História Os Guardiões: O Espírito do Outono - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Origem dos Guardiões
Personagens Jack Frost
Tags Coelho Da Pascoa, Fada Do Dente, Jacke Frost, Papai Noel
Visualizações 11
Palavras 682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural
Avisos: Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - A Ventania


Fanfic / Fanfiction Os Guardiões: O Espírito do Outono - Capítulo 10 - A Ventania

—Música!— exigiu Norte, em uma enorme alegria. Os Yetis começaram a fazer incríveis malabarismos com diversas tochas, elfos começaram a tocar instrumentos musicais de orquestra e bandeiras com a letra " G" caíram do teto, as mini fadinhas trouxeram voando um colar trabalhado em lindas flores e colocaram no pescoço do menino, ainda em choque, um elfo trouxe um par de botas pontuda de cor verde claro. O pequeno espírito deu uma discreta olhada de relance para trás, mas viu que tinha dois Yetis, então engoliu em seco, não tinha saída.  Um tambor começou a preencher sala, tocado por um elfo, Um Yeti trouxe um grande livro, Norte pegou e  o abriu em uma página que o espírito das quedas teria que fazer o seu juramento. 

Enquanto Norte lia,  Jack observou Mabon sussurrando alguma frase, mas não conseguia identificar qual era, porém ao tentar fazer leitura labial conseguiu com cem por cento de certeza ter uma ideia de qual era " Vento, por favor me tira daqui, vento por..." O guardião adolescente rapidamente saiu do seu lugar para impedir Mabon, O coelho tentou segura-lo e não conseguiu e ainda o questionou, mas foi ignorado, Sandman começou a fazer desenhos em sua cabeça perguntado em que deu em Jack Frost, e a fada do dente olhou não sabendo que fazer, mas suas fadinhas seguiram o guardião do inverno. Jack estava quase conseguindo alcançar Mabon, porem Norte terminou a sua leitura e levantou a sua cabeça do grande livro, no mesmo instante uma rajada abriu violentamente as janelas e preenchendo o lugar, apagando as tochas dos Yetis, alguns elfos voaram em direções aleatórias e outros conseguiram se salvar segurando em objetos pesados e nos Yetis, arrancou as bandeiras do teto. O vento foi tão forte e repentino que até jogou Jack e as fadinhas para atrás, porém conseguiu salva-las de caírem no chão. Na mesma hora o guardião do inverno percebeu as folhas secas espalhadas no chão da sala, Mabon estava tão apavorado que vento veio ao seu chamado, alias quem salvou o menino "daquele show de horrores" foram os ventos do outono, que cruzaram o Polo Norte para salvar o seu protegido do perigo eminente.

A sala estava uma bagunça, Norte e os outros guardiões olhavam para Mabon em preocupação, as fadinhas assustadas foram rapidamente se juntaram com a Fada do Dente. Jack se levantou apressadamente e foi ao encontro de Mabon, que não estava nada bem, o espírito do inverno colocou uma mão no ombro do pequeno, que recusou e tirou na mesma hora. Mabon levantou os seus olhos cor de âmbar arregalados para Jack e gritou:

— Seu mentiroso!

—Mabon eu...

—Não acredito que mentiu para mim!

— Eu não menti pra você, tudo que eu falei era verdade.

—E a parte de ser guardião?

— Era uma surpresa, eu também não concordei com isso, mas os outros acharam que você iria adorar.

—Pensaram errado e pra que essa cerimônia? Querem me matar de novo?

— Eu também pensei a mesma coisa mas Norte disse " Temos que seguir a tradição".

— Nossa estou emocionado... — Disse Mabon em tom de ironia — Ser guardião e tal...

— Excelente!— felicitou Norte, entregando o livro para os Yetis guardarem e indo em direção a Mabon, que se afastou explicando que só estava sendo sarcástico.

O coelho se manifestou falando que o espírito do outono era pior que o inverno, isso irritou Mabon de tal maneira, que o menino aproximou a lamina da sua gadanha no pescoço do animal, assustando todos ali presentes, o coelho não se sentiu ameaçado pelo instrumento do menino, Norte rapidamente interviu e Mabon afastou o seu objeto do coelho. Após perceber o que acabou de fazer, o espírito das quedas não conseguiu mais se controlar e com a cabeça baixa, para esconder as suas lágrimas, saiu correndo o mais rápido dali, sem olhar para atrás, Jack tentou chamá-lo, mas foi ignorado. Ele não sabia para onde estava correndo, só queria se afastar dali o mais depressa possível, então entrou em qualquer corredor, viu uma porta e sem pensar a abriu e entrou dentro da sala misteriosa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...