História Os Guardiões Das Estações - Capítulo 45


Escrita por: ~

Exibições 13
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Escolar, Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou completamente atarefado, não estou conseguindo cumprir os prazos de escrever um cap por dia, mas ao menos ainda posso garantir postar eles, queria acabar essa saga antes do ano acabar, mas meus planos possivelmente não serão alcançados. Bom, boa leitura ^-^

Capítulo 45 - Em Busca...


Pov. Ethan – Todos me encararam com um olhar assustado, mas o problema era visível, de alguma forma nos ainda não estávamos seguros em nossas casas.
- Hic, eu não entendo, como não estamos na nossa dimensão? Até agora tudo parecia normal. (Rinda questionou minha insinuação, mas naquele momento nem mesmo eu conseguia entender o que estava acontecendo).
- Retirando o fato de nem o Kristoff ou o Hans terem aparecido e os acontecimentos no colégio tudo estava normal para mim. (Punzie sem querer colocou outro ponto importante na conversa, porque os dois jovens também não haviam dado sinal de vida até este momento?)
- Minha mãe por alguma razão também não estava em situações normais, ela parecia tranquila até demais! (Jack foi o último a apresentar mais um fato).
- Eu não sei explicar porque da minha dedução, mas tem algo estranho neste lugar que só deixa a ideia de que não estamos mesmo em nossa dimensão, acho que deveríamos ir visitar os guardiões para tentar confirmarmos nossas suspeitas antes de qualquer coisa.
- Mas esse é um dos problemas, e se nem eles estiverem aqui? (Punzie alertou novamente, aparentando ainda mais preocupação).
- Bom, vamos até o cristal, depois tiramos mais algumas conclusões! (Disse Hic por fim).
Os jovens então foram até o cristal de comunicação e tentaram contatar os outros guardiões, sem sucesso, ambos os jovens já começavam a aparentar uma preocupação ainda maior que o normal, resolveram abrir um portal para o local eles mesmos e buscarem respostas para tudo aquilo que estava acontecendo...
Ao atravessarem o portal, tamanho foi o espanto que tiveram ao descobrir que tudo que havia ali eram pedras e escombros, como se tudo estivesse sido destruído, ou mesmo, sequer existido.
- O que está acontecendo aqui? Isso não é normal, onde estão os guardiões, o que é essa destruição toda? (Rinda e Puzie falaram assustadas, querendo ou não, parecia que todos os jovens estavam conectados naquele momento, seja por medo, seja por perguntas).
- Pessoal, não queria piorar esse momento, mas agora eu também estou sentindo uma sensação estranha no local. (Falou Els, a jovem se direcionou até um dos escombros).
Quando a jovem tocou em uma das pedras que estavam no local seus poderes rapidamente se ativaram, cobrindo todos os jovens em uma redoma temporal, Jai começou a se contorcer de dor e parte dos seus poderes também se misturou aos de Els, os quatro jovens restantes começaram a se assustarem ainda mais com tudo aquilo. Em um instante, a cúpula de energia começou a transmitir imagens diferente, os jovens não conseguiam reagir a tudo que acontecia, apenas observar...
Depois de alguns segundos tendo todas as imagens percorridas os poderes de Els e Jai cessaram e se misturaram, uma parte deles se transformaram em uma espécie de cristal que começou a sugar também uma parte dos poderes dos outros quatro jovens, logo depois se transformando em um tipo de diamante. Após o diamante terminar de absorver os poderes dos jovens, ele rapidamente se direcionou a uma parte dos escombros, se chocando e se partindo, tomando todo o ambiente com uma energia extrema, a luz gerada foi tão avassaladora que acabou sugando os garotos e desaparecendo segundos depois...
- Acho que eu não aguento mais essas viagens malucas que estamos fazendo, chega disso, todo o meu corpo doí! (Exclamou Jai, se levantando e observando o local, este perceberá que estava novamente na base).
- O que está acontecendo? Não consigo entender absolutamente nada! (Falou Rinda, também se levantando e ajudando Puzie).
- Pessoal, naquele momento que toquei nos escombros, consegui entender o que aconteceu, e tenho certeza que Jai também sabe do que estou falando! (Disse Els, tomando a atenção de todos os presentes).
- Primeiro de tudo, essa é nossa dimensão, e também não é. Estamos em um mundo paralelo! (Falou Jai abaixando a cabeça).
- E não é só isso! (Interveio Els). - Como viemos de um tempo anterior ao nosso e “caímos” nessa dimensão sem ao menos estarmos na nossa dimensão original, todo o tempo foi modificado nesse lugar, isso destruiu a base dos Guardiões, mas eles ainda estão vivos, em algum lugar.
- E tem mais uma coisa que não vai agradar a ninguém! Como estamos em um universo paralelo, não somos os originais desse lugar, a escola, nossos pais, nos mesmos, apenas tomamos por um momento o lugar dos verdadeiros de nos desse lugar, mas logo que nossos poderes foram sugados pelos cristais, os originais desse mundo despertaram e retornaram a seus lugares. (Jai parecia ainda mais preocupado do que seu discurso sugeria).
- E essa confusão toda pode ser resolvida, não é? Basta unirmos nossos poderes e pronto! (Falou Punzie).
- Punzie, você não entendeu ainda? Desde que chegamos aqui, você não notou nada de estranho com nossos poderes? (Questionou Jai novamente, trazendo à tona uma resposta que ninguém gostaria de receber).
- Isso significa que? (Rinda questionou novamente, ainda mais assustada do que todos).
- Sim Rinda! Nossos poderes primários, os dons originais de guardiões, são agora dos originais dessa dimensão! (Respondeu Els, levando todos ao desespero eminente) ...
Um pouco distante de tudo aquilo, no fundo da base dos guardiões das crianças, uma criatura sinistra percorria o local, o ambiente parecia uma espécie de laboratório, em uma parte mais profunda do local haviam quatro capsulas, nelas estavam presos os quatro guardiões, a criatura medonha passava de um lado a outro como um vulto e se remexia como uma serpente entre as capsulas, nada poderia ser ouvido, apenas um silencio maligno, até que esse silencio se quebra com a voz ainda mais animalesca da criatura.
- Então, parece que tudo saiu como planejei, nem mesmo eu acredito em como foi o desenrolar das minhas tramas, o que será que os guardiões esperam em resolver esse problema? (A criatura se desvencilhava dos cilindros e se dirigia a outro mais separado).
- E você, meu caro e simplório amigo, obrigado por sua ganancia em conseguir tudo, você só me favoreceu, agradeço muito pelos seus serviços, mesmo que não os tenha aceito! (O monstro se enrolava ainda mais no cilindro, agora se tornava visível o conteúdo do frasco). - Agora vamos começar nosso novo jogo, a conquista dos Guardiões... (O terrível ser se desvencilhou do frasco, se esgueirando como uma serpente para ainda mais profundo em seu laboratório, tudo que poderia ser visto eram os frascos, e o ultimo em que o monstro havia se enrolado agora mostrava com mais nitidez seu conteúdo, mais um ser aprisionado, que era nada menos que Pitch) ...
O que será que espera os jovens nesse novo momento de desespero e terror, se nem mesmo o seu inimigo mortal havia escapado de tal criatura?
 


Notas Finais


AINDA EXISTE ESPERANÇA PARA OS MEUS PLANOS! Vou dizer apenas isso porque ultimamente se abro a boca, coisas catastróficas acontecem... Bom, até qualquer hora.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...