História Os opostos se atraem - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jungkook
Exibições 99
Palavras 939
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ÊEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE 50 FAVS! Obrigada meus lindinhos, agradeço de coração! Nunca imaginei que poderia chegar á tudo isso KYAAAAAAAAAA AMO VCS <3

Capítulo 21 - O Jimin é um idiota!


Fanfic / Fanfiction Os opostos se atraem - Capítulo 21 - O Jimin é um idiota!

Hana: –Primeiro ele disse que você e ele haviam terminado por causa da briga e depois ele me disse algo que me surpreendeu...

– O quê? Conta logo, Hana!!!

Hana: – Ele contou que a garota que mostrou as fotos era familiar e se parecia com Ji-eun.

– UADARRÉU! COMO ASSIM?

Hana: – Eu não sei... Não ouvi muito da conversa... – Falou com uma expressão triste e cabisbaixa.

– Muito obrigada pela ajuda, Hana! Eu já sei o que fazer. Te amo, maninha! – Dei um beijo em sua bochecha e saí do jeito que estava. Eu estava descabelada, com um short jeans rasgado e uma blusa branca. Fui até a casa de Yumi.

Chegando lá, toquei a campainha várias vezes, até que ouvi Taehyung xingar lá de dentro da casa.

Tae: – Que foi, porra? – Abriu a porta.

– Oi, TaeTae! – Entrei e ele fechou a porta.

Tae: – Vou chamar a Yumi... – Fechou a porta e subiu um degrau da escada.

– Não! – Falei rapidamente, o que fez ele parar de subir as escadas. – Meu papo é com você! – Ele me olhou surpreso.

Tae: – Olha! – Riu. – Pode falar.

– Onde é a casa do Jimin?

Tae: – É o que...

– Me leve até lá.

Tae: – Mas o que...

– Vamos! – Abri a porta.

Saí da casa e percebi que Tae não estava vindo atrás. Entrei novamente e soltei um olhar fuzilante para o moreno, que estava parado boquiaberto. Logo ele me acompanhou. Fomos até a casa do Jimin. Bati na porta e ele atendeu.

Jimin: – Olha! É a bela adormecida! – Sorriu. – Eu fiquei sabendo do ocorrido, meus pê... – Falou tudo bem rápido, mas o interrompi.

– Você está sozinho? – Perguntei. Tae apenas observava confuso.

Jimin: – Ué, estou sim, por quê? – Jimin também estava confuso. Tae arregalou os olhos, já pensando besteira. Dei um tapa em sua nuca e ele soltou um "Ai!".

– Então se prepara, que agora você vai sofrer! – Entrei. Jimin e Tae se entreolharam assustados. – Será que dá pra vocês pararem de maliciar, seus pervertidos?! Eu ainda amo o Jungkook, só pra constatar, tá?! – Tae entrou e Jimin fechou a porta.

Jimin: – Então, aceita uma água ou um ca...

– Cala a boca!

Tae: – Eita.

Jimin: – Nossa... O que aconteceu?

– Eu quero saber o que o Jungkook te disse! – Jimin fez uma cara de confuso (PS: Uma cara mais confusa ainda, já que ele já estava com cara de tacho antes).

Jimin: – Como assim?

– O que o Jungkook te disse há pouco tempo atrás? – Jimin ficou quieto. Soltei meu olhar fuzilante para ele e o mesmo ficou cabisbaixo.

Jimin: – Certo, eu te conto. – Falou com uma voz meio triste. – Mas tem que me prometer que não vai contar pra ele! – Falou rapidamente. Hesitei por um tempo, mas prometi. – Ele me contou que vocês brigaram e que tudo isso foi porque ele não contou que o pai dele estava doente e que uma moça estava mostrando fotos de você e do Yoongi se abraçando.

– Só isso? – Eu sabia que o Jimin não ia me contar o resto!

Jimin: – Eer... só! – Coçou a nuca.

– Mentira, Jimin!

Jimin: – É só isso! Para de me encher o saco!

– PARA DE MENTIR PRA MIM QUE EU SEI QUE TEM MAIS! E EU NÃO VOU PARAR DE TE ENCHER O SACO PORQUÊ O JUNGKOOK É... – Parei de falar de repente.

Jimin: – É O QUÊ? HIRAI, COLOQUE ISSO NA SUA CABEÇA: VOCÊ E ELE TERMINARAM! – Disse pausadamente a última frase.

Arregalei meus olhos assustada. Aquilo me tocou... Taehyung – que estava do meu lado – ficou boquiaberto e me olhou. Senti minha cabeça esquentar e eu tive vontade de pular no pescoço do Jimin. Eu preciso me controlar, se não vou acabar tendo um ataque de raiva. Senti meus olhos marejarem e esquentarem e logo as lágrimas começaram á cair. Que droga! Eu me sinto inútil.

Jimin: – M-me desculpe, Hirai...

– Sai daqui! – Gritei assim que ele tentou me tocar.

Jimin: – Me desculpe mesmo, mas você precisa entender: foi você quem terminou com ele! – Taehyung olhou para Jimin com uma cara de "Você não está ajudando!" e comecei á ficar com raiva das palavras frias de Jimin.

– SEU FILHO DA ÉGUA! – Gritei indo pra cima dele. Comecei á dar socos em seu peitoral e ele se defendia segurando minhas mãos. Até que Taehyung me segurou pelo braço e me afastou dele. – ME SOLTA!

Tae: – Hirai, se acalme! – Comecei á me debater, mas logo parei ofegante. 

– EU QUERO VER QUANDO VOCÊ ME PEDIR PARA TE AJUDAR COM A YUMI! – Gritei e dei um tapa em sua bochecha. Os dois me olharam boquiabertos e com os olhos arregalados. Saí dali batendo os pés e enxugando as lágrimas com as costas das mãos.

Fui para casa um pouco triste, mas com uma sensação de ter ganhado uma batalha. Algum dia eu vou agradecer Jimin por ter sido meu saco de pancadas, realmente me aliviou um pouco ter batido em alguém (ou pelo menos tentado). Entrei no quarto furiosa e fui para a cama.

Hana: –Hirai? – Ouvi sua voz doce na  cama de cima da beliche. Suspirei e respondi com um "Aahmm?" bem desanimado. – Você está bem?

– Não. – Falei seca.

Hana: – O que aconteceu?

– Jimin não quis me contar os mínimos detalhes e ainda ficou jogando na minha cara que eu e o Jungkook não namoramos mais.

Hana: – Nossa, ele é realmente difícil. – Riu sem graça.

– Snif...

Hana: – Maninha, você tá chorando? – Colocou sua cabeça para baixo. – Não chore! – Desceu da cama e se agachou ao meu lado.

– Eu sinto muita falta dele... – Ela me abraçou e eu fiquei chorando ali. Me senti uma boba. Ela é um ano mais nova que eu, e é ela quem está me consolando. Eu sou uma idiota!


Notas Finais


Na vida eu sou os três, principalmente o Tae. Quando tem treta eu geralmente fico observando quieta ou fico gritando "TRETA!" XD
Mas também as pessoas sempre vem brigar comigo sem eu ter feito nada, aí eu fico tipo "Wtf". Só que eu também sou a pessoa que vai brigar sem a pessoa entender o que está acontecendo XD
Eu sou muito bipolar, scr.
Espero que tenham gostado, bjsss <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...