História Os Nerds Amam as Populares - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Baki, Chiyo, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Kin Tsuchi, Konan, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Maito Gai, Matsuri, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikaku Nara, Shikamaru Nara, Shion, Shizune, Suigetsu Hozuki, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Exibições 86
Palavras 5.682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OIE GENTE!
PERDÃO O GIF NÃO IA
Havia falado nos comentários do capitulo anterior que iria sair segunda ou domingo, mas ocorreram imprevisto e não deu. Estou postando agora para vocês e espero que gostem!
Tem 5.000 mil palavras pensadas e calculadas com muito carinho para vocês.
Bom a espera valeu a pena pelo capitulo longo.
OBRIGADA POR LEREM E ME AJUDAREM EM TUDO!
Música: Face the pain - Stemm
Gif: Temari e desconhecido

Capítulo 9 - Luz, Zoeira e Ação - Parte II


Fanfic / Fanfiction Os Nerds Amam as Populares - Capítulo 9 - Luz, Zoeira e Ação - Parte II

TIME to end this suffering i need a minute to myself
(so i can drift away)

You will never get to me what cant be done ill do myself
(so i can slip away)

Watch you rise watch you fall Watch you loosing control
Watch to rise watch you fall NOW IM ABOUT TO BREAK

Watch you rise watch you fall Watch you loosing control
Watch you rise watch you fall NOW IM ABOUT TO BREAK

FACE THE PAIN no escape when you step to this,
Face the pain no escape when you step to this
FACE THE PAIN FACE THE PAIN ripping me into pieces

Hora de acabar com esse sofrimento eu preciso de um minuto para mim
(para que eu possa afastar-se)
Você nunca vai ter para mim o que não pode ser feito mal fazer sozinho
(para que eu possa escapar)

Assista você subir assistir você cair Assista você perder o controle
Assista a subir assistir você cair agora estou prestes a quebrar


Assista você subir assistir você cair Assista você perder o controle
Assista você subir assistir você cair agora estou prestes a quebrar

Enfrentar a dor nenhuma fuga quando você pisa para isso,
enfrentar a dor nenhuma fuga quando você pisa para isso,

Cara a Cara com a dor, A dor me rasgando em pedaços
 

 

NO ÚLTIMO CAPÍTULO - HINATA

Logo depois ouvi vidro se quebrando e uma fumaça saindo de algo que tacaram.

- ABAIXEM-SE! - Gritei.

As meninas foram para debaixo da mesa, e puxamos os meninos. Ouve fumaça pela a casa inteira. Olhei para as meninas que só assentiram. Os meninos estavam sendo atacados, estava na hora de fazer o nosso trabalho.

Pov's Naruto Domingo 8:42 a.m.

Depois que a Hina gritou ''Abaixem-se!'' fiquei sem entender nada. Logo fomos puxados com certa brutalidade para debaixo da mesa.

- O que está acontecendo aqui? - Perguntou o Gaara assustado com a atitude delas.

- Meninos, tem panos por aqui? - Perguntou a Hinata.

- Em cima do balcão. - Falou o Neji. Hinata foi correndo para lá e voltou com panos brancos entregando para as meninas.

Elas prenderam os cabelos, e como todas estavam com moletons com toca colocaram eles e os panos cobrindo o lábios.

- Vamos nos dividir para ficar melhor, deixar os meninos em área de fogo vai ser pior. - Falou a Sakura, logo em seguida começaram a atirar quebrando os vidros.

- Okay. Faremos o seguinte: Ino, Sakura e Hinata fiquem aqui em baixo. Ten você sobe comigo. Hinata você controla elas. - Falou a Temari tirando um revolver da cintura. Dá onde surgiu?

- Entendido!

- Lembrem-se, deixem desacordados, sem mortes hoje. Será bom leva-los para interroga-los mais tarde, por enquanto só os coloquem para dormir. - Completou ela.

A Ino, Sakura e a Hina se entreolharam. Sakura e Hinata colocaram socos ingleses, uma em cada mão. Ino pegou uma bolsinha que continha agulhas dentro com alguma espécie de gosma saindo delas. Eca, que nojo velho. Temari tirou um revolver e a Ten uma faca.

Ouvi a porta ser arrombado e alguém adentrar na casa.

- Okay meninas. HORA DO SHOW! - Gritou a Ino saindo debaixo da mesa acompanhada de Sakura e Hinata.

Tentamos impedi-las disso mas Temari e Tenten não deixaram. Ouvi gritos como ''SHANARA'' , risadas diabólicas e sons de brigas. Aquilo estava cada vez mais alto.

- Vamos subir agora. Algum quarto de vocês tem uma varanda para poder pular? - Perguntou a Temari.

- O meu tem uma janela bem grande que fica coberta pela a persiana, dá para o quarto de alguém da casa de vocês, mas eu não sei quem. - Falou o Shikamaru meio aflito.

- Ótimo. Iremos passar correndo indo direto para o quarto do Shika. Não olhem para trás ou tentem ir ajudar as meninas, elas sabem o que estão fazendo. Eu irei na frente, e a Ten atrás. Se formos atacados ficarei e lutarei com eles e vocês obedeceram a Ten. Sem discussões. - Falou a Temari.

Ela saiu correndo e sem discutir fomos atrás dela. Tentei olhar para onde as meninas estão brigando mas a fumaça não deixa ver o que ocorre. Subi as escadas correndo preocupado para o que poderia estar acontecendo com as outras. Assim que nós entramos no corredor nos deparamos com cinco caras. Todos vestiam preto e estavam de capuz e uma bandana na boca com um símbolo que eu não consegui ver direito.

- Olha, parece que eles arranjaram guarda-costas. - Falou o que estava mais a frente.

Temari olhou para trás dando sinal para a Ten e ela logo entendeu o recado. O quarto do Shika era o primeiro então não teria muito problemas, mas eles estavam na frente.

Ela pegou impulso apoiando o pé na parede e logo dando um chute lateral bem em cheio do rosto do cara. Correu em seguida dando um chute com os dois pés na barriga de um outro afastando eles da porta.

- AGORA! - Ela gritou quando percebeu que havia passagem para nós

Corremos para dentro do quarto sem pensar duas vezes, mas percebi que o Shikamaru queria parar e não deixa-la lá.

Assim, que a Ten passou pela porta ela a trancou. Depois correu para abrir a persiana. Ela analisou a janela do outro lado e nos encarou. 

- Okay, a altura dá para ser pulada sem problemas e ela está parcialmente aberta. Eu deveria pular e entrar lá dentro a abrindo para vocês, mas pode acontecer deles entraram aqui no quarto antes de todos pularem então, alguém consegue passar ali?

- Eu consigo, já fiz isso várias várias vezes quando fugia para a casa do Sasuke para jogarmos. - Falei enquanto me direcionava a janela.

- Acredito que esse seja o quarto do Sai. E a cama é do lado da janela. Se ele te apontar uma arma não se assuste e fale para ele olhar através da janela. Entendeu?

Fiz que sim e me aprontei a pular. Eu realmente estava acostumado mas um pouco nervoso. Fazia cerca de 3 anos que não fazia isso.

Respirei fundo, tomei impulso, pulei e segurei o parapeito da janela. Fiz uma flexão e entrei dentro do quarto. Como a Pucca havia imaginado era o quarto do Sai e ele apontava uma arma para mim.

- Não sei o que está pensando mas olhe para a janela que verá a Pucca. - Falei lentamente e erguendo os braços.

Ele olhou para a janela e percebeu a Ten do outro lado e abaixou a arma. Fui até a janela e a abri por inteiro. Vi todos fazerem o mesmo que eu. Assim que todos passaram, a Pucca pulou e entrou no quarto com muita facilidade. Logo em seguida fechou a janela e saiu do quarto com todos a seguindo.

Ela adentrou um quarto que parecia ser o dela, tirou o pano que cobria seu rosto e pegou o celular dela.

- Ligarei para a minha chefe e explicarei o ocorrido. E vocês vão ficar aqui quietinhos sem discutir até a segunda ordem. - Depois adentrou o banheiro com o celular na mão e uma bolsa.

- Que? Espera um minuto, o que está acontecendo aqui? - Perguntou o Neji.

- Logo vocês saberão, agora fiquem calmos e falem baixo. Podem entrar aqui à procura de vocês. - Falou o Sai.

- E as meninas? Vão deixa-las lá? Com aquele bando de gente? - Perguntou o Gaara aflito.

- Elas sabem se virar, foram muito bem treinadas para isso, então por favor, se acalmem. Logo os reforços estarão aí e depois explicaremos em detalhes para vocês o ocorrido.

Sentei na cama olhando o teto. Por favor Deus que elas estejam bem.

Pov's Ino Domingo 8:45 a.m.

- Okay meninas. HORA DO SHOW! - Gritei saindo debaixo da mesa acompanhada de Sakura e Hinata. 

Não conseguia enxergar muito bem, só via vultos. Mais ou menos haviam 15 os mais pessoas na sala. Vi Sakura correr para cima de três.

- SHANARA! - Ela gritou acertando seu punho com o soco inglês bem no maxilar de um, o empurrando e caindo em cima de três.

A adrenalina começou a correr pelo meu corpo e comecei a rir por conta disso. Peguei um as agulhas e mirei nos que estava no chão para ter certeza que não iriam levantar. Hinata está lutando com quatro ao mesmo tempo, ela dá leves socos em regiões do corpo onde pode fazer a pessoa desmaiar. Vi os meninos correndo para as escadas e um grupo de 4 homens querer subir.

- HINATA! - Ela olhou para mim e se abaixou, corri e pulei nas costas dela pegando impulso e caindo no topo da escada.

- Sai da frente. - Disse um deles.

- Hm, não vai dar não. - Peguei minhas agulhas colocando uma no meio de cada dedo tomando cuidado para o líquido não cair em mim.

Eles vieram para cima de mim. Conseguia desviar com maestria e facilidade. Até que fui entrando no meio deles, enquanto desviava, e fui colocando as agulhas em cada um deles. 1, 2, 3 e pronto, todos no chão paralisados.

Voltei a sala vendo Hinata dando um chute na cara de um enquanto prendia o braço de outro contra a parede e Sakura batendo com um cara na parede. Joguei as agulhas em alguns que estavam tentando atacar as meninas. Até que eu ouvi um tiro.

- INO! - Gritou a Hina. Corri escada acima.

Cheguei lá e vi quatro caras no chão desmaiados, e um com a perna sangrando enquanto Temari estava com duas armas na mão. Assim que sentiu a minha presença virou com tudo apontando as armas para mim.

- Sou eu, calma Tema. - Ela abaixou as armas. - Cuido de tudo aqui em cima?

- Meio óbvio não? - Ela falou dando uma leve risada. - Vem, me ajuda a achar uma corda.

-  E ele? - Falei apontando pro cara com um tiro na perna.

- Vamos achar a corda para amarrar ele. Depois a Sakura cuida dele. - Dei de ombros e comecei a ajuda-la a procurar a corda.

Pov's Temari Domingo 8:47 a.m.

Depois que dei o sinal e subimos as escada, entramos no corredor nos deparamos com cinco caras. Todos vestiam preto e estavam de capuz e uma bandana na boca com o Yin Yang

- Olha, parece que eles arranjaram guarda-costas. - Falou o que estava mais a frente.

Eu olhei para trás dando sinal para a Ten e ela logo entendeu o recado. O quarto do Shikamaru era o primeiro, mas eles impediam a passagem para os meninos passarem. Não quero ter que usar a arma, não agora.

Peguei impulso apoiando o pé na parede e logo dando um chute lateral bem em cheio do rosto do mais perto deles. Corri em seguida dando um chute com os dois pés na cara de um outro afastando eles da porta.

- AGORA! - Gritei quando percebi que eles tinham passagem.

Vi de relance eles correrem para dentro do quarto enquanto um deles corria para cima de mim. Peguei um dos braços dele colocando atrás das costas. Com a outra mão bati num nervo do pescoço dele o derrubando no chão.

O outro veio para na minha frente pensando que fazer. Deu um chutei no seu rosto, provavelmente quebrando seu nariz.

O último que faltava tirou uma arma de dentro do bolso. Tirei a minha primeiro. Antes dele falar alguma coisa já atirei na sua perna. Ele soltou a arma e eu a peguei. Era uma Glock em péssimas situações. Senti alguém atrás de mim e me virei com as duas armas apontadas para a pessoa.

- Sou eu, calma Tema. - Vi que era a Ino então abaixei a arma. - Cuido de tudo aqui em cima?

- Meio óbvio não? - Dei uma leve risada. - Vem, me ajuda a achar uma corda.

-  E ele? - Falou ela apontando pro cara que eu atirei.

- Vamos achar a corda para amarrar ele. Depois a Sakura cuida dele. - Entrei no quarto do Sasuke e mexi em uma das gavetas e achei uma corda.

Peguei o cara e amarrei a corda no seus pulsos.

Descemos as escada e vimos Sakura e Hinata sorrindo e muitos corpos desmaiados no chão.

- Sentia falta dessa adrenalina. - Admitiu a Sakura.

- Sakura, eu atirei na perna de um, tem como você ir lá em cima ver ele para mim? Eu vou com você. E Ino e Hinata, fiquem lá fora esperando a Tsunade-sama, provavelmente Tenten já deve ter ligado para ela.

- Okay!

Subi as escadas com Sakura e ela pediu toalhas e água para manter o sangramento até uma ambulância chegar.

Pov's Sakura  Domingo 8:51 a.m.

Depois que a Hinata gritou para a Ino ver o que aconteceu me juntei a Hinata que parecia cansada de toda aquela parafernalha.

Faltavam poucos para finalmente acabar tudo aquilo então olhei para a Hinata e pisquei. Ele entendeu o que eu faria. Ela chamou atenção de todos menos dois que focarão em mim. Dei um gancho direito em um e peguei o outro pela gola da camisa.

- SHANARA! - Joguei ele contudo em cima dos que estavam com a Hina que só saiu de perto para não ser atingida. Começamos a sorrir disso até que Temari e a Ino desceram as escadas.

Temari avisou que atirou em um cara, e que Ino e Hinata deveriam esperar lá fora  a Tsunade que já viria. Pedi a ela água e toalhas para estocar o sangramento e limpa-lo para que assim não infeccionasse.

Depois de alguns minutos, vários policiais adentraram o corredor pegando os bandidos e os levando para a viatura. Dois paramédicos correram para socorrer o ferido. Expliquei o que já havia feito no ferimento e eles os levaram para a ambulância.

Tirei o pano que cobria o me rosto e a minha touca e desci as escada junto com a Tema. Vi Tsunade-sama e fui falar com ela.

- Mestra.

- Sakura, Temari, Tenten já me explicou o que aconteceu. Achei estranho o fato dos moradores da rua estarem todos fora. - Falou ela enquanto via os bandidos serem levados.

- Então realmente todos não estavam aqui? - Perguntou Temari.

- Não, na verdade, todos os seus vizinhos, tirando dois, estão em uma excursão. Os outros dois estão viajando a negócios. - Nos entreolhamos. Isso está com cheiro de armação.

Vi Anna de relance correndo para em nossa direção.

- Gente, o que houve? - Ela perguntou quando nos alcançou.

- Logo após você sair, fomos atacados Anna. - Falei com ela. Ela parecia um pouco nervosa com a situação.

- Onde estão os meninos?

- Dentro de casa, no meu quarto. - Falou a Ten.

- Tsunade-sama, você disse que se eles fossem atacados eu poderia entrar no caso. Pois bem eles foram, então peço que por favor me coloque nesse caso. - Ela pediu aos prantos. Espera? Coloca-la no caso? Como assim? 

- Não Anna. Você faz parte da AMBU. Não da PD. De lá você não sai. - Anna fazia parte da Ambu? O Esquadrão de assassinos Ambu?

- Mas Tsunade-sama...

- Mas nada Anna, nós estamos entendidas. Agora vai ver como eles estão, eles são a prioridade agora.

- Sim Tsunade-sama. - Ela se curvou para a mestra e para nós e saiu para dentro de casa procurando os meninos.

Pov's Tenten Domingo 8:50 a.m.

Entrei no banheiro e disquei para agência.

- Agência Konoha.

- Aqui quem fala é a agente 0208. Preciso de reforços na rua **** nº 153. Uma ambulância também seria bem-vinda caso alguém esteja ferido.

- Entendido agente.

- Também diga a Tsunade-sama para vir, preciso conversar com ela urgentemente. - Desliguei o telefone sem esperar resposta.

Peguei meu uniforme e o coloquei. A blusa tinha escrito Konoha atrás. Sai do banheiro e todos me olharam espantados. Menos Sai que já estava acostumado.

- Que roupa é essa? - Perguntou o Naruto.

- Meu uniforme de trabalho. Irei sair um pouco. Por favor, permaneçam no quarto até eu voltar.

- E as meninas? - Perguntou Sasuke sério.

- Elas voltam comigo. - Fechei a porta e sai do quarto.

Desci lá embaixo e vi Ino e Hinata dando informações aos policiais. Corri e abracei elas.

- Que bom que estão bem.

- E sem nenhuma unha quebrada. - Ela mostrou as mãos, tive que rir disso.

- Meninas poderiam me explicar o que houve? - Ouvi Tsunade atrás de mim.

- Estávamos tomando café da manhã na casa deles, até que quebraram o vidro tacando uma bomba de fumaça e começaram a atirar. Temari e eu subimos as escadas para proteger os meninos, enquanto Ino, Sakura e Hinata os seguravam. Subimos as escadas e homens nos encurralaram, Temari ficou para segura-los e eu fui com os meninos para a nossa casa para que eles ficassem fora do campo de tiro e liguei para a agência. - Falei resumindo o ocorrido.

- Estranho nenhum vizinho ter escutado. - Falou Hinata.

- Também achei e pedi para os rapazes verem o motivo. Pelo que parece quase todos os vizinhos foram em uma excursão e dois viajaram a negócio. - Falou ela lendo um bloco de notas. - Mas, fizeram bem em mudarem de casas. Quero relatórios detalhados sobre o que aconteceu essa manhã amanhã na minha mesa. - Tsunade-sama falou autoritária.

Logo Temari e Sakura chegaram. Ela explicou tudo para elas até a Anna chegar. Falamos por cima sobre o que aconteceu para ela e ela falou algo sobre ser participar da missão, mas Tsunade-sama disse que ela não fazia parte dos policiais disfarçados e sim da AMBU. Ficamos chocadas pelo o que ela disse. Como uma garota de 17 anos fazia parte da AMBU?

- Meninas, a algo para saber da onde eles são? - Perguntou ela.

- Eles usavam bandanas com o símbolo Yin Yang. - Falou a Temari.

- Provavelmente é o símbolo da gangue. Mas para quer usar um símbolo que tem haver com ''O bem sempre terá um pouco do mal, e o mal sempre terá um pouco do bem''? - Tsu-sama disse pensativa.

- Não fazemos ideia. Mas iram interroga-los? - Perguntou Hinata.

- Sim, irei falar com o Ibiki sobre isso. Agora vão ver os meninos e expliquem para eles o que aconteceu. Bom trabalho meninas.

Nos curvamos e entramos dentro de casa. As meninas foram vestir os uniformes delas e como já estava vestida, aguardei do lado da porta do meu quarto.

Pov's Sasuke Domingo 9:12 a.m.

Depois que a Pucca saiu continuou um certo silêncio pelo o quarto. Ninguém ousava dizer alguma coisa. Mas, como esperado, Gaara e Neji são os mais tensos do grupo. Não é só a amada, é a prima e irmã deles lá.

- Meninos está tudo bem com vocês? - Perguntou a Anna ao adentrar o quarto. Assim que ela entro todos ficamos de pé e ela veio até nós. - Aah estou tão aliviada. Não acredito que foram atacados.

- Nós também não acreditamos Anna. - Falou o Shika a abraçando. - Onde estão as meninas?

- Estavam falando com um dos policiais, acredito que logo subam.

Uns minutos se passaram e as cinco entraram no quarto, vestiam uma calça preta colada, a blusa preta escrito KONOHA atrás, botas e um distintivo colocado no seu peito. Estavam todas com o cabelo preso em um rabo de cavalo.

- Obrigada Sai. Pode voltar para seu quarto e descansar. - Falou a Sakura. Ele deu um leve aceno com a cabeça e saiu.

- Meninos, sentem na cama. Iremos dar às explicações que merecem. - Falou a Ino. Quando sentamos todas ficaram em posição na nossa frente

- As primeiras explicações se deve a Gaara e Neji sobre eu e Temari, já que somos suas parentes. - Falou Hinata se posicionando a frente. - Minha mãe, como filha do dono de uma empresa influente no país, aprendeu a se defender desde pequena para o caso de ser sequestrada. No meu caso não foi diferente, aprendo a me defender desde pequena. Mas, por ser muito gentil e tímida, perdi em uma luta contra Hanabi,minha irmã mais nova, e meu pai ficou desapontado. Ele falava coisas horríveis para mim e como minha mãe já não aguentava descidiu me treinar, porém longe daqui. Poucos dias antes de irmos, Tsunade diretora da Agência de Polícias KONOHA, entrou em contato com a minha mãe e quis saber sobre se ela não queria me por como uma das recrutas que iriam começar o treinamento. Minha mãe aceitou na hora.

Todos estamos chocados. Hinata é uma menina doce e gentil, mas agora parecia uma mulher decidida, fria e calculista. Hinata e Temari trocaram de lugar.

- Já no meu caso é um pouco diferente. Gaara, nossa mãe antigamente fazia parte dessa agência, e quando nos mudamos para  Kyoto ela soube sobre ter uma equipe de recruta com 3 garotas, e quis me por para testar meus limites. Ela me ensino a lutar à parte enquanto recebia também o treinamento da agência.

Agora foi a vez da Sakura trocar de lugar com a Temari.

- O nosso foi bem diferente. Eu sou amiga de infância de Sai, e ele fazia parte da agência. Eu, Ino e Ten estávamos cansadas de não conseguirmos nos defender então procuramos a agência.

- Mas vocês foram treinadas pela mesma pessoa quando entraram? - Perguntou Neji. Ino trocou de lugar com a Sakura.

- Não, eu fui treinada pelo meu pai e por Asuma-sensei. Hinata além da mãe foi treinada por Kurenai-sensei. Sakura foi treinada por Tsunade-sama e Kakashi-sensei. Temari foi treinada pela mãe e Baki-sensei. Tenten foi treinada por Gai-sensei.

- Então como se conheceram? E esse professores, não são professores da nossa universidade? E se a agência era de Kyoto, por que estão em tóquio? - Perguntou Naruto. Tenten trocou com Ino.

- Primeiro: Nos conhecemos na escola, como já havia contado na Terça-feira. Segundo: Tsunade-sama tem um marido chamado Jiraya, ele é o dono da Universidade, e como alguns não pegam toda hora trabalho, eles ficam na Universidade para ganhar mais dinheiro. Terceiro: Atualmente temos cinco agências e uma delas está em Kyoto, mas fomos transferidas para Tóquio por motivos que não podemos revelar. 

- Mas então porque nunca voltou para me ver Temari? - Perguntou o Gaara a ponto de chorar. - Fiquei cerca de 5 anos sem falar com você. Você é uma das poucas pessoas que eu amo.

Temari correu para abraça-lo. Ele enterrou a cabeça no ombro dela e começou a chorar baixinho. Ela afagava os cabelos dele.

- Me desculpa pequeno, mas se eu volta-se você iria ver meus machucados que na época estavam horríveis. E quando eu cheguei queria te ver e encontrar, mas papai disse que tinha se mudado e que você não queria me ver.

- Por que ele disse isso?

- Eu não sei maninho, mas ele disse. Mas ele estava alterado no dia por algum motivo e deve ter dito no calor do momento. - Eles ficaram ali abraçados.

- E você Hina? Porque nunca voltava para casa? - Perguntou Neji a olhando friamente.

- Não me olhe dessa maneira. Não queria ver o meu pai então fiquei em Kyoto. Mas quando cheguei conversei com ele, ele se mostrou arrependido. Mas quando eu falava de você ele mudava de assunto. - Ela chegou perto dele e passou a mão no rosto dele fazendo um leve carinho.

- Okay. Mas eu ainda não te perdoo. - Ele disse dando um sorriso brincalhão.

- O que eu faço para o meu nii-san me perdoar?

- Prometa que se for se mudar de novo, vai me avisar. E vai me ligar todo final de semana pelo menos para eu saber como está. - Ele falou sério. Ela deu uma corada e sorriu o abraçando em seguida.

- Prometo.

Estamos todos olhando as duas cenas emocionados. Ino e Naruto choravam abraçados no canto. Mas uma coisa me perturbava, porque fomos atacados?

- Okay, mas então, muito bonito, entendemos a história, mas me digam, porque fomos atacados? Foi porque vocês estavam no local? - Perguntou o Shikamaru.

Elas se entreolharam pensativas.

- Acreditamos que eles queiram algo com vocês. Mesmo se pagando de nerd na faculdade, acredito que são bem ricos por conta dos carros de vocês. - Disse a Sakura.

- Como se o carro de vocês não chamassem atenção. - Falei revirando os olhos.

- Mas a diferença que a agência pagou 1/3 do carro. Só a Ten que conseguiu o dela por conta de uma aposta. - Falou a Ino. Ten estufou o peito orgulhosa.

- Mas e Hinata e Temari? A família Hyuuga é dona da empresas Byakugan, uma empresas de relojoarias, joias e óticas pela Ásia inteira. E Temari é filha do dono de uma das maiores empresas de arquitetura do Japão! - Falou o Naruto analisando os fatos.

- Isso é verdade, mas não peço nenhum dinheiro ao meu pai e só dependo do meu trabalho. Sendo assim, não chamo atenção por isso. Hinata é a mesma coisa. - Falou a Temari sentando na cama.

- Tá e vocês três? Família rica ou não? - Perguntou Gaara falando com Ino, Sakura e Ten. Ele deitou a cabeça nas pernas da irmã.

- Minha família é simples. Somos donos de algumas lojas de roupas e conseguimos uma vida boa, mas nada a se destacar. - Falou a Sakura.

- Meu pai é policial e minha mãe tem uma floricultura. Em outras palavras, a vida é boa, mas não chamo atenção. - Falou Ino dando de ombros.

- Meus pais tem um ramo de vender armas para policiais. Ganhamos bastante dinheiro até, mas só somos conhecidos pelos policiais mesmo. - Falou a Ten enquanto se sentava no chão.

- Okay chamamos atenção. - Admiti.

- Claro! Naruto é filho do dono das empresas Kyuubi uma das maiores empresas de tecnologia da Europa e da Ásia. Você é filho do delegado Uchiha, o delegado que mais prendeu criminosos e sua mãe é uma das maiores engenheiras do país. Gaara é filho do dono das maiores empresas de arquitetura. Neji é meu primo e futuro herdeiro das empresas junto com Hanabi. E para fechar com chave de ouro Shikamaru é filho de um gênio honrado do país e a mãe é uma decoradora famosa. Quer mais motivos para serem alvos disso? - Falou Hinata enquanto se sentava do lado de Neji e Naruto.

Nos entreolhamos, havia sim mais motivos para sermos alvos.

- Mas, me respondam, desde que se mudaram, vocês estavam nos investigando não é mesmo?- Perguntei na cara dura. Foda-se.

- Sim. Quando nos mudamos, foi passado a missão de conhece-los e protege-los. - Falou a Temari. Shikamaru deu um sorriso no qual eu não entendi.

- Mas foi colocado para ter relações fortes? - Perguntou Naruto.

Elas começaram a rir e ficamos sem entender. Anna parece ter entendido, fiquei mais confuso ainda.

- Relações fortes você diz namorar não é? - Perguntou Ino. Naruto fez que sim com a cabeça. - Então pode esquecer. Fomos quase treinadas para não sentir sentimentos algum do gênero amoroso. E nossa chefe não gosta de darmos falsos sentimentos as pessoas. Foi só imposto para virarmos pelo menos amigos.

Nossa, bateu uma bad aqui e agora. Virei para os meninos e todos estavam como eu. Anna percebeu e levantou.

- Obrigada por explicarem, e por dizerem tudo. Acreditou que mesmo sendo prima do Shika, não estou envolvida, já que eles esperaram eu sair para fazer algo então eu e os meninos vamos para um hotel descansar por tudo que ocorreu.

- Podem ficar aqui conosco até arrumarem  os vidros da casa. E outra estaremos longe, se atacarem de novo será perigoso. - Falou a Temari preocupada.

- Não se preocupe, iremos ficar bem. Estaremos em um hotel que tem segurança reforçada. Não queremos incomodar, já receberam um hóspede já. Tchau meninas.

Ela se levantou e saiu do quarto. Demos um tchau meio sem graça e saímos.

- Entrem nos seus quarto e peguem o suficiente para três ou quatro dias. Depois chamarei dois táxis e iremos para o hotel de sempre. - Disse a Ana enquanto saímos da casa das meninas.

Pov's Shikamaru Domingo 12:52

Quando chegamos no hotel a doida pediu o serviço de quarto e ligou para vidraceiros para trocar os vidros. Almoçamos em silêncio ninguém conseguia dizer mais nada. Estamos todos chateadas pelo o que as meninas disseram.

Todos faziam algo. Eu e Sasuke ficamos ouvindo música, Naruto assistiu vídeos no YouTube, Gaara jogou algo no notebook, Neji ficou mexendo no celular e a doida lia um livro.

Era começo da noite e já estamos aguardando o jantar.

- AH JÁ CHEGA DESSA MERDA DE SILÊNCIO. VÃO SE FUDER! - A doida gritou. Olhamos para ela assustados. - Se alguém me disser para me acalmar um vou arranha a cara dele.

- Porque isso do nada? - Perguntou Naruto parando de assistir o vídeo.

- Eu sei que estão pensando no que elas disseram, mas foda-se tá ligado?! Elas foram treinadas para não sentirem sentimentos? Foram! mas vocês acreditavam que não iam amar e se apaixonaram por alguém e estão aí sofredno por algo que elas disseram. - Ela disse ficando em pé na cama.

- Mas porque todas tinham só interesse em nós. E não nos apaixonamos tão facilmente. - Disse Neji.

- Ah cala essa boca Neji! Você percebeu estar apaixonado pela Tenten quando ela foi desafiada pelo o Clube de arco e flecha.

- Eu não sabia disso. - Falou o Gaara.

- Não sabia? Pois bem irei te contar em detalhes. - Neji olhou mortalmente para ela que só deu de ombros. - Um menino foi desafiado a atirar no arco e flecha, mas ele não gostava de armas e por isso foi muito zoado. Aí a Pucca entrou no lugar dele, e ela acertou o alvo. Quando estava saindo ela se virou e disse ''A aula de hoje acabou crianças. Espero que tenham gostado da forma de sambar na cara das inimigas''. Depois disso ela saiu rebolando. E o nosso queridinho Neji ficou fascinado pela atitude da garota e se apaixonou por ela.

Neji corou bruscamente na hora. Começamos a rir, ele se apaixonou bem do nada.

- Agora conta de todos já que já contou de mim. - Falou ele em tom de deboche. 

- E é isso que eu vou fazer. Sasuke foi porque viu a Sakura defender um menino de 3 idiotas e não ficou com nenhum pouco de medo, mesmo ela sendo menor que eles e com uma probabilidade enorme de apanhar. Naruto foi porque ele tropeçou e deixou cair um monte de papéis, ai todo mundo começou a rir. Hinata passando e vendo aquilo ajudou ele a recolher os papéis. Shikamaru foi porque esbarrou na Temari e ela ficou se desculpando toda hora e colocando culpa nela mesma. Gaara foi porque viu a Ino pegando um gatinho de rua e o levando para um clínica veterinária para ser cuidado.

Agora todos estamos corados. Ela realmente pegou no ponto certo.

- Sabe por qual motivo vocês se apaixonaram tanto por elas? Além de serem gostosas e bonitas, vocês descobriram um lado gentil. E isso os fascinou. Acredito que não foram os únicos que isso aconteceu, mas eu acredito que vocês tem capacidade sim delas se apaixonarem por vocês.

- Porque acredita nisso? - Perguntou Sasuke.

- Tirando na universidade, vocês são os maiores pegador de novinhas que eu conheço. Bonitos, inteligentes, gentis, legais e gostosos, o que mais uma mulher quer? É só parar de se vestir e nerd na universidade que vocês conseguem alguma coisa.

- E se vestir ou não de nerd muda alguma coisa? - Perguntei.

- Acredito que não muita, mas se começarem a agirem como os galantes dentro delas iram conquista-las. Uma roupa faz o homem, e as atitudes mais ainda. Só continuarem a ser gentis, fofos e cavalheiros que são, mas adicionar um modo sexy e bonito que está tudo bem. - Ela disse fazendo poses.

- Mas não mostramos esse lado por motivos de chamar atenção. Pessoas que vão lá também são da universidade e se nos descobrirem e começarem a falar? Não queremos manchar as reputações dos nossos pais. - Falou Naruto.

- Mano, vocês e eu vamos com aquelas bandanas para lá, você acha que alguém vai reconhecer com aquela porra? Nem fudendo. - Ela estava bem doida.

- Não sei não em. - Disse o Sasuke.

- Vão toma no cu! VIREM HOMENS. Amanhã vocês vão uns delicias para aquela porra, vão deixar todas babando, inclusive as meninas. E se não fizerem isso, eu vou de saia a dois palmos para cima do joelho para escola.

Nos levantamos e olhamos para ela na hora. Nem fudendo que ela vai com uma saia daquele tamanho para escola! Principalmente com aqueles adolescentes que querem comer qualquer uma e jogar fora depois.

- Você não teria coragem, teria? - Falou o Gaara.

- Paga para ver que você perde. - Ela falou com um sorriso maldoso no rosto.

Nos entreolhamos. Realmente, se arriscar quando o assunto é aquela maluca só levaria em um resultado: ela ganhar e você perder. Suspiramos.

- Okay okay você venceu, nós vamos desse jeito. Temos nada a perder mesmo. - Falei.

Ela pulou de alegria com a notícia. Logo o serviço de quarto chegou com o nosso jantar. Jantamos e fomos dormir.

Pov's Hinata 11:02 p.m.

Estou deitada na cama pensando no que ocorreu hoje. Depois que eles foram embora  conversamos um pouco sobre a luta, depois sobre os meninos, a Anna. Logo almoçamos e cada uma foi fazer alguma coisa. Fomos jantar fora e quando chegamos eu já subi para tomar banho e cair na cama.

Fico agora me perguntando se meu pai ficaria orgulhoso pelo o que eu fiz hoje, de como eu luto hoje. Adormeci com esses pensamentos.

 


Notas Finais


GENTE! As lutas ficaram boas? Estou com um pé atrás por isso.

Quarto do hotel: https://www.tobook.com/photos/7341_xelena-deluxe-suites-hotel%20TRIPLE%203%20CAMAS.jpg
Símbolo da guang: http://40.media.tumblr.com/3699c6db828e8322ab1781a329166768/tumblr_n9spflXvCK1trqudno1_250.jpg

MUITO OBRIGADA POR LEREM E MAIS UMA VEZ PERDÃO!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...