava a ser irritante.


__ Realmente é lindo – Afirmou Stiles. Ele puxou a mão da ruiva delicadamente, começaram a andar tranquilamente. Aos poucos a ruiva ouvia a música calma que tocava em algum local ali por perto. Enquanto se aproximava Lydia conseguiu observar uma rodar de pessoas ao longe, afinal, várias rodas de pessoas.


__ Você me trouxe em um lual? – Perguntou Lydia maravilhada.


 __ Sim, você sempre quis vim. Então, com a ajuda de nossos pais, conseguir te trazer aqui.


 __ Adorei! Qualquer coisa que você faça me encanta. – Afirmou Lydia. Circulou o pescoço do moreno, sorriu, aproximou seus lábios selando em um beijo.


 Stiles não aprofundou o beijo como ela queria, riu pela careta que a ruiva fez ao se separar.


__ Vem, vamos curtir – Disse ele puxando-a, começaram a correr.


As horas passaram rapidamente, o relógio atingia às três da madrugada. Hora de voltarem, a ruiva se divertiu tanto entre cantar, dançar, comer, beber (nada alcoólico) conversarem com outras pessoas que estavam por ali. Se molharem na água fria do mar – contra a vontade dela – se beijarem tanto até seus lábios doerem.


__ Vamos caminhar– Disse ele puxando a ruiva de uma rodar de jovens que contavam situações constrangedoras tirando risadas da ruiva. Lydia olhou para ele em uma pergunta muda para onde ele estava querendo ir. – Andar pela praia.


Lydia suspirou, despediu-se do pessoal assim como Stiles, de mãos dadas seguiram caminhando em silêncio. Era tão confortável, ficarem ali apenas sentindo um ao outro. Sem falarem nada. 


Os minutos se prolongaram.


__ O que você quer fazer? – Perguntou Lydia. Ambos chegaram à margem da praia, a água gelada tocando os pés fazendo os pelos ser arrepiarem.


__ Nada, logo vamos voltar para casa. Só que eu queria te perguntar uma coisa. – Disse o moreno.


__ O quê? – Perguntou ela virando-se de frente para ele. 


__ Bom.. - Disse ele respirando fundo, soltou a mão dela para pegar uma caixinha dentro do bolso do short jeans que usava. As íris esverdeadas acompanharam cada movimento dele com ansiedade. – Eu não sabia que meus sentimentos eram retribuídos há alguns meses, nunca pensei que tinha te magoado beijando outra garota, não foi nada intencional. – Disse o moreno pegando na mão dela, sentindo-a tremer contra a sua. – Só que eu agradeço tanto, nunca ia descobrir o que sentia por você se não fosse por isso. Mesmo tendo apenas dezesseis anos eu posso afirmar que sou completamente apaixonado por você. Deste quando você caiu em cima do meu castelo de areia. – Falou ele vendo as lágrimas descerem pelo rosto alvo da ruiva. – Eu amo você Lydia, gostaria de passar o resto da minha vida ao seu lado. Aceitar ser minha namorada?


O moreno abriu a caixinha que usava mostrando uma linda aliança de namoro, era prata, delicada. A seu ver combinava perfeitamente com ela. Observou a ruiva sorrir, as lágrimas eram de felicidades. Lydia não aguentava de tanta emoção, seu sonho estava sendo realizado.


__ Então? – Questionou ele nervoso diante do silêncio dela.


__ Oh! Sim, sim, mil, vezes sim – Afirmou ela. Lydia jogou-se contra ele que lhe segurou, rindo. Stiles separou-se para colocar a aliança em seu dedo. Trouxe o rosto da ruiva para perto do seu, beijaram-se sentindo o vento tocar seus corpos quentes. A água gelada sob seus pés, a lua cheia sendo testemunha daquele simples momento. Separaram-se, Lydia abraçou o namorado fortemente. – Eu sempre vou dizer sim para você, sempre será você Stiles. Sempre.



Atualmente



Não sabia o que pensar sobre aquele momento, observando seus filhos brincarem na piscina do hotel, observando Lydia com um sorriso calmo diante de toda situação. Apenas por verem os filhos felizes, não soube como poderia ter ameaçado-a, ele nunca cumprimia. Não com ela, Lydia era tão importante como respirar. Sem ela ,Stiles não sabia viver. Naqueles setes anos que se passaram cada dia que acordava ficava mais certo do amor que sentia por ela.


Nunca foi de acreditar em almagêmeas, entretanto, tudo o que viveu ao lado dela e todo o sentimento que sentia era tão grande que seria sufocante. Foi por um tempo, esse que ficaram longe. Mas ali, diante de um momento quase familiar ele queria esquecer tudo, virar a página. Congelar aqueles sorrisos como se fosse em uma fotografia, ele simplesmente queria viver ali para sempre. 


 Sabia disso, o coração pulsando em um ritmo fora do normal apenas por escutar cada gargalhada dos filhos, broncas em meio do sorriso dela. O sangue correndo mais rápido ao observar o lindo corpo em um simples biquíni, o desejo forte e intenso. A vontade de sorrir, apenas por querer sorrir. Não tinha motivos para isso, afinal, ele estava feliz. Não sendo 100%, mas estava. Tinha coisas que precisava arrumar para conseguir ficar completamente feliz.


__ O que tanto pensa ? - Perguntou Lydia lhe tirando dos desvaneios. Observou-a beber um gole do seu suco, fazia quase uma hora que tinham terminado o café da manhã. Fazia quase uma hora que estavam em completo silêncio apenas observando seus filhos brincarem e rirem.


__ Uma vida com você. - Respondeu ele pegando-a de surpresa. 


__ Stiles ..


__ Temos que conversar, queria saber por que você fugiu ? - Perguntou Stiles engolindo em seco. Sabia muito bem o motivo, apenas queria ouvir da própria boca dela. 


__ Fiquei com medo de você tirar os meus filhos.


__ Nossos. - Corrigiu Stiles. Ele assentiu. - Eu agir errado, sei disso. O que me magoou é você acreditar que eu realmente faria isso.


 Stiles nunca disse nada para ninguém, admitia sua culpa. Mas realmente ficou magoado por ela pensar que ele poderia ser tão canalha e egoísta até aquele ponto.  


Lydia respirou fundo.


__ Eu realmente não pensei nisso, eu estava com medo. De tudo, casamento sem amor, você podendo voltar para a Malia, ficar sem meus filhos. - Explicou Lydia observado-o tranquilamente.- Então, comprei a primeira passagem e voei. Como se isso fosse fazer os problemas sumirem.


__ Você tem essa péssima mania. -Afirmou Stiles sem perceber, viu-a assentir soltando um riso baixo. - Lydia..- Chamou ele calmamente, os olhos dela foram na sua direção. - Temos que resolver essa nossa situação, sabe disso. 


__ Eu sei..- Disse Lydia assentindo com a cabeça. - Podemos contar hoje à noite para eles. - Falou ela olhando para os gêmeos. 


__ Você tem certeza?. - Perguntou Stiles vendo-a assentir.


__ Você tem que começar curtir seus filhos. - Falou Lydia. O moreno soltou uma risada. - Você merece isso.


__ Me desculpa por ter ofender sem pensar. - Pediu Stiles esticando suas mãos e segurando as dela.


__ Me desculpa por ter sido tão infantil. - Pediu ela apertando as mãos dele que retribuiu o gesto. - Os meus motivos não eram fortes o suficiente para ter mentido por tanto tempo.


__ Mágoas passadas, vamos apenas liminar esses problemas e seguir em frente? - Perguntou Stiles.


__ Sim. - Concordou Lydia. - Agora me diga como vai cuidar de quatro crianças? 


__ Sorte a minha que você é rica. - Disse Stiles tirando uma risada dos dois. - Você vai voltar? 


__ Não posso.- Respondeu ela vendo a confusão nos orbes castanhos. - Eu pedi transferência tanto para o meu trabalho, como para a escola das crianças. Tenho que cumprir o meu contrato, terminar a residência aqui.


Stiles assentiu. 


 __ Vai trabalhar quando? - Perguntou o moreno.


__ Daqui a três dias. Por que?


__ Podemos procurar uma casa para vocês, a escola dos gêmeos. Ver onde ficar o hospital, o que acha?


__ Eu realmente ia fazer tudo isso hoje.- Admitiu Lydia. - Só que sozinha. 

 

__ Você não está mais sozinha, além disso temos que marcar uma consulta para você. - Disse Stiles pensativo.


__ Stiles..- Interrompeu Lydia. - Você vai ficar aqui?


__ Não posso, não ainda. Tenho muitas coisas para fazer em Los Angeles. Sorte a minha por ter um jatinho do serviço. - Falou o moreno vendo-a revirar os olhos. - Quero acompanhar o crescimento deles, quero ver você grávida Lydia, sempre foi o meu sonho. 


__ O meu sempre foi ter você ao meu lado. - Sussurrou ela sabendo que mesmo assim ele tinha ouvido, apenas pelo sorriso dele. 


A ruiva desviou o olhar para os filhos, eles estavam rindo. Duas bênçãos que vinheram ao mundo para lhe fazer feliz, mesmo que com tão pouca idade já tenha tido uma responsabilidade enorme. Mas não teria e não poderia culpar ninguém, ela que foi irresponsável para engravidar. Mesmo assim não se arrependeu de ter dado a luz aqueles seres que tanto amava.


Nunca poderia descrever o amor que sente por cada pedacinho daqueles corpos. Era tão intenso, forte, fazia o seu coração bombear fortemente em seu peito. Era amores distintos; o amor que sente por sua mãe, o que sente por seu pai. Não sabia o que era amor fraterno, mas comparava ao amor que sentia por Kira. Sua irmã de pais diferentes. O amor que sentia por Stiles, era tão diferente desses, era intenso, fazia o desejo correr por suas veias. Morreria por ele, mas tinha consciência que o amor que sentia por seus filhos era tão profundo. Tão natural, era amor ao primeiro toque. Senti-los crescerem dentro de si, formando rostos, corpos; era bem diferente e apaixonante. Ser a primeira e a única a acompanhar a etapa que ambos estavam dando para surgirem ao mundo. 


Era algo que nunca poderia ser comparado à nada, era um sentimento tão forte que lhe fazia chorar apenas por vê-los longe. Melhor ainda era sentir todo esse amor incondicional através do homem que lhe fazia suspirar. Como poderia agradecer por ter dito a oportunidade de sentir algo tão incrível? 


Tinha consciência de suas escolhas, todo mundo tem o livre-arbítrio de tê-las. Começou ao escolher brincar no parque perto da sua casa, escolheu retribuir o beijo de Stiles, seu pedido de namoro, quando se entregou pela primeira vez. Escolheu se afastar dele, essa foi uma escolha que lhe destruiu por dentro. Mas era sua mãe, estava em luto. O medo de perdê-la ficou mais intenso, apenas desistiu de algo que amava para ficar com alguém que amava. Ninguém poderia culpá-la por isso, escolheu ter seus filhos, tinha a opção de cometer o pior crime e abortar. Mas não, seguiu, criou, educou, fez tudo o que uma mãe aprenderia com o tempo. Quando escolheu fazer amor com Stiles tinha consciência de suas escolhas, mas seguiu. Prosseguiu, teve sua consequência. Amou ela por isso. 



Escolheu sua faculdade, seu futuro. Escolheu ficar com Jackson, escolheu dedicar sua confiança em Kira, unindo-se em uma amizade profunda. Escolhas, simples escolhas. Escolheu mentir, impedir pai e filhos de viverem juntos, foi uma consequência ruim que faz a culpa impregnar em sua alma. Entretanto, teria que arcar com consequências delas. Escolheu não casar e fugir de um futuro desastroso, escolheu viajar. Escolheu. Agora, irei dar o devido valor para aquelas três pessoas.


__ Vamos sair. - Disse ela para si mesma, olhando para Stiles que estava perto da piscina brincando com os gêmeos. Levantou-se, aproximou-se.



Tudo o que queria era tê-los em sua vida.


(...)



__ GANHEI! - Theo gritou animado.


__ Isso não se faz. - Resmungou Stiles como se estivesse magoado. Olhou para Zoe que ria sapeca para o irmão. - Você também, viu mocinha ficam me enganando.


__ Eu juro que não fiz nada Tio Stiles. - Exclamou a menina rindo.  


Os três estavam sentados em uma mesa de pedra de um parque, brincavam de Jogo da Memória enquanto se lambuzavam - tirando Stiles - de sorvete. Havia algumas outras crianças espalhadas pelo local, com alguns pais.


__ Vamos jogar de novo, eu vou vencer de vocês. - Disse Stiles piscando para os gêmeos que assentiram animados.


Começaram jogando, Stiles exclamava algumas coisas que fazia os filhos rirem.


__ GANHEI! - Exclamou Zoe batendo palmas.


__ Eu desisto. - Murmurou Stiles fazendo uma careta, realmente foi passado para trás por duas crianças. 


__ Desistir de quê? 


Olharam para Lydia que tinha voltado, ela havia ido até a escola da esquina para matricular os gêmeos deixando-os com Stiles que os distraiu facilmente.


__ Eles me venceram. - Exclamou Stiles derrotado.


__ Eu sei, eles também me vencem direto. - Disse Lydia compartilhando da mesma frustação dele. Olhou para a hora no seu relógio de pulso. - Que tal irmos almoçar? . - Perguntou ela olhando para os gêmeos vendo ambos sorvetes. - Stiles, você deu sorvete para eles?


Stiles olhou para ela como se não tivesse culpa de nada.


__ Eles disseram que iam almoçar tudo. - Falou ele apontando para os gêmeos que assentiram desesperados. Realmente tinha esquecido que estava na hora do almoço. 


__ A gente vai comer tudo mamãe. - Disse Theo.


__ Só quero ver. - Murmurou ela. - Agora vamos.


Os quatro seguiram para o carro que Stiles havia alugado, os gêmeos correram para o banco de trás enquanto que Stiles ficou no volante. Mexeu no GPS do carro perguntando sobre algum restaurante que havia por perto.


__ Como foi na escola ? - Perguntou Stiles enquanto começava a dirigir pelas ruas de Nova York.


__ Como falta uma semana para as férias, eles vão começar a estudar quando elas terminarem. - Explicou Lydia guardando alguns documentos na sua bolsa. Trocaram mais algumas palavras até estacionaram em de um restaurante. Desceram, entraram.


Os gêmeos observavam a decoração do estabelecimento, com aquários em alguns locais. Stiles pedia uma mesa para algum garçom, segurou na cintura de Lydia e chamou os filhos para seguirem até uma mesa ao fundo. Lydia sentou-se ao lado de Theo, Stiles de Zoe.


Não demoraram para o pedido chegar e começarem a desfrutar da comida. Os gêmeos tiravam risada dos pais, contando tantas coisas para duas crianças. 


__ Eu vou no banheiro e já volto. - Disse Stiles. Levantou-se, seguiu para o banheiro do estabelecimento. Lydia o acompanhou com o olhar. 


__ Meus amores.. - Chamou ela atenção dos gêmeos. - Tenho que contar algo para vocês, se lembram quando eu disse que o pai de vocês morava em um lugar muito longe? 


Eles assentiram, Theo mordia um pedaço de carne encarando sua mãe que havia comentado sobre o seu papai. 


__ Então, ele voltou. 


__ Quem é ele mamãe?. - Perguntou Zoe animada. Teria um pai agora.


__ É o Stiles. - Disse Lydia vendo-os chocados por alguns segundos. Depois riram.


__ Agora vamos ter um papai para levar a gente para a escola Zoe. - Disse Theo animado.


Stiles lavou suas mãos, olhou-se no espelho. A sua fisionomia estava tão leve, aquele dia estava sendo maravilhoso. Fica ao lado de pessoas importantes, pensou em Alice. Faltava apenas ela para completar sua felicidade. Estava com saudades da menina, parecia que fazia anos que não tinha lhe visto. Não poderia ser negligente ao ponto de abandoná-la.


Saiu do banheiro, voltou caminhando para a mesa onde os gêmeos conversavam animados. Sentou-se na mesa, Theo voou em seu pescoço, Zoe levantou-se sentando em seu colo. Ambos abraçaram o pescoço dele, Stiles ficou sem reação alguns segundos e retribuiu aquele afeto.


__ Papai.. - Disse as duas crianças para o choque de Stiles que olhou para Lydia à sua frente. Ela deu um sorriso e assentiu com a cabeça, retribuiu o abraço com mais força. 


__ Eu amo vocês! - Sussurrou ele apenas para os gêmeos. 




Aquele simples abraço aqueceu os três corações, esses que se completavam em uma única cumplicidade. 


Notas Finais


Olá Pessoal!Voltei!

Bom, espero que tenham gostado.

Em relação a descoberta do pai e a reação dos gêmeos achei correta, eles são crianças ainda, então, não questionariam muito a ausência do pai, tudo que importar é que eles tem um nesse momento da fanfic. Espero que tenham entendido.

Agora, vamos lá. Dêem uma olhadinha nas minhas fanfics. Aqui (Anime Spirit e Wattpad) - Não coloquei todas, senão ficaria muito kk

ReidGray - Wattpad

(Anime Spirit )

" Paraíso Negro "

Sinopse -

Ele matava por dinheiro.
Ela vendia seu corpo por dinheiro.
Ambos não tinham ninguém, apenas amigos.
Ele foi ser divertir.
Ela estava trabalhando.
Então, uma vida é gerada.

Stiles Stilinski era um assassino de aluguel, matava apenas para suprir suas necessidades. Queria se divertir, procurou uma das melhores prostitutas que um amigo de um amigo era dono. Trazendo sua melhor noite, mesmo assim ele deixa um presente para Lydia Martin após um dos seus clientes lhe "presentiar" daquela forma.

Link : https://spiritfanfics.com/historia/paraiso-negro-6225385

" Segundo Sol "

Sinopse : Ele foi salvar vidas.
Ela ficou com a sua recomeçando-a.
Ele se foi.
Ela se afundou no puro fracasso e na tristeza que já estava tatuada em sua alma.
Tudo parecia perdido, ela pensou que estava sozinha. Só que Stiles nunca quebrava promessas, ele prometeu que estaria ao seu lado. Iria cumprir.
Mas a situação que ela estava era uma linha fina de escolhas erradas. Então, apenas bastava ele ser o seu herói de novo. Seu Segundo Sol.

Link : https://spiritfanfics.com/historia/o-segundo-sol-6084613

" Romance Virtual"

Sinopse :
Rivalidade. Era algo normal entre Lydia Martin e Stiles Stilinski. Disputavam tudo, principalmente, sobre os troféus que ganhavam para a escola. Só que ambos tinham um "segredo" - era algo que apenas amigos próximos sabiam - Lydia era uma autora de fanfics que adorava ler Fanfics Eróticas enquanto que Stiles adorava ler Fanfics Criminosas. O que iriam fazer se a pessoa que mais adorava virtualmente fosse àquela que lhe fizesse quase morrer de tanta raiva pessoalmente?
Iria deixar um sentimento novo lhe dominar ou iria manter sua rivalidade?

Link : https://spiritfanfics.com/historia/romance-virtual-6178577

(Wattpad)

" Casados ?"

Sinopse : Um simples contrato!
Um simples papel mudou a vida de dois jovens que não sabiam que suas vidas seriam interligadas. O problema não era o fato de terem que casar e morar juntos apenas porque seus pais ordenaram, combinaram muito antes deles nascerem.
O único ponto desagradável seria o simples fato deles se - Odiarem!
Como conviver com a pessoa que você mais detesta no mundo inteiro?
Principalmente o seu arqui-inimigo?
Gênios eles são. Mas deveriam ser completar, certo?
Errado!
Eles são como noite e dia. Chuva e sol.
Apenas não sabem que para o dia reinar, a noite e tem que chegar. Não sabem que a chuva tem que ir para o sol brilhar. Ou simplesmente seriam como um eclipse lunar!

Link : http://my.w.tt/UiNb/h38FESMsEy

" Apaixonado pela namorada o meu irmão"

Sinopse :

Stiles Stilinski um jovem com um passo para dentro da faculdade lutava contra seus sentimentos por Lydia Martin namorada de seu irmão mais velho Isaac Stilinski. Só que o namoro de ambos não é um mar de rosas, isso se concretiza com a entrada de Allison Argent.

Link : http://my.w.tt/UiNb/wwEoMXPsEy

Liberte - me ( Dois sites)
Inegável Atração ( Wattpad)
Anônimo ( Wattpad)
Interligados ( Anime Spirit)
Prefiro ser sua amante - O'broden ( Anime Spirit)
Idade das Trevas ( Anime Spirit ) O'broden.

Acho que tem outras, não lembro kk

Bom, beijos da Lay.

Comentem#


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...