História Os Mistérios de uma Amizade! - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mistério, Um Pouco De Suspense
Exibições 4
Palavras 383
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 12 - "Bilhete"


Fanfic / Fanfiction Os Mistérios de uma Amizade! - Capítulo 12 - "Bilhete"

                           P.O.V. BRUNO

E depois daquela voz falar, vejo todos desmaiarem no chão, menos eu e Vitória. Nós olhamos pra ver quem era. De novo a Fernanda. 

- O que você quer da gente? - Diz Vitória segurando uma arma que estava no meu bolso 

- Apenas você Vitó... - Ela não consegue terminar a frase 

- Então se você me queria por que tentou matar o meu namorado - A Vitória diz irritada 

- Pois eu queria te fazer sof... - Ela leva uma pancada na cabeça 

- Vocês estão bem? - Léo fala 

- Sim, obrigada Léo - Vitória fala 

- Melhor a gente ir, ela está atrás de vocês - Léo avisa 

- Mas e a Sophia? - Vitória pergunta

- Está comigo aqui - Ela aparece um pouco escondida do lado de Léo 

- Temos que ir logo! Vamos - Sophia diz 

- Mas eu trabalho aqui - Eu falo 

- E ela é perigosa e quer vocês dois, então você vai viajar com a gente - Léo fala

- Ok - Eu falo 

- Venham me ajudem - Vitória fala com meu braço apoiado no seu ombro, tentando me segurar para eu andar

              QUEBRA DO TEMPO

                  P.O.V. VITÓRIA 

Estava muito pensativa no carro, Bruno estava só me olhando para ver como eu estou e ele pergunta :

- Você está bem ? 

- Sim, estou - Eu falo ainda pensativa 

- Pode falar a verdade, eu sei que você está mentindo - Ele fala com um sorriso de canto 

- Apenas estou com medo de você morrer, depois daquela hora eu não consigo parar de ficar peocupada com voc... - Ele me interrompe, me dando beijo e um abraço

- Mas você não deve se preocupar, aliás eu tenho você e você tem a mim. Eu nunca deixarei você ficar sozinha - Ele diz me fazendo chorar um pouco - Eu te amo

- Eu tam... - Eu sou interrompida 

- Gente! Fudeu! - Léo gritou 

- O que foi ? - Eu falo 

Nós já tinhamos chegado na cidade, só que bem na entrada havia um corpo morto e cheio de sangue com um bilhete grudado. 

"Vitória e Bruno os próximos serão vocês, então diria melhor se entregarem, ou então continuarei matando o povo dessa cidade"

 Ass: Sua querida inimiga Fernanda.



CONTINUA NO PRÓXIMO CAPÍTULO...


Notas Finais


Opa, parece que alguém se fudeu não é mesmo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...