História Os Irmãos Eaton - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Divergente, Shailene Woodley, Theo James
Personagens Beatrice "Tris" Prior, Caleb Prior, Christina, Eric, Ezekiel "Zeke" Pedrad, Jeanine Matthews, Lynn, Marcus Eaton, Personagens Originais, Peter, Shauna, Tobias "Quatro" Eaton, Uriah, Will
Tags Adoção, Amor, Divergente, Família, Fourtris, Irmãos, Romance, Shai Woodley, Theo James
Exibições 160
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii Amores!!
Chegamos então ao fim da maratona de hoje.

Esse é o último capítulo e cara... CHEGAMOS A 89 FAVORITOS!!!
Vocês são top, mano!!!!

Obrigada.

Bom vamos começar com o textinho.

Eu quero muito agradecer ao pessoal que comentou e que me parabenizou♥ muito obrigada gente, de verdade. E não se esqueçam, eu vou agradecer a cada um nos cometários, só não hoje, mas amanhã eu começo a responder♥


Gente, a cada comentário que eu leio eu fico mais feliz.
Vocês não tem noção, na verdade quem escreve têm, de quanto é gratificante ver que vocês estão gostando do que estou escrevendo. Sei que tenho que desenvolver bastante a minha escrita, mas eu amo escrever e ver que vocês gostam do que escrevo. Eu fico muito feliz quando leio comentários como:
"É a melhor fic que eu já li"
Ou
"É numa das minhas fics favoritas"
Eu fico muito feliz mesmo. Mesmo as vezes eu fazendo capítulos... digamos... Não muito aflorados, vocês sempre comentam e eu agradeço muito por isso. E mesmo eu fazendo capítulos sem graça, eu faço de coração, tentando agradar vocês, então obrigada por transformar meu aniversário em um dia mais especial com vocês♥♥

Obrigada por tudo, suas lindas. Amo vocês!! Um beijo no core e que o dia de vocês tenha sido tão bom quanto o meu, e caso não tenha sido, tenha esperança que amanhã será.

Um beijo no core♥ amores!!!

Capítulo 21 - Decepção


Fanfic / Fanfiction Os Irmãos Eaton - Capítulo 21 - Decepção

Tris

- Posso saber o que é isso?- ele ruge.


- Pai.- digo surpresa, puxando o lençol para cobrir meu corpo e o do Tobias, que sai de mim e se senta ao meu lado.


- Eu não acredito! Não creio na desobediência de vocês dois! Eu já disse que não aceito isso!- ele berra.


-Pai...-tento intervir. 


-Cala a boca, Beatrice!- ele grita.


-Marcus, calma.- pede Evelyn à ele.


- Calma o caramba!! Beatrice, você me disse que era virgem... Mentiu para mim? - ele me pergunta. 


- Pai... Eu...- suspiro- Menti. Me perdoa, pai. Mas eu não entendo o porquê do senhor não nos deixar junto. Não somos irmãos de sangue.- digo.


Vejo a decepção estampada em seus olhos e meu coração se aperta mais. Eu devia ter pensado nisso, pensado que a minha sensação de angústia e medo era isso. 


- Não importa. Se eu disse que não quero você tem que me obedecer!!- ele grita. 


- Pai, não grita com a Beatrice. Não precisa de tudo isso. Sério que o senhor não sabia que transamos, que nos gostamos e nos beijamos?-Tobias pergunta com um sorriso de lado.


- Tobias, por favor!- digo.


-O quê? É verdade! Até perece que ele nunca ouviu nossos gemidos!-ele diz.


Pego meu shorts e minha blusa no chão e visto eles em baixo do lençol. 


- Eu espera mais de vocês. Eu estou decepcionado. - ele diz e meus olhos se enchem de lágrimas. 


- Pai, não diz isso. Por favor.- imploro.


- Beatrice, eu juro que não esperava isso de você.- ele diz e sinto meu coração descompensado. 


- Pai... Por favor.


- Eu não queria uma filha assim!- ele diz e eu arregalo meus olhos, sentindo meu coração perder uma batida e o ar me faltar- Filha... Eu não quis dizer isso... Filha...-ele se apressa em dizer, mas meu coração já está sangrando.

Eu esperei por um pai durante 16anos, e depois que sou adotada, por um simples "gostar" do meu suposto irmão, ele me diz que não era à mim que ele queria.


Me descubro e saio correndo do quarto, empurrando meu pai para passar pela porta.


Tobias.


-Meu Deus!- Marcus exclama com as mãos na cabeça. 


- Parabéns,  Marcus. Espero que esteja feliz!!- digo e saio do quarto atrás de Beatrice.


Tris


Corro para o estábulo e tiro Apolo do box, monto nele e bato as rédeas. 


- Vai, garoto.- digo alto, batendo as rédeas várias vezes.


Apolo dispara em direção ao campo, como um raio. Bato as rédeas para ele ir mais rápido e é isso que ele faz.


Sei que ainda não sei galopar, mas dane-se! Não deve ser tão difícil. 


Sinto o vento bater contra meu corpo e meus cabelos voando. Meu corpo é jogado para cima, conforme o galope de Apolo.


Não sei para onde estou indo, e sinceramente nem me importo. Só quero fugir um pouco. As palavras de Marcus doeram. Doeram muito. Por mais que tenha sido na hora da raiva. Eu não acredito que ele me disse aquilo. Já que ele não queria ter uma filha como eu, então ele não vai ter. 


Quando percebo que estou longe o bastante eu puxo as rédeas de Apolo e ele para devagar.


Amarro ele em uma árvore e me sento na grama, olhando a paisagem a minha frente, deixando as lágrimas caírem sem limitações. Quero tirar essa dor do peito.


Sinto uma vontade forte de vomitar,  mas nada sai. Sinto uma bola de cera na garganta impedindo que o ar passe para os meus pulmões. Estou muito magoada, eu não posso acreditar que ele me disse aquilo. 


Me deito na grama e me encolho. Sinto a tristeza tomar conta do meu corpo e choro ainda mais ao lembrar as palavras e como o Marcus disse que não queria uma filha como eu. Tanto desgosto, tanto desprezo e talvez nojo, jorraram juntos com suas palavras.

Depois de chorar bastante, durmo. Não sei se durmo ou se desmaio,  apenas sou puxada para um pouco de descanso. 


Marcus


Eu não quis dizer aquilo. A Beatrice é uma filha maravilhosa,  não poderia pedir por outra. Eu só disse porque estava com raiva.


Meu Deus, minha filha!! 


Procuro ela aos arredores da fazenda, no jardim, no balanço,  na piscina, na cachoeira, e nada! Ela não está em lugar algum.


Vejo Frédéric passar em direção ao estábulo,  então eu e Tobias corremos em sua direção. 


- Frédéric!!- grita Tabias.


-Ah! Olá!- ele responde sorrindo.


-Pelo amor de Deus! Viu Beatrice?- Tobias pergunta desesperado. 


Eu o entendo, também estou. Eu estou amaldiçoando aquelas palavras até agora. Se alguma coisa acontecer a Beatrice eu não vou me perdoar. 


- Sim, ela pegou Apolo e saiu à galope.- ele responde e meu coração salta.


-Ela o quê? - perguntamos eu e Tobias ao mesmo tempo. 


Tobias


Beatrice não sabe galopar. Não está pronta ainda.


Meu coração se aperta com o medo de acontecer algo com ela. A raiva e o ódio tomam conta do meu corpo e eu me viro para Marcus e o empurro pelo peito.


- Se alguma coisa acontecer com ela, a culpa será toda sua!- digo nervoso e saio andando rápido para o box de Thor.


Tiro-o de lá e monto no mesmo, e batendo as rédeas e saindo a galope atrás de Beatrice.


Ouço o cavalo de Marcus atrás de mim e eu bato as rédeas mais vezes e Thor acelera. Continuo procurando. Vou em direção a cabana, mas não passo na frente,  vou só para ver se vejo Apolo.


Nada.


Onde essa menina se meteu. Puxo as rédeas de Thor e olho para trás. 


Nada de Marcus.


Abaixo minha cabeça e choro. Se alguma coisa acontecer com a Beatrice vou me sentir tão culpado. Nada pode acontecer à ela.


-Meu Deus!-grito- Por favor,  eu te peço. Proteja a Beatrice,  não deixe que nada de mal aconteça à ela,  cuida dela, Pai. Por favor!- sussurro a última parte.


Seco minhas lágrimas e respiro fundo, reprimindo meu soluço e saio a galope novamente.


•••


Já são 17h e nada da Beatrice. Eu estou preocupado demais e...


Vejo um vulto branco e puxo as rédeas,  sendo seguido por Marcus.


Sim, nos encontramos nesse meio tempo.


Thor passeia devagar e quando nos aproximamos um pouco mais Beatrice se levanta do chão. Quando nos vê se apressa para subir em Apolo, ela bate as redeas sem mesmo ter sentado. Apolo sai em disparada e vejo que Beatrice não consegue se equilibrar direito pela velocidade em que Apolo está. Sinto meu coração pular uma batida e me desespero. 


Tudo me parece em câmera lenta. Tudo fica em preto e branco. 


Vejo as rédeas escorregarem das mãos de Beatrice, seu corpo se inclinar de um lado para o outro, caindo para direita em seguida. 


Naquele momento tudo que passei com ela passa como um filme em minha mente.


Nosso primeiro beijo, nossa primeira vez juntos, as outras vezes que fizemos. Quando nossos pais foram viajar e passávamos horas transando e no outro dia ela me batia por estar com uma ardência entre as pernas. 


Solto um sorriso triste, que logo se fecha ao ver o seu corpo se chocando contra o chão.


- BEATRICE!!!




Notas Finais


Morram de curiosidade!!
Hahaha zoa amores, terça tem mais!!

Bom e é isso. Espero que tenham gostado da maratona, e como presente de aniversário para mim, comentem, por favor♥

Um grande beijo meus amores, até terça, um ótimo fim de final de semana hahaha e fiquem com Deus♥

Obrigada por tudo, amo vocês!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...