História Os Fragmentos do meu Coração - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Kagome Higurashi, Personagens Originais, Sesshoumaru
Tags Kagome, Sesshoumaru
Exibições 68
Palavras 577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


Capítulo 1

Prólogo

 

Eu me chamo Kagome Higurashi, atualmente estou com 17 anos, mas minha historia começou quando completei 15 anos, quando fui trazida para a Era Feudal pela mulher centopeia, que queria a Joia de Quatro Almas que estava dentro de mim, e após isso eu acertei uma flecha no centro da mesma a transformando em fragmentos, e novamente Naraku ambicioso desejou a Joia e acabou virando nosso inimigo mortal. Desde então, estou buscando os fragmentos da Joia junto com Inu-yasha, Miroku, Shippou, Sango e Kirara. De todos eles eu sou a mais fraca e por isso tomei uma decisão: vou me tornar mais forte.

Atualmente estamos no vilarejo da vovó Kaede, pois Miroku e Sango saíram muito feridos e eu nada pude fazer para ajudá-los, muito menos Inu-yasha, que tinha que me proteger e por causa disso meus amigos saíram gravemente feridos e por esse motivo tomei essa decisão: Não quero mais ser fraca, nem depender de ninguém para me proteger, eu quero me tornar útil e deixar de ser o alvo fraco do grupo, a humana indefesa.

Entro na casa da vovó Kaede e a encontro trocando os curativos de Miroku, ele está desacordado por conta dos graves ferimentos e também por causa do veneno dos insetos venenosos, já que ele teve que usar o buraco do vento para nos salvar e principalmente a Sango que também esta desacordada, mas não é tão grave quanto o caso do Miroku. A casa continua da mesma forma como eu me lembro, já fazia quase um ano que eu não vinha aqui, muito menos fui em minha era.

– Ola vovó Kaede - eu disse chamando a atenção dela para mim - Posso falar com a senhora um instante?

– Ola Kagome – Kaede me respondeu terminando de enfaixar o braço de Miroku - Só um momento, já estou terminando o curativo do Miroku e já estou saindo.

Enquanto Kaede não vinha, eu me lembro de porque eu querer pedir ajuda a ela, uma vez ela me contou que tem um amigo sacerdote que hoje em dia é o mais forte do Japão Feudal, ela não demora a sair, eu estou sentada na escadaria do santuário pensando em como falar, quando ela se aproxima.

– Pronto Kagome, agora pode me dizer o que é tão importante - Kaede disse se sentando ao meu lado.

– Vovó eu quero me tornar mais forte para assim eu me tornar útil - disse tudo de uma vez para não me arrepender - Não quero mais depender do Inu-yasha nem de ninguém mais, não quero mais ser a humana fraca - minha voz não passou de um sussurro.

Kaede pensa um pouco e quando fala sua expressão é séria – Senti em seu coração que você diz a verdade, sua provação já foi passada, pois o coração tem que ser puro e ser objetivo ao que deseja e você Kagome têm os dois. Existe sim uma pessoa, mas você vai ter que passar por um árduo treinamento e se isolar de todos por um período, mesmo assim você vai querer?

– Sim, eu quero isso - “não vou me arrepender da minha decisão eu quero ser útil e forte” - quero muito ser mais forte.

– Então vou mandar uma mensagem para essa pessoa. E você já sai em jornada hoje mesmo - Kaede se levantou sumindo de meu campo de visão.

E assim começou o meu treinamento de 6 meses com o sacerdote mais forte do Japão Feudal.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...