História Os JooJs Vorazes - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dragon Ball, Fausto Silva (Faustão), Jogos Vorazes (The Hunger Games), Naruto, Pokémon, Rafael "CellBit" Lange, Todo Mundo Odeia o Chris
Personagens Charizard, Effie Trinket, Fausto Silva, Freeza, Gale Hawthorne, Haymitch Abernathy, Jigglypuff, Katniss Everdeen, Nappa, Peeta Mellark, Personagens Originais, Primrose Everdeen, Rafael "CellBit" Lange, Rue, Sasuke Uchiha, Vegeta
Tags Bra51l, Cellbit, Chris, Freeza, Jooj, Memes, Paródia, Pokémon, Thg, Ytpbr, Zueira
Exibições 26
Palavras 616
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, FemmeSlash, Festa, Ficção Científica, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Survival, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vice-chefe Idealizador Vegeta

Capítulo 7 - Katdeen, uma jovem frustrada


Fanfic / Fanfiction Os JooJs Vorazes - Capítulo 7 - Katdeen, uma jovem frustrada

– KATDEEN, você tem uma sombra!
– Ah, legal. – A sombra se revela. É só a Rum. A neguinha bêbada da Área 51, discípula do Mestre Sosakê – Sei o que você tá pensando, catita...
– Não, não, não. Não é bem isso que você tá imaginando. — A menina se afasta à medida que eu me aproximo, como se tivesse medo de mim. – Olha, não fui eu quem comi seu dedo, Lula.
Fico cada vez mais zangada e perto de Rum.
– Tá bom, tá bom!  Eu não queria te comer, desculpaaaa!
– Tudo bem, vou poupar sua vida.
Rum sai dando uma risadinha.
Dia após dia, Rum não larga mais do meu pé. É como se fosse chulé, só que fede a bebida alcoólica. Treino após treino, e a menina não sai mais de cima. O Cellbit também é grudento, me segue pra onde eu for.
(...)
Finalmente, chegou o dia que eles vão nos avaliar, e dar a nossa nota. De 0 à 12, quem tirar a melhor nota, consegue mais propaganda, e apoio dos patrocinadores. Tendo mais chances de vencer. Um a um são chamados e quem ri por último ri melhor, pode-se dizer. Só que não devemos espiar os outros, porque é surpresa.
– Marciano Verdinho das Antenas Longas! – Uma voz chama o ogro verde. Ficamos eu, Cellbit e Rum, todos nós tomando umazinha, como bons amigos numa noite de ano novo. Enquanto brincamos de quebrar a garrafa na cabeça um do outro, cantando uni duni tê e o escolhido leva garrafada. Rum foi a escolhida, então ela é chamada, nós decidimos na porrinha. Mifú Dee. Mifú Dee!
Vou até a sala de apresentação, onde encontro o Grande Nappa, que é o Idealizador Chefe e o Príncipe Vegeta, que foi vitorioso do D1, vive com uma simpática cara de bunda, dentre outras anomalias, ETs e anormais. Todos estavam se empanturrando de comida para deixar obesas as crianças pobres da África.
– Ah, é só a verme da Bedstuy. – Disse Vegeta
– É mesmo, é?  — Disse Nappa — Mhahaha Mhahaha!
Nenhum dos dois estavam prestando atenção. Vieram aqui só pra cumê mesmo. Tento de tudo: Dancei o Oppa Gangnam Style, reproduzo o solo de November Rain, imito o Tarzã encima dum cipó, o que me fez quebrar todos os ossos da cara. Até PlayStation eu sorteei. Cansei de putaria. Peguei um estilingue e alguns pasaarinhos, e mirei o Bomba num porco assado, e quebrei tudo. Vegeta e Nappa fixaram os olhos em mim e faço uma breve reverência.
– Mas que insolência foi essa, mulher?
– Desculpe-me a "insolência", agora dá licença que eu tenho esses Jooj's para ganhar e nenhum tempo a perder.
– Grr... Como se atreve??? Eu vou te mostrar!!
Os dois ficaram putos de raiva, mas Vegeta dá um sorrisinho e cochichou algo com o idealizador.
Aí eu me mando.
Voltamos aos nossos quartos, onde vou tomar banho e me arrumar pra janta, onde vamos assistir o canal do boi. É aí onde vai passar nossas notas. Os descolados tiraram altas notas, como sempre. O resto vai de um à 5. A pequena Rum consegue um sete.
– Caralhusss!!!! Tirei um doze!!

Devo estar bêbada, porque chamo o Zelda pra dançar comigo, até que ele dança bem, depois puxo Cellbit, que sorriu para mim, e disse que está orgulhoso do meu 12.
— Rafael Lange, 8000!
— Mas isso é impossível! — digo. Cellbit saiu dançando ao som de uma música esquisita e engraçada. Brinco de ricochetear no campo de força em desgosto, até me queimar um pouco.
Amanhã o Faustão vai entrevistar a gente, e como eu já disse vamos ter fogo.


Notas Finais


Sim, a dona Katdeen possui suas frustrações, como vocês vêem. Mas ela é brasileira e não desiste nunca.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...