História Os opostos - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Castiel, Dakota, Iris, Kentin, Melody, Nathaniel, Professor Faraize, Rosalya
Tags Amor Doce, Castiel, Romance
Exibições 23
Palavras 667
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Falei que ia postar hoje, ta aqui, aproveitem!

Capítulo 21 - Lys e Lyn


P.O.V Marilyn
(Uma semana depois do ultimo capitulo)

Finalmente a aula de balé acabou, sim eu faço balé, desde os cinco anos, agora faço aula de balé na escola, bem mais pratico
Troquei de roupa e sai da sala de dança, fui até a cantina comprar uma garrafa de água 
- Lyn! - olhei para trás e vi Lysandre vindo até mim
- Oi Lys, o que faz aqui?
- Queria falar com você, então esperei a sua aula acabar, você dança muito bem
- Está dizendo isso porque é meu amigo e tem que me bajular? - ele deu um riso abafado
- Estou sendo sincero
- Oh então obrigada!
- Vamos ao porque?
- Por min tudo bem
Peguei a minha água e caminhamos até o parque, nos sentamos num banco e obzervamos as pessoas
- pensei que estava bravo comigo- comentei sem tirar os olhos sobre a paisagem 
- Porque?
- Você estava um pouco distante de mim esses dias
- Desculpa, ando estando ocupado de mais 
- Sem problemas 
- Como vai a Yui?
- Bem, eu acho, Melissa e ela conversaram, mas do jeito que Yui é vai ser difícil tomar o lugar de mãe de volta, mas compreendo a Yui
- Às vezes tudo parece tão complicado
- Sim, tão sufocante 
- Tirando até a mínima quantidade de ar que temos
- Lys...
- Sim?
- Tem algo que quero te falar
- E desde quando você pede permissão para falar algo?
- É algo complicado de se falar do nada
- Você está me deixando curioso - me virei para olhar o platinado e o mesmo virou para mim
- Eu não sei como dizer - ele segurou minha mão 
- Confia em mim, certo?
- Lys eu quero dizer que....
- Me ama?
- Como?
- Entre eu e a Rosa não existem segredos
- Rosalya...
- Mas isso é bom
- Porque?
- Porque eu também gosto de você Lyn- dei o sorriso mais largo que ja dei na minha vida toda, não pude evitar, apenas sorri como uma boba, ele entrelaçou nossos dedos e botou a outra mão na minha nuca nos aproximando e colando nossas testas
- Eu te amo muito- sussurrei
- Eu também - ele colou seus lábios nos meus e logo separou e então pude ver o sorriso pelo qual me apaixonei 
- Já falei que amo seu sorriso?
- Não 
- Pois eu amo ele... - meu telefone começou a tocar, aceitei a chamada
- Alô
- Oi é a Melissa
- Ah oi mãe
- Onde você tá?
- No parque
- Está ficando tarde vem para casa
- Certo
- Tchah
- Tchau - desliguei a chamada e voltei minha atenção para Lysandre- tenho que ir Lys
- Posso te acompanhar?
- Eu iria adorar - ele se levantou e eu estendeu a mão para mim, segurei e seguimos até minha casa que não era muito longe dali, fomos até a porta de entrada
- Adorei passar a tarde com você Lys
- Também adorei um companhia 
- Até amanhã 
- Até - ele deu um paço para perto de mim e eu fiz o mesmo, o platinado depositou um beijo em meus lábios e seguiu seu caminho
- Lyn... - olhei assustada para trás e lá estava Melissa escorada na parede me olhando 
- AI MEU CORAÇÃO...
- Desculpa, quem é ele?
- Amigo
- Na minha época amigos não se beijavam
- Vou para o meu quarto 
- Quero detalhes mais tarde
- Irei pensar no seu caso...
Fui praticamente correndo para o meu quarto e com tudo e joguei na cama, que dia foi esse? Wow! Só espero que isso não seja mais outro sonho meu... Não, isso é real de mais para ser um sonho
Com os dedos toquei meus lábios e lembrei da sensação dos lábios macios deles contra os meus, minhas bochechas arderam, devem estar bem vermelhas... Ah Lysandre, que feitiço jogou em mim?


Notas Finais


Ta acabando meu povo, beijão da baka, fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...