História Os opostos realmente se atraem? - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO, Got7, Lu Han, Seventeen
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Cl, G-Dragon, Hong Jisoo "Joshua", Jackson, JB, Jennie, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Kim Mingyu, Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Lisa, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Sehun, Soonyoung "Hoshi", Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Jaehope, Jingyeom, Markson, Namjin, Vkook, Yoonmin, Youngbam
Exibições 255
Palavras 1.403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii
Então
Segundo e último cap do dia
Espero que gostei
Tmb n Tenho paciência ent vamo pro cap

Capítulo 6 - Paintball - parte 1


Pov Yoongi

(...) vi uma cena linda. Ele tava lá. Jimin. O meu Jimin. Com uma box vermelha, os cabelos molhados e a pele úmida. Deve ter acabado de sair do banho. Dessa vez consegui ver seu corpo e quanto ele era perfeito. Mesmo que a gente tivesse longe (A: a casa do Jimin é na frente da casa do Suga) dava pra ver que o abdomem dele era definido. Tipo muito. Era perfeito. Me despertei dos meus pensamentos quando ele fechou a cortina. Tomei banho, vesti só uma calça de moletom cinza e fiquei sem camisa mesmo. Me deitei na cama e fiquei olhando pro teto, pensando nele. Como ele consegue provocar esse efeito em mim. Vi ele duas vezes na vida e já me apaixonei. Não. Acho que não chega a ser paixão. Uma pessoa como eu não ama ninguém. Nem a si mesmo. Mas não sei. Ele consegue provocar um sentimento diferente. Eu ainda não sei se é bom ou ruim. Espero que isso passe depois que eu levar ele pra cama. Não posso amá-lo, porque ele nunca me amará. Não se souber o que eu já fiz. É por nada no mundo eu vou deixar de fazer o que gosto. Ninguém vai me impedir de fazer mal às pessoas que merecem ou que não tem valor na sociedade, tipo mendigos e prostitutas. Sem perceber peguei no sono e dormi, pensando em Jimin. Eu precisava dele, nem que fosse só por uma noite.

Quebra de tempo

Depois de sonhar com Jimin, acordei com uma leve ereção. Fui pro banheiro, me aliviei, fiz minhas higienes matinais, coloquei uma camisa simples, desci e fui pra sala de jantar e encontrei minha família já tomando café da manhã.

WZ - Bom dia filho, dormiu bem?

SG - Melhor impossível, pai.

BB - Então Suga, o que vamos fazer hoje? 

SG - Sei lá! Não tenho nada planejado pra esse fim de semana.

LS - Por que vocês não vão jogar Paintball?

BB - Boa ideia tia Lisa! Podemos chamar nossos amigos e os garotos que conhecemos ontem no shopping!

WZ - Já fez novas amizades, Bam Bam?!

BB - Na verdade não tio Woozi. Um garoto caiu em cima do Suga, os amigos do garoto chegaram e ficamos todos conversando.
Todos riram da explicação desnecessária de Bam Bam. Menos eu, óbvio.

BB - Espera! - ele ficou sério - não temos o número deles e nem o endereço.

SG - Não precisa.

BB - Como não? Agente vai fala com ele como então gênio?

SG - Você não viu? - ele me olha confuso - Eles moram na casa da frente.

BB - O que? Como você sabe? 

SG - Vi Jimin saindo de lá quando você chegou de viagem ontem.

BB - Ah. Então acabarmos de comer vamos lá chamar eles pra jogar.

SG - Ok.

Terminamos de comer, nos levantamos e fomos cada um pro seu quarto pra tomar banho e se arrumar. Depois do banho coloquei uma roupa simples, já que precisa colocar proteção pra jogar Paintball. Terminei de me arrumar e desci as escadas indo pra sala de estar. Encontrei com Bam Bam, nos despedimos dos meus pais e saímos de casa. Atravessamos a rua, tocamos a campainha e não demorou pra porta ser aberta e revelar um Kook sem camisa. 

JK - Oi meninos! O que estão fazendo aqui e como sabem nosso endereço? 

SG - Bom dia, Jeon. Nós viemos fazer um convite a vocês. Podemos entrar?

JK - Ah... Ok. Entrem. Podem se sentar, eu vou chamar os meninos.

Nos sentamos e logo eles saem de onde eu acho que era a coxinha e se sentam nos outros sofás.

J - Oi meninos. JEON JUNGKOOK VAI COLOCA UMA BLUSA AGORA! - ele se levantou e subiu as escadas - Desculpe por isso. Então, o que vieram fazer aqui?

BB - Viemos convidar vocês pra jogar Paintball com agente e com os outros meninos.

MK - Antes de qualquer coisa, como sabem onde moramos? Que eu saiba ninguém passou o endereço pra vocês.

SG - Nós moramos na casa da frente e vimos vocês aqui, então ligamos os pontos. Ah! Já ia esquecendo, me passem os números de vocês - dei meu celular pra Jimin que foi passando pros outros até voltar pra mim.

BB - Então, vocês aceitam jogar com a gente? 

J/JK/JM/MK - Claro!

BB - Então se arrumem e nós esperamos vocês.

SG - Tem algum problema esperarmos aqui? 

J - Claro que não! Fiquem à vontade.

Assentimos, eu liguei pra Namjoon falando do jogo e ele aceitou e disse que ia falar com Taehyung e Bam Bam ligou pro Hoseok que também aceitou. 30 minutos depois os quatro desceram e na mesma hora J-Hope, Nam e Tae tocaram a campainha. Como somos 9, os meninos foram no carro de Jin. 
Chegamos lá e dividimos os times jogando Jokenpô. Os times eram de 2 pessoas cada. Ficou assim: Namjoon com Jin, Bam Bam com Mark, J-Hope com Tae e eu com Jimin e Kook. Como a gente tava em número ímpar um time teve ficar com 3 pessoas. Só de respirar o mesmo ar que aquele biscoito meu sangue já começa a ferver. Agora vou ter que jogar no mesmo time que ele. Só digo uma coisa: não me responsabilizo pelos meus atos.

Pov Namjoon

Yoongi me ligou falando de jogar Paintball com aqueles garotos que conhecemos ontem no shopping. Eu aceitei, óbvio. Amo poder atirar nas pessoas, não importa quem seja. Uma pena que as armas não são fatais, mas tudo bem. Avisei Taehyung, que trocou de roupa. Saímos de casa, fomos buscar J-Hope e logo seguimos pra casa dos Park.

Chegamos lá, tocamos a campainha e quem abriu a porta pra nós foi Jin. Aquele Jin até que me interessou. Ele deve ser muito bom de cama, apesar de ser inocente. Ele tava lindo e com uma calça bem apertada, marcando sua bunda que não grande, mas também não era pequena. Era do tamanho certo. Comprimentamos os outros e saímos. 

Quebra de tempo 

PUTA QUE ME PARIU DE QUATRO EM UMA BANHEIRA DE MOTEL!! SÓ PODE SER UMA CONSPIRAÇÃO DO UNIVERSO CONTRA A MINHA PESSOA! Acabo ficando no mesmo time que Jin. Ele é tão inocente... todas as maldades começam da inocência... Enfim, depois de dividir os times fomos colocar a proteção, pegamos as armas de tinta e começamos a jogar. Nos primeiros 20 minutos de jogo, V foi atingido por Suga, ele sempre foi bom no Paintball. Depois disso J-Hope atirou no Mark, eu atirei no J-Hope e Jin atirou no Bam Bam. No jogo só sobro eu, Jin, Suga, Jimin e Kook mas depois que Suga atirou no V não vi mais ele nem Jimin ou Kook. Eu e Jin andamos por todos os lados e não encontramos os 3 em lugar nenhum.

J - Vamos subir nas pedras, assim a gente procura eles por cima - ele sugeriu sussurrando - mas abaixados, óbvio.

NJ - Boa ideia, Jin! - respondi animado sussurrando também.

Agente tava subindo, Jin tava na minha frente, me dando uma excenlente visão de sua bunda. Até que acontece alguma coisa que eu não sei o que foi porque tava concentrado demais na bunda do Jin, e ele cai me levando junto pro chão. Com tantos lugares pra ele cair, ele cai justo em cima de mim. Nossos corpos ficaram colados. Nossas respirações se misturaram. Ele tentou se levantar de cima de mim mas eu o segurei, sorri mostrando minhas covinhas, coloque uma das minhas mãos em sua nuca o puxando mais pra perto de mim, vi ele fechar os olhos, fecho os meus também é acabo com o pequeno espaço que havia entre nós selando nossos lábios, pedi passagem com a língua, ele cedeu e aprofundamos o beijo. Suas mãos foram parar no meu pescoço. Meus braços envolveram sua cintura fininha. Ficamos assim por um tempo até que escutamos um grito. Pela minha vasta experiência com gritos, podia jurar que esse era de dor. Não consegui reconhecer de quem era essa voz. Enfim, quando ouvimos o grito Jin saiu do meu colo correndo na direção que o grito vinha e eu fui atrás dele. Depois de correr um pouco chegamos até onde o grito começou e encontramos um Jimin encolhido num canto e SEM CALÇA e um cubo de açúcar brigando com um biscoito.

Continua...


Notas Finais


Eh
Várias tretas vão acontecer
Mas nn vai ser no próximo cap haushaushau
O próximo cap vai ser uma coisa muito mais... emocionante
Já dei spoiler demais neh
Tchaaaaau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...