História Os irmãos retardados - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 10
Palavras 387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Hentai, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Opaaa....voltei com mais um capitulo nessa porra(NÃO ME DIGA)

Capítulo 2 - Chara e Chaos


— Isso mesmo que você ouviu -Sans debochou e bebeu mais um gole da sua cerveja-

— Você não chamar ninguém para a MINHA casa -Chaos segurou a gola do caçula com raiva-

— Me solta -o olho do menor começaram a brilhar- ou terá um bad time

— Não tenho medo de você -ele encarou Sans com o olho direito brilhando vermelho-

— Parem com isso! -Chara exclamou empurrando os dois- Parecem duas crianças

— Eu sou uma criança -Sans soltou uma gargalhada e bebeu o ultimo gole de sua bebida, jogando a garrafa no lixo-

— Então senhor criancinha -Chaos sorriu sarcástico- Por que está bebendo?

— Não é da sua conta, palhaço! -Sans gritou e voltou para seu quarto-

Chaos e Chara sentaram no sofá. O esqueleto estava muito irritado, seu irmão é um idiota e fica mais idiota quando bebe. Na tentativa de acalmar seu namorado, Chara lhe deu um selinho e o deitou no sofá de forma brusca. Ela sabia que Chaos gostava de ser dominado

— Vamos fazer aqui mesmo? -o esqueleto sorriu malicioso para Chara-

— Não importa ode vamos fazer...com você, qualquer lugar é bom -ela sussurrou no ouvido de seu namorado-

Chaos pegou ela pelo cabelo e a deixou de quatro, que estava se apoiando no “braço” do sofá. O olho do maior brilhou de desejo quando viu a calcinha branca de sua amada visível pela brecha de sua saia. Ele rasgou a saia da garota suspirou mordendo o lábio inferior. Sem perder muito tempo, Chaos tirou a calcinha de chara enfiou sua língua na intimidade da garota que soltou um gemido alto, deixando Chaos mais excitado. Ele começou a lamber e chupar a intimidade da garota que soltava gemidos em aprovação

— Hora de estar dentro de você -ele falou provocante, abaixando sua calça e sua cueca-

O esqueleto penetrou Chara com força e iniciou uma série de estocadas rápidas e fortes. A genocida gemia alto enquanto apertava o “braço” do sofá com força. Ele não era nada gentil, mas ela gosta assim, e ele sabe disso. Depois de um longo tempo, os dois chegam ao limite e gozam ao mesmo tempo. Chao caiu para o lado ofegante e Chara deitou sua cabeça no peito do esqueleto

— Vamos tomar um banho -Chaos pegou sua amada no colo-

— Claro! -ela sorriu escondendo seu rosto no pescoço do esqueleto-

Continua....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...