História Os Gêmeos do Norte - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 42
Palavras 932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Slash
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bem vindos aos gêmeos do norte!
Trago aqui um prólogo (reescrito), não sei se está tão bom assim mas vamos lá!
Qualquer erro ortográfico, peço desculpas.

Capítulo 1 - 1. Prólogo


Prólogro, lobos internos.

O rei manteve sua expressão cuidadosamente distante. Sentado em seu trono de pernas cruzadas, ele analisava as duas figuras que se aproximavam. Ao seu lado, onde os Lobos costumavam ficar, dois guardas reais pairavam. À sua direita e um pouco atrás estava, escondido entre as cortinas o Príncipe Jungkook, olhando para a frente mas com o corpo meio virado para ele. 

Somente quando o homem parou a sua frente ele pode analisar melhor sua aparência, era um senhor de idade, tinha pelo menos uns sessenta anos, cabelos grisalhos e grandes, barba para fazer e trajava roupas velhas e sujas. 

Os pés descalços e sujos de lama, o velho homem deixou um rastro de suas pegadas pelo castelo. Mas, o rei ignorou sua aparência e fixou seus olhos no menino. Ah, ele sabia quem era muito bem. Jonghyun, seu filho mais velho, o gêmeo de Jungkook. Estava imundo, sujo da cabeça ao pé. Irreconhecível aos olhos dos que vivem no castelo, reconhecível aos olhos do rei e seu irmão.  

Roupas rasgadas e cobertas de lama, cabeço bagunçado e desalinhado, estava com a aparência digna de um camponês. 

O broche da Casa de Daegu não estava mais em seu peito esquerdo.  Isso irritaria a rainha, já é a quinta vez que o pequeno perde seu broche.

- Alto! - gritou o guarda, sacando sua espada da bainha. Um feixo de luz adentrou pela janela e bateu na lâmina, brilhando. - Pare aí mesmo camponês. - obedeceu. - Digas o que quer com o rei. 

O velho senhor franziu seu cenho e jogou Jonghyun no chão, deu um passo a frente e apontou para o menino.

- Este fedelho me roubou! - gritou o velho, sua voz era rouca, porém forte. 

Cansado de tal acusações sobre seu herdeiro ao trono, o rei lançou um olhar duro para Jonghyun que mantia uma expressão entediada no rosto. 

- O que exatamente ele te roubou? - perguntou o rei.

- Duas galinhas! - respondeu rapidamente. - Quero que ele seja chicoteado no tronco, enfrente a todos no vilarejo. 

O rei se calou, um silêncio congelante se fez presente no local, Jungkook escondido entre as cortinas batucava seus dedos nervoso no tecido, ele olhou para seu pai e viu que o mesmo fazia os mesmos movimentos que o mais novo.

Por fim, o silêncio foi cortado quando o rei depois de pensar, falou: 

- Eu darei o triplo das galinhas que o menino roubo. - sugeriu o rei.

O velho homem sorriu, os dois dentes da frente faltavam em sua boca. 

- Obrigado majestade. - ele fez uma reverência desajeitada. - Mas e a minha punição?  Ainda quero que ele seja chicoteado! Para ensinar aos meninos que não se deve roubar dos mais velho.

O rei se irritou, fechou sua cara e bom humor. 

- Não irei castigar o menino! Sabes quem é? - vociferou o rei.

O velho homem se assustou, e com a cabeça ele negou.

Então, um pequeno sorriso se curvou no rosto da rei. 

- Ele é meu filho. Herdeiro ao trono, dá casa de Daegu. Jeon Jonghyun. - Jonghyun encarou seu pai, surpreso e arrepiado, ele nunca falará assim antes. - Então não me venhas com essas acusações novamente, ele é meu filho. E eu não irei aceitar tais insultos. Entendeu?

- S-Sim majestade... - respondeu cabisbaixo o velho homem. 

- Tirem ele daqui! - ordenou aos guardas, que desceram os degraus e segurança cada um o lado do braço do homem, o levando para fora do castelo.

- Jonghyun, venha cá. - o rei chamou em um aceno com a mão. O menino obedeceu, calado. - Você também Jungkook! 

O Jeon mais novo se assustou, nunca ele pensará que seu pai o conseguiria vê-lo escondido entre as cortinas, mas ele viu, desde o momento que mesmo correu na frente dizendo que iria conversa com vossa mãe depois de uma conversa com seu pai, mas ele estava mentindo, e o rei sabia quando seus filhos mentem. 

Meio receoso, o Jeon menor saiu entre as cortinas e caminhou até seu pai, ficando ao lado de seu irmão. 

Os dois encaravam o homem que possuía mais poder no Norte. Os gêmeos do Norte admiravam a figura a sua frente, além de ser um ótimo pai é um ótimo rei para sua casa. 

- Ouçam com cuidado o que irei dizer aos dois, - disse o rei. - meu avô me contou uma vez uma história, sobre dois lobos que vivem juntos, mas, mesmo brigando e discutindo um com o outro eles nunca conseguem ficar distante um do outro, eles são gêmeos como vocês dois, mas distintos de alma e pensamento, um deles é bom e não magoa ninguém. Ele vive em harmonia com todos ao redor dele e não se ofende quando não se teve intenção de ofender. Ele só lutará quando for certo fazer isto, e da maneira correta. Mas, o outro lobo, ah!, este é cheio de raiva.  Mesmo as pequeninas coisas o lançam num ataque de ira! Ele briga com todos, o tempo todo, sem qualquer motivo. Ele não pode pensar porque sua raiva e seu ódio são muito grandes. É uma raiva inútil, pois sua raiva não irá mudar coisa alguma! - ele fez uma pausa para poder contínua. - Algumas vezes é difícil de conviver com estes dois lobos, pois ambos tentam dominar o mesmo objetivo.

Os garotos olharam intensamente nos olhos de seu pai e perguntaram juntos:

- Que objetivo seria esse? 

O rei sorriu e respondeu baixinho:

- Quando crescerem, vocês descobriram qual é o objetivo. 

 


Notas Finais


Sim, Jungkook tem um irmão gêmeo! Que é o oposto dele! Eu não vou entrar em detalhes nem nada porque quero que descubram as coisas no decorrer da história. Obrigado por ler e até mais!
Capa feita pela deliciosa @Alynn


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...