História Os opostos se atraem - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jungkook
Visualizações 184
Palavras 1.170
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Nessa temporada é permitido choro livre sz

Capítulo 19 - Por que ele tem que ser assim?


Fanfic / Fanfiction Os opostos se atraem - Capítulo 19 - Por que ele tem que ser assim?

Depois daquele dia em que encontramos o Yoongi no shopping, Jungkook passou á me evitar e sempre que eu perguntava o por quê, ele dizia que estava confuso, mas eu não estava entendendo mais nada. Era uma segunda-feira, o sinal da saída bateu e eu arrumei meu material e corri até o Jungkook, que havia saído sem me esperar.

– Kookie me espera! – Gritei correndo no meio do tumulto.

Assim que eu o chamei, percebi seus passos se acelerarem e ele sumiu no meio da multidão. Fiquei paralisada no meio do corredor. As pessoas passavam por mim me xingando e esbarrando em mim de propósito, mas eu não ligava, pois meu namorado acabara de me ignorar. Saí correndo como carro de fórmula um até a sala de Yoongi, por sorte ele estava sozinho na sala arrumando o material.

– Yoongi! – Entrei na sala sem bater na porta. Joguei minha mochila em qualquer canto e me joguei em seus braços, já chorando.

Yoongi: – Hirai?! O que houve?! – Disse assustado, deixando seu material cair.

– O J-jungkook...

Yoongi: – O que tem ele? – Yoongi acariciou meu cabelo.

– Eu n-não sei o que deu nele... E-ele começou á me ignorar de r-repente!

Yoongi: – Ué, como assim? Mas por quê?

– É isso que eu quero saber! Ele nunca me conta nada, esse é o defeito dele! Ele é fechado e muito frio, isso nos afasta! – Comecei á dar socos no peito direito do Yoongi.

Yoongi: – Ai! Também não precisa descontar a raiva em mim! – Recuou. Voltei á chorar e ele me abraçou novamente. – Olha, pequena, pergunte á ele o que está acontecendo! Talvez são os problemas com o pai dele!

– Hã?

Yoongi: – Ele... Não te contou? – Yoongi parecia em estado de choque.

– C-contou o quê? – Meu coração se acelerou.

Yoongi: – O pai dele mora no Brasil com a mãe e o irmão do Jungkook, ele está muito doente, e o Jungkook só pode visitá-lo uma vez por ano.

– O quê o pai dele tem? – Falei pasma.

Yoongi: – Câncer no pulmão... Fiquei sabendo que ele está em fase terminal.

– É por isso que o Jungkook é tão coração de pedra assim?

Yoongi: – É um dos motivos, ele já sofreu muito. – Me imaginei em seu lugar e voltei á chorar.

– Mas... eu também tenho sentimentos, ele devia ter me contado! Ele não confia em mim?! – Yoongi ficou em silêncio.

Yoongi: – Não é isso... É que realmente é difícil contar tão rápido assim. Vocês namoram há apenas 2 meses!

– Mas...

Yoongi: – Hirai... – Me cortou. – Fale com ele sobre isso e depois venha me contar, certo? – Assenti. Ele sorriu e me deu um beijo na testa. – Se cuide, pequena. – Sorri e saí da sala.

No dia seguinte...

Cheguei na escola nervosa e ansiosa para questionar Jungkook. Ele me ignorou as primeiras aulas, o que me fez ficar mais nervosa ainda. Antes ele sempre me mandava mensagens pelo celular durante a aula, mas hoje ele nem sequer olhou para mim. O sinal tocou e eu comecei á tremer. Jungkook se levantou para ir para o recreio, mas eu segurei seu pulso com as duas mãos. Permanecemos em silêncio até todos saírem. Quando a sala ficou vazia, apenas com nós dois ali, resolvi iniciar o interrogatório:

– Jeon Jungkook, o quê está acontecendo com você? Você nem fala mais comigo! – Ele engoliu seco e rapidamente desviou o olhar, procurando algum lugar para fitar. Decidiu fitar o pé da cadeira ao seu lado. Suspirou e abriu a boca para dizer algo:

Jungkook: – Eu estou confuso. – Voltou á me olhar.

– Como assim "confuso"?

Jungkook: – Algumas coisas andam acontecendo entre nós...

– Sim... Tipo o fato de você não ter me contado que seu pai está doente! – Falei quase gritando e com os olhos marejando. Jungkook ficou chocado com o que eu disse.

Jungkook: – Como soube disso?

– Não interessa!

Jungkook: – Me responda! – Sua voz firme estava me deixando com medo, mas continuei com a postura.

– Yoongi, por quê?

Jungkook: – Então quer dizer que era verdade... – Diminuiu o tom da voz.

– O quê? – Ele olhou para mim.

(Oh! Seus olhos estão marejando!)

Ele procurou algo em seu bolso e logo tirou seu celular, me mostrando uma foto minha e do Yoongi abraçados.

– Mas o que... – Arregalei os olhos.

Jungkook: – Eu não tenho sorte, mesmo! Todo mundo que eu namorei não me amou de verdade! Você está pior do que a Ji-eun, Hirai. Menos de 3 meses namorando e você já está com outro?

– Mas... – Fiquei sem palavras. – Você vai mesmo acreditar nisso?! – Gritei. – Eu fui pedir conselhos para ele porque você estava me ignorando e me tratando como se eu fosse só uma mosquinha! – Gritei já sentindo as lágrimas quentes escorrerem sobre minhas bochechas.

Jungkook: – E precisava beijar?! – Gritou, mostrando uma foto minha e do Yoongi nos beijando. Hã? Como assim?! Eu nunca beijei o Yoongi! Sua voz grave me assustou facilmente.

– Como assim Jeon Jungkook? Você vai mesmo acreditar nessa falsidade? – Gritei mais alto ainda, mostrando que eu realmente estava triste e revoltada. – Eu nunca faria isso com você porque eu te amo! Você devia ter me contado do câncer do seu pai! Aliás, devia ter confiado em mim e me perguntado a verdade em vez de me tratar como lixo! Eu tenho sentimentos também, sabia? – Continuei gritando.

Jungkook: – Você acha que é fácil quando se tem gente te contando que viu sua namorada com outros caras e ainda mostrando fotos? – Suas lágrimas caiam sobre seu rosto pálido. Eu odeio discutir com ele, sinceramente.

– Jungkook, eu cansei dessas calúnias! São montagens, não está vendo? Você não acredita em mim?! – Gritei a última frase.

Jungkook: – NÃO! – Olhei assustada para ele. Ele também pareceu assustado com o que disse, mas agora não dá para voltar atrás. Peguei minha mochila e saí correndo da sala. Quando fui virar o corredor, senti alguém me puxar pelo braço.

– Já disse pra me soltar! – Gritei e alguns olhares se voltaram para mim.

Jungkook: – Hirai, me desculpe, e-eu...

– Cala a boca, Jungkook! Se você não confia em mim, o problema é seu! E quer saber? Acabou! – As pessoas em volta se assustaram. Sua mão afrouxou o aperto em meu braço e eu saí correndo da escola no meio do recreio. Cheguei em casa e me tranquei no quarto. Me joguei de bruços na cama e comecei á chorar.

Omma: – Filha? – Ouvi a voz de omma atrás da porta, seguida por batidas na porta. Não respondi. – Hirai, você está bem? – Continuei a ignorando. – Não está afim de conversar, não é? – Ficou em silêncio. Gemi tentando dizer algo, mas não consegui dizer nada. – Tudo bem. Se quiser conversar, estarei disposta. Tem comida no microondas, vou sair com seu pai e volto ás 17h, ok? Te amo, filha. – Ouvi passos se afastando, juntamente com a voz do meu pai perguntando o que aconteceu. Não consegui ouvir a resposta da minha mãe.

[...]

Já são 14h e eu não consegui me levantar, então acabei dormindo e acordando 16h. Levantei cambaleando, destranquei a porta e esquentei a marmitinha no microondas. Comi, escovei os dentes, tomei um banho e voltei á dormir.


Notas Finais


Aaaaaaaaaaaaaahhhhh!!! Jungkook e Hirai, casal de trouxas! Como será que Jungkook descobriu sobre o falso beijo de Yoorai?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...