História Os Irmãos Park - Capítulo 21


Escrita por: ~ e ~Lavinia_--_

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chen, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Baekhyun, Bts, Exo, Incesto, Jimin, Mistério, Namjoon, Sobrenatural, Vampiro, Vampiros
Visualizações 20
Palavras 1.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 21 - Parte 1- fim do primeiro dia


Fanfic / Fanfiction Os Irmãos Park - Capítulo 21 - Parte 1- fim do primeiro dia

POV do Park

Corredor

A rosé foi me puxando pelos corredores. Ao entramos na esquerda , demos de cara com o Diego é o Jimin. O Diego estava carregando a rosé no colo e o Jimin estava conversando alguma coisa com ele .

—Espera Jimin ?—falei surpreso.

—O que houve ?—perguntou o Diego meio confuso.

—Se o Jimin está aqui ... Quem é que está com a rosa ?—me virei é a rosé que me puxou tinha sumido.

(Droga ,fui enganado !)

Baekhyun PO'V

Sala de enfermagem

Depois que o park saiu do quarto , eu me levantei um pouco e fiquei encarando a rosa.

—Você deveria tomar mais cuidado-dei um selinho nela-esses Park são muito perigoso—falei dando um sorriso. depois de fala isso , eu acabei tirando aquela aparência de Jimin e voltei a ser eu mesmo.

A rosa começou a abri os olhos e me olhou espantada.

—Pensei que o irmão do park estivesse aqui !—disse a rosa esfregando os olhos.

—eu tive que me disfarçar pra pode te ver !

—Por quê ?—perguntou a rosa passando a mão em meu rosto.

—Bom , esquece isso-apoiei meu cotovelo na cama e fiquei com meu rosto próximo do dela-Você tem que se alimentar , meu sangue não está sendo o suficiente pra você ?—perguntei e logo em seguida dando alguns beijos em sua bochecha.

—Eu já disse , eu sou humana—disse a rosa colocando a mão em meu peitoral e os empurrando pra cima.

—Rosa, me escuta . Coloca na sua cabeça ,você não é humana , você é uma vampira—falei e logo em seguida me sentei em suas pernas.

—Não aceito isso — disse tampando seu rosto com a mão.

—Olha pra mim-tirei a suas mãos do rosto-você deve confia em mim !—falei encarando ela.

—Por que eu devia confia em você ?—perguntou a rosa.

—Porque eu sou seu irmão de vidas passadas—respondi com um sorriso.

—Como ?—perguntei.

—Como vou explicar isso pra você-fiz uma careta- eu sou seu irmão de 149 anos atrás !—dei um sorriso.

Ela deu uma gargalhada fofa e se sentou na cama—Você é confuso !!—disse a rosa segurando minha mão.

Eu me aproximei do seu rosto e a beijei . Ela me parecia nervosa , sabe , como se fosse o primeiro beijo dela , ela não fazia a menor ideia do que fazer , então, ela acabou me empurrando .

—Você ficou maluco ? Como pode beija sua irmã ?—disse a rosa colocando a mão na boca.

—Teoricamente minha irmã já está morta , e você é somente a encarnação dela , então-fiz um careta-Você é minha irmã mais ao mesmo tempo não é !—limpei sua boca que estava suja de sangue,E a mesma começou a rir e me abraçou

(ela é a encarnação mais próxima da minha irmã. Sempre que eu tentava explicar alguma coisa pra Rosalina, ela sempre ria por eu não sabe explicar direito .)

—Eu queria que você me mordesse ,rosa —falei empurrando seu rosto pro meu pescoço.

—Como se faz isso ?—olhou pro meu rosto meio confusa.

—Abra a boca !—ordenei.

Ela obedeceu e abriu a boca. Seus caninos ainda estavam pequenos ou sempre foram pequenos.

—Que fofinho ,você tem dente de criança—falei passando a mão em seu dente e ela logo ficou com o rosto vermelho.

(Talvez ,como ela está começando a aceita a ideia de ser um sobrenatural , suas presas vão aumentando ao decorrer do tempo.)

—Anda -estiquei as mangas da minha blusa e deixei meu braço livre pra ela- beba o meu sangue—falei olhando sério pra ela.

—Não sei fazer isso!!—respondeu a rosa ,colocando a mão na cabeça.

—Baekhyun !!!—gritou o enfermeiro.

Eu olhei pro enfermeiro e ele saiu correndo pra dentro da sala.

—O que ? Ele tem medo de você ?—perguntou a rosa me olhando esquisito.

—Maluco !— falei encarando a porta e logo em seguida olhando pra rosa.

—Baekhyun-colocou a mão na boca-Que disse ,irmão. Você por acaso pode me morder ?—perguntou a rosa.

—Posso, mas, eu não estou entendendo esse seu pedido !—falei confuso.

—pra ver se passa esse calor esquisito—disse a rosa se abanando .

—Deixa eu adivinha-coloquei a mão no rosto-o Diego te beliscou com aquelas presas tarada dele ?—falei bufando e olhando pra rosa. Ela me mostrou a mão mordida. Eu olhei em volta pra ter certeza que ele não marcou ela como pertence dele.

(Droga , eu não posso deixa aqueles park marca ela . Senão, nosso pai vai mandar os caçadores atrás dela)

—Eu posso te marca ?—perguntei passando a mão no seu rosto.

—Como ?—perguntou meio confusa.

—Isso é tipo uma tradição de família,Sabe ,na nossa família nunca ninguém foi marcado por outro ser que não fosse um byun—expliquei .

—O que isso faz ?—perguntou e passou a mão no meu rosto.

—Bom, se eu te marca ,você será somente minha. E seu sangue continuara puro—expliquei

—Outra pessoa poderia me marca ?—perguntou a rosa dando um sorriso fofo.

—Sim, mas ,Acho que a nossa família e a única que não admite que alguém que carregue o sobrenome byun , seja marcado por alguém de outra família !—expliquei pra ela .

(Foi por isso que a rosaline foi expulsa da nossa família , a nossa prima é muito doida,em deixar o Jimin marca ela)

—Eu irei confia em você ...—falou a rosa fechando os olhos .Eu me aproximei do seu pescoço, ela colocou a mão no meu rosto e o afastou.

—O que houve ?—perguntei

—Faça isso no meu braço—disse a rosa ,esticando o braço pra mim.

—Tem certeza ?—perguntei

—Eu queria ver como é que se faz isso—explicou a rosa.

Eu segurei o braço dela e fui me aproximando. Ao chega perto de sua pele, comecei a senti o cheiro de morango,O mesmo creme que a minha irmã passava na pele depois do banho.

cravei minhas presas em seu braço e deixei que o sangue dela fosse caindo, pra começa o processo da "marca".

Ela passou a mão em meus cabelos e se aproximou do meu pescoço. Eu senti uma mordida , e logo pude nota que meu sangue estava sendo derramado no colchão.

Depois de um tempo , eu soltei o braço dela e pude ver o símbolo da marcar se formando. A rosa continuou a beber meu sangue,Então , eu resolvi joga meu corpo pra trás com ela por cima. Abracei ela com força , e comecei a senti tonturas.

—Rosa, acho melhor você para com isso—dei dois tapas fracos em suas costas e ela logo se levantou e ficou me encarando com aqueles olhos vermelhos e boca cheia de sangue.

—Você também é meu !—deu um sorriso malicioso.

Eu passei a mão em meu pescoço e dava pra senti a que marca sendo feita no meu pescoço.

(Ela não é burra...)

—Já que você está melhor , vai para o dormitório e descanse pra amanhã !—me levantei e logo em seguida puxei a rosa da cama .

—Mas , e você ?—perguntou a rosa.

—Eu vou ir embora , então , faça isso que eu estou mandando—ordenei e comecei a puxa-lá pra fora da sala.

Ao saímos ,pude nota os olhares para rosa. Ela apertou o meu braço e ficou olhando fixamente pro chão.

—Vai indo minha noiva, elas não vão te perturbar—falei dando um beijo na testa dela.

—Como ?—perguntou a rosa me soltando.

Eu deixei ela sem resposta e fui andando em direção oposta da dela .

(...)

(Acho que está na hora de ver um velho amigo,quem sabe ele não goste dessa novidade...)


Notas Finais


Resumo do capítulo.
O Baekhyun se passou pelo Jimin e fez com que o Park fosse tirado da sala por uma ilusão da rosé.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...