História Os opostos - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Castiel, Dakota, Iris, Kentin, Melody, Nathaniel, Professor Faraize, Rosalya
Tags Amor Doce, Castiel, Romance
Exibições 24
Palavras 423
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


EU SEI QUE TÁ CURTO OK? Sorry!

Capítulo 20 - Explicações


- imagino que seu pai deve ter falado o motivo de eu ter saído de casa
- Sim
- Eu me divorciei recentemente, consegui a guarda da Lyn, porém ela vive reclamando da minha ausência pois eu não paro quieta em casa, semana passada minha irmã me ligou dizendo que sua vó passou mal, no mesmo dia peguei o avião e voei para a casa dela, Lyn ficou em casa e nesse período de viagem Ela descobriu que tem uma irmã e queria te ver mais do que tudo, voltei da viagem decidida em te encontrar, percebi o quando uma imagem materna pode fazer falta, nossos desejos se fundiram e fomos atrás de você e do Steven
- Acho que você percebeu isso tarde de mais
- Eu realmente sinto muito... Eu queria contar só não sabia como e só agora pude criar coragem 
- Não posso dizer que vou perdoa-la, eu ainda vou guardar rancor, não sou uma pessoa com o coração mole, mas também não vou odia-la, podemos ser conhecidas
- Mas eu quero ser sua mãe 
- Eu cresci sem uma mãe, não acho que vou  precisar de uma agora, mas se esse é o seu desejo lute por ele, talvez eu me convença que você é minha mãe , eu vou indo, manda um beijo para Lyn por mim, Tchau
Sai da mansão e fui para um ponto de ônibus próximo da casa, peguei o ônibus e voltei para casa, entrei e meu pai logo se levantou do sofá e veio até mim
- YUI ONDE VOCÊ TAVA?
- Eu fui para casa da Melissa
- Conversaram?
- Sim
- E?
- Ela só quer ser uma mãe de verdade, vou para o meu quarto
- Certo
Subi as escadas e fui para o meu quarto, me joguei na cama e encarei o teto
Melissa, Melissa, será que consigo voltar a te chamar de mãe? É tudo tão inesperado, você surgiu do além e agora quer voltar a fazer parte da minha vida, eu quero ter uma mãe de novo? Eu preciso de uma mãe? Me virei esse tempo todo sem nenhuma presença materna, eu posso aturar mais um bom tempo sem uma, ou não?
Por outro lado estou feliz, afinal tudo voltou ao normal, tenho tudo que eu queria, uma família, amigos e um namorado, não era bem o Castiel que eu tinha como imagem de namorado, mas tá ótimo assim, não quero mudar mais nada,  por enquanto vamos esperar e ver no que tudo isso vai dar...


Notas Finais


Desculpa pelo horário, posto outro cap hoje
Beijão da baka, fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...