História Os Novos Heróis - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 143
Palavras 599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui vai o prólogo... talvez ajude vocês com as fichas, sei lá. Acho que seira bom pelo menos ter um prólogo mas aviso que ainda vai demorar um pouquinho pra história realmente sair.

Capítulo 1 - Prólogo Parte 1


Fanfic / Fanfiction Os Novos Heróis - Capítulo 1 - Prólogo Parte 1

Caos e destruição. Assim era o horizonte da cidade de Gotham depois da guerra entre heróis e seus maiores inimigos. Todos, bons e maus, se juntaram com um único objetivo: destruir quem os incomodava. Depois da guerra, por mais que o bem tenha vencido novamente e acabado com quase todos os vilões, tudo virou um caos. Mas, mesmo assim, os heróis não tinham mais o que fazer. Bom, é o que eles pensavam. Um inimigo que estava escondido desde o início da batalha, preparando um raio que faria o mundo todo odiar os heróis, se salvou do massacre, e se preparava pra iniciar uma possível "Caça aos bonzinhos". O nome desse vilão? Alto Evolucionário, que havia construído o raio com a ajuda de outros. 

Graças ao Batman, que localizou rápido o vilão, conseguiram matá-lo também. Mas, infelizmente não foram rápidos o suficiente para impedir o raio: ele foi acionado. Por sorte (ou puro azar), a arma não era perfeita, e a única coisa que causou foi o mundo esquecer da existência dos heróis... e vilões. E anti-heróis também. Na verdade, o esquecimento não foi completo... agora, eles eram lendas. Não passavam de histórias pra crianças dormirem.

Homem de Ferro: O que vamos fazer agora? Ninguém nem sabe que existimos! Vamos esperar e explicar tudo de novo?

Wonder Woman (W.W.): Não. Vamos aproveitar a situação... e tirar umas férias.

Batman: Isso é... uma boa ideia?

Homem Aranha: Claro! Se, por algum motivo, aparecer outro vilão, aí... a gente volta!

W.W.: Isso mesmo. Eu quero, pelo menos uma vez na vida, ser "normal". Podemos fazer isso enquanto não há mais perigo! - Diana fala sorrindo, tentando encorajar os amigos.

Flash: Gostei da ideia. Mas... vou ter saudade de salvar o mundo.

Mulher Gato: Claaaarooo! Se tem uma coisa da qual eu não vou sentir falta mesmo é dessa última luta. Vai dar trabalho pra arranjar uma desculpa pra todos esses arranhões! - Selina fala, avaliando o que ia deixar marcas e o que não ia. - E, sabe, eu não gostei nada de participar disso. Podia muito bem ter feito que nem os outros anti-heróis: ficado na minha!

W.W.: Gente, a verdade é que... eu também não gostei dessa guerra.Foi horrível. Quase morremos. Sim, perdemos heróis. Muitos! Não quero que passemos por isso tão cedo... é melhor pararmos por aqui.

Todos concordaram com Diana. Ninguém precisava sofrer mais, nem se machucar. Tudo o que eles queriam era ir pra casa, com suas famílias, viver a vida tranquilamente. Foi por este motivo que eles começaram a alimentar a versão "lenda urbana", fazendo tudo aquilo parecer uma outra dimensão ou algo assim. Mas é claro que alguns não mantiveram o segredo. Até porque, nem todos os vilões foram mortos. Os derrotados desistiram de atormentar, sabendo que não valia a pena provocar outra luta por enquanto. Até eles estavam muito fracos, até demais pra prosseguir com panos maléficos. Com o tempo, eles desistiram de tudo, e também viveram suas vidas normalmente. 

Mas não esconderam de seus filhos, netos e outros descendentes a verdade sobre os heróis. Pelo contrário, os faziam acreditar que, mesmo escondidos e fora de ação, eles continuavam por aí... esperando por algo, pra voltarem à ativa.

O que ninguém sabe é que, mesmo sem atacar ou defender, alguns descendentes foram treinados por seus pais, mas não como "você vai ter que ser herói!", mas sim como "olha os truques que eu sei, quer aprender?", e andam por aí todas as noites, verificando se tudo está em ordem. Eles admiram os heróis. Mas não fazem ideia de quem realmente são seus pais.

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado dessa parte do prólogo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...