História A Girl in The Bangtan - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Lu Han, Rap Monster, Suga, V, Youngjae
Tags Amizade, Mistério
Visualizações 52
Palavras 1.275
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drabs, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem °∆°
Saiu um pouquinho tarde? Saiu mas está aí! A Lisa só pra avisar é doidinha às vezes ok? 😏😂 Ela se enturma rápido.

Capítulo 5 - O Teste.


Fanfic / Fanfiction A Girl in The Bangtan - Capítulo 5 - O Teste.

Era o BamBam! Aish que saudade desse mocinho!

-BamBam!!-Grito correndo em sua direção-.

BamBam-Ya! Quanto tempo,até cresceu um pouco-Disse esticando seus braços para que eu o abrace.

Nós nos abraçamos e ele sussurra em meu ouvido:Você está mais linda.

BamBam,conseguia me fazer ficar corada,saio do abraço e me deparo com mais 4 garotos,meus avós estavam cumprimentando eles e eu olhei para Bambam com uma cara de tipo:Que seres são esses?

Ele entendeu o olhar e disse:

BamBam-Bom PESSOAL essa aqui é nada menos importante um ser chamado Woo Lisa.

Lisa-Aish,BamBam não adianta eu sei que me ama.-digo dando um tapa em seu braço.-

-Gostei dela! Prazer Jackson.-Disse dando uma piscadinha.

Que gatinho....Oxi Woo Lisa Cala sua boca! Pensando bem...Aish ele é gato pra caralho (Desculpa o linguajar).

BamBam-Vocês vão ficar aí parados ou vão se apresentar?-Disse fazendo um sinal com a mão.

-Prazer me chamo Jaebum.-Disse se curvando brevemente,e dando um sorrisinho Aish que lindo!

Fiz o mesmo.

-Me chamo JinYoung! -Disse um pouco tímido.

Sorri e fui correspondida do mesmo jeito.

-Me chamo Mark!-Diz dando um breve sorriso.

Bambam-Eles também vão estudar na mesma escola que você e os  meninos,incluindo eu o melhor claro.

Todos falam juntos-BamBam!

                           [...]

Adorei conhecer eles,são muito legais me enturmei rapidinho.

Depois de almoçar pego o prato e o copo e pus sobre o balcão e liguei a torneira e lavei, aproveitei e lavei o resto da louça.

Estava novamente sozinha em casa olhei as horas e eram exatamente 13:58 subi as escadas e fui direto procurar uma roupa para ir ao teste,achei uma roupa que até combinava com meu estilo.(imagem do capítulo).

Estava friozinho então esse look estava bom,queria causar boa impressão.

Peguei uma toalha e abri o chuveiro regulei e entrei causando alguns segundos de arrepios.

Termino de me banhar e pego a toalha e me seco e coloco uma short-saia branco é uma blusa de donuts com ursinhos uma sapatilha rosinha bebê de borboletas e flores.

Deixei a roupa que iria usar mais tarde no cabideiro sai do meu quarto e fui no do meus avós entrei e fui em uma gaveta da cômoda peguei o microfone e sai agindo normalmente.

Comecei fazendo exercícios de voz depois de uns 25 minutos exercitando minha voz,respirando fundo..Fazia alguns anos que não cantava de verdade.

Arrumei o microfone coloquei a música e comecei a cantar:.        Photograph Ed Sheeran.

Amar pode doer Amar pode doer às vezes Mas é a única coisa que eu sei Quando fica difícil Você sabe que pode ficar difícil às vezes É a única coisa que nos mantém vivos Nós mantemos este amor numa fotografia Nós fizemos estas memórias para nós mesmos Onde nossos olhos nunca fecham Nossos corações nunca estiveram partidos E o tempo está congelado para sempre Então você pode me guardar no bolso Do seu jeans rasgado Me abraçando perto até nossos olhos se encontrarem Você nunca estará sozinha Espere por minha volta para casa Amar pode curar Amar pode remendar sua alma E é a única coisa que eu sei Eu juro que fica mais fácil Lembre-se disso em cada pedaço seu E é a única coisa que levamos conosco quando morremos Nós mantemos este amor numa fotografia Nós fizemos estas memórias para nós mesmos Onde nossos olhos nunca fecham Nossos corações nunca estiveram partidos E o tempo está congelado para sempre Então você pode me guardar no bolso Do seu jeans rasgado Me abraçando perto até nossos olhos se encontrarem Você nunca estará sozinha E se você me machucar, tudo bem querida Apenas as palavras sangram Dentro destas páginas, apenas me abrace E eu nunca te deixarei ir Espere minha volta para casa E você poderia me colocar Dentro deste colar que você usou Quando tinha 16 anos Perto do seu coração onde deveria estar Mantenha isso no fundo de sua alma E se você me machucar Mas está tudo bem, querida Apenas as palavras sangram Dentro destas páginas, apenas me abrace E eu nunca te deixarei ir Quando eu estiver longe Me lembrarei de como você me beijava Embaixo do poste de luz da 6ª rua Ouvindo você sussurrar pelo telefone Espere por minha volta para casa...

                            [...]

Cantei diversas vezes,até que enfim consegui.

Desconectei meu iPhone do som e olhei as horas e e quando vi me apavorei eram 15:56. Eu tinha que estar 16:30


Joguei o celular no sofá e corri para o banheiro tomei um banho rápido deu para me lavar bem.

Penteei meus cabelos,sequei Penteei novamente e fiz um penteado com trancinha e cabelo solto (Acho que se chama penteado de Princesa).

Pus minha roupa,borrifei perfume e passei um gloss fraco só para minha boca não ressecar,por que eu não sei fazer maquiagem...

Desci as escadas,peguei o celular liguei para a Professora e ela disse que estaria me esperando na frente da BigHit,e que não era para me atrasar. 

Liguei para Uber que chegou em menos de 5min entrei e dei o endereço,o moço era bem simpático.

Sai do carro entreguei o dinheiro me curvei e fui em direção a professora olhei o horário e eram 16:25.

Entramos na empresa uma menina me olhou torto,passou e saiu.

Estranhei tinha algo em meu rosto?

Fomos na recepção minha boca estava formando um "o" a empresa era linda por dentro e por fora.

Recepcionista-O que deseja?-Disse sorrindo tímido.

Sun-Hee-Vim para a sessão de testes e fotos.

Recepcionista-Ok Ok,só aguardar desejam um café uma água? 

Eu estava extremamente nervosa precisava sim de água,assenti e a moça me trouxe e voltou para seu lugar.

Vi um menino olhar para mim e quando olho ele se vira...Quem era?

Affs,esses coreano de hoje em dia ai ai..

Um moço nos chamou e fomos para um estúdio onde tinham 7 garotos com máscaras,mas não dava para ver eles bem.

Entro no cômodo cheio de aparelhos e pego os fones me posiciono e começo a cantar.

Amar pode doer Amar pode doer às vezes Mas é a única coisa que eu sei Quando fica difícil Você sabe que pode ficar difícil às vezes É a única coisa que nos mantém vivos Nós mantemos este amor numa fotografia Nós fizemos estas memórias para nós mesmos Onde nossos olhos nunca fecham Nossos corações nunca estiveram partidos E o tempo está congelado para sempre Então você pode me guardar no bolso Do seu jeans rasgado Me abraçando perto até nossos olhos se encontrarem Você nunca estará sozinha Espere por minha volta para casa Amar pode curar Amar pode remendar sua alma E é a única coisa que eu sei Eu juro que fica mais fácil Lembre-se disso em cada pedaço seu E é a única coisa que levamos conosco quando morremos Nós mantemos este amor numa fotografia Nós fizemos estas memórias para nós mesmos Onde nossos olhos nunca fecham Nossos corações nunca estiveram partidos E o tempo está congelado para sempre Então você pode me guardar no bolso Do seu jeans rasgado Me abraçando perto até nossos olhos se encontrarem Você nunca estará sozinha E se você me machucar, tudo bem querida Apenas as palavras sangram Dentro destas páginas, apenas me abrace E eu nunca te deixarei ir Espere minha volta para casa E você poderia me colocar Dentro deste colar que você usou Quando tinha 16 anos Perto do seu coração onde deveria estar Mantenha isso no fundo de sua alma E se você me machucar Mas está tudo bem, querida Apenas as palavras sangram Dentro destas páginas, apenas me abrace E eu nunca te deixarei ir Quando eu estiver longe Me lembrarei de como você me beijava Embaixo do poste de luz da 6ª rua Ouvindo você sussurrar pelo telefone Espere por minha volta para casa...

Eu estava concentrada na música mas pude perceber que aqueles meninos estavam cochichando algo é um tirou apenas a máscara e sorriu para mim.

O moço que parecia ser  compositor ou algo assim estava com a boquiaberta

Enquanto minha Professora parecia se gabar de alguma coisa.....















Notas Finais


Espero que tenham gostado vejo vocês no próximo capítulo ♥ Amanhã tem capítulo de My Guardian Angels para quem lê.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...