História Os guerreiros do apocalipse - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 6
Palavras 550
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mecha, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Padre


A igreja criou uma organização secreta de padres que combatiam demônios que possuíam as pessoas, para ser mais exatos eram exorcistas que já existiam há muito tempo, mas se tornaram mais secretos depois que uma onda de possessão começou a invadir o mundo e as pessoas possuídas começavam a atacar todos em locais públicos. A igreja viu a necessidade de criar uma organização com padre treinados para qualquer tipo de ação que poderia até mesmo ser a morte de uma pessoa.

Capela Santa Cruz 

Central City

Momentos dos alarmes soando

- padre Lancast? 

- sim? 

- os alarmes de emergência da cidade estão soando.

- eu sei, estou ouvindo.

- senhor, significa que precisamos ir para o templo agora.

- pode ir Thomas. Eu vou ficar e rezar.

- mas padre ? - nesse instante Lancast apenas olhou para trás e deu um sorriso que logo foi compreendido pelo seu servo e o jovem Thomas se retirou da igreja e foi em direção ao templo.

Padre Lancast era membro da organização de exorcistas e naquele momento ajoelhado ele lembrava de sua última missão na paróquia de São José em little ville onde um padre estava possuído e atraia os fiéis para uma armadilha de possessão. Lancast chegou em uma noite de tempestade na paróquia e lá estava o padre com uma vítima, mas logo foi surpreendido quando as portas da igreja se abriram com um chute forte de Lancast.

- tire suas patas imundas dessa pobre garota sua besta imunda!- gritou padre Lancast de longe.

- olha só! Se não é um padre exorcista que pensa que vai me deter assim! - disse o possuído.

- seu reinado de horror acabou demônio! - Lancast puxou um teço que estava em seu bolso e arremessou as costas do terço contra o possuído, as costas na verdade eram pequenas bombinhas de fumaça, mas o possuído desviou e começou a jogar os bancos da igreja contra o padre que desviava o mais rápido possível.

- você é lento padre. - disse o demônio debochando. - nunca será capaz de me derrotar!

- não. Eu já te derrotei. -e então Lancast tirou um crussifixo de aço do seu bolso, retirou a parte de cima e jogou toda água benta que havia lá dentro e rapidamente jogou um elástico que prendeu o demônios que caiu de joelhos gritando de dor , pois a água benta queimava a pele de seu possuído.

- tolo! Você pode me matar , matar meus irmãos , mas não pode impedir a chegada do meu mestre! - gritava o demônio.

- Lúcifer jamais voltará de novo. Nunca! - respondeu Lancast.

- quem disse que é dele que estou falando ? É algo bem pior, que estou falando. É, ele estava adormecido desde os tempos antigos e agora vai retornar.

- seja lá quem for , você não vai viver para vê-lo. - então o padre retirou dois facões que estavam presos em suas costas em cortou a cabeça do possuído e logo em seguida quiemou o corpo.

O padre ajoelhado no altar desperta de sua lembrança, faz o sinal da cruz e levanta , põe o seu capuz , pega suas armas e abre a porta da igreja olhando para a direção da tempestade e diz. - Deus me ajude, pois eis aqui um servo e semeador de sua palavra. - e sai caminhando em direção a tempestade.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...