História Os opostos se atraem - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jungkook
Exibições 174
Palavras 1.125
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Quem será a garota?
Tá, eu não sei fazer introduções, então vamos logo para a fic.
Boa leitura <3

Capítulo 24 - Flagradas


Jungkook: – ...Sunny?

Hana: – Sunny?! – Falou em um tom quase gritando, o que fez os dois perceberem que estávamos ali. A garota chamada "Sunny" se aproximou com um olhar metralhador.

Sunny: – Quem são vocês e o que fazem aqui?

Yumi: – Arrá! Descobrimos tudo!

Sunny: – Espionando? Não tem mais o que fazer? – Sunny continuou falando e eu senti algo na minha mão. Olhei discretamente e vi que era uma arma de água. Sim, Yumi comprou até armas de água! Ela é exagerada, mas ás vezes esse exagero é muito útil. (Yumi: Ei! Akemi: Hahaha!)

Yumi: – 1...2... – Começou á contar com uma voz baixinha. – 3! – Gritou e começamos á espirrar água nela.

Sunny: – AAAAAH PESTES! – Retirou um canivete do bolso do short.

Hirai: – UADARRÉU, CORRE! – Gritei e comecei á correr, seguida pelas meninas, pela Sunny e o Jungkook.

Yumi: – Dashi run run run!

Hana: – Por Deus, Yumi! Agora não é hora de cantar! – Gritou.

Continuamos correndo e entrando no meio de várias árvores para despista-la. De repente, começamos á ouvir o barulho das folhas ao nosso lado, e quando fui perceber já havia caído no meio do mato junto com Yumi e Hana.

Hirai: – NÃO NOS MATE, POR F.... – A pessoa tampou minha boca.

Jungkook: – Shh! – Colocou o indicador na frente da sua boca. Arregalei os olhos assustada com aquilo. Percebi Sunny se afastar e logo as meninas se levantaram. Me levantei um pouco envergonhada.

Hana: – Obrigada por nos salvar! – Agradeceu ajudando Jungkook á se levantar.

Jungkook: – Por nada!

Yumi: – A minha roupa está toda suja, aigoo! – Disse batendo a mão no bumbum e se chacoalhando.

Hana: – Eu estou chocada... Não acredito que Sunny voltou!

Jungkook: – Eu nem sei como não a reconheci... – Disse cabisbaixo. – E o que estavam fazendo aqui nos espionando? Vocês não estavam "trabalhando"? – Eu e as meninas nos entreolhamos. Fiquei cabisbaixa fazendo uma expressão triste e abaixei a máscara enquanto tirava a toca. As meninas fizeram o mesmo e Jungkook se assustou – Hirai? Hana? Yumi?

Hana: – Tudo ideia da Yumi! – Apontou para Yumi.

Yumi: – Ah, falsiane! Me entregando na cara dura! Buáaaaaa, desprezada como uma coxinha estragada! – Disse dramática.

Hirai: – Eu não desprezo coxinhas, nem se ela estiver estragada!

Yumi: – Por isso mesmo! Eu sou um amor, ninguém me despreza! – Disse se gabando. Revirei os olhos e Hana riu.

Jungkook: – Por que estavam nos espionando?

Yumi: – Te espionando, gato! Queríamos saber quem era a tal garota que você andava conversando. E agora que já sabemos, podemos começar as investigações e saber o que ela queria com você. – Jungkook suspirou e assentiu.

Jungkook: – Certo, agora precisamos voltar para casa.

Hana: – Oh, não! Eu estou com medo de voltar e ela estiver nos esperando naquele lugar!

Jungkook: – Então vamos dormir aqui por uma noite e amanhã de manhã saímos daqui, assim despistaremos Sunny.

Yumi: – Ah, não! Vou me sujar toda!

Hana: – Oh, por favor Yumi, é só um dia! – Yumi revirou os olhos.

Yumi: – Tá... – Disse com má vontade.

Andamos um pouco e achamos um lugar para ficarmos. Eram várias árvores, tinham várias folhas no chão, um rio que brilhava com os raios do sol e uma cachoeira.

(Que dèjá vu!)

Ficamos conversando e comendo uns biscoitos que Yumi havia trago, até que a tarde começou á cair.

Yumi: – É o seguinte, eu não trouxe cobertor nem nada, então vamos nos virar aqui, ok?

Jungkook: – Certo.

Então fizemos uma espécie de travesseiro com nossas máscaras, as luvas, as meias e as toucas. Não ficou muito legal, mas dava para o gasto. Deitamos nossas cabeças no "travesseiro" para dormirmos.

Hana: – Espera! Algo está errado.

Yumi: – O que foi, Hana? – Disse seca.

Hana: – Jungkook, troque de lugar comigo.

Jungkook: – Eu não!

Hana: – Vai logo!

Jungkook: – Aish! – Jungkook bufou e os dois trocaram de lugar. Agora ele estava do meu lado. Essas duas são retardadas (Hana e Yumi: Credo, magoou!). Me virei para o lado, ficando de costas para ele.

Adormeci, mas acordei novamente com os roncos de Yumi e Hana. Voltei á ficar de barriga pra cima e abri meus olhos, observando as poucas estrelas que davam para ver entre as árvores.

Jungkook: – O céu está tão bonito, não é? – Me assustei e dei um pequeno pulinho. Ele apenas sorriu. – Me desculpe por te assustar. – Assenti engolindo em seco.

– Por que está acordado?

Jungkook: – Não consegui dormir pensando em tudo isso.

– Tudo o que? – Me fiz de desentendida, mas eu sabia do que ele estava falando.

Jungkook: – Nas nossas brigas, na Sunny... Em você... Eu não gosto de ficar brigado com você, Hirai. – Virou seu rosto para mim. Eu estou começando á ficar envergonhada.

– Se você tivesse confiado em mim nós não teríamos terminado. – Disse fria.

Jungkook: – Eu sei, mas... Aquelas fotos me feriram. Imagine que alguém chegue em você mostrando uma foto minha beijando alguém que não é você. – Voltei meu olhar para o céu, que antes estava nos olhos de Jungkook. Eu errei feio com ele, pensei apenas em mim mesma.

– Me desculpe... – Senti meus olhos esquentarem e logo as lágrimas escaparam. – Eu sabia do seu pai e mesmo assim terminei com você, sem me importar em te magoar e te deixar mais triste ainda.

Jungkook: – Não chore. Olhe, o que importa agora é o presente. – Sorri e me sentei naquelas folhas. Ele fez o mesmo e tirou uma flor um pouco amassada de seu bolso. Ele entregou a flor e sorriu. Sorri de volta. – Venha, vou te mostrar uma coisa. – Se levantou e estendeu sua mão. A segurei e ele me ajudou á levantar. Caminhamos sem fazer barulho até a cachoeira.

– O que pretende fazer? – Falei receosa.

Jungkook: – Atrás dessa cachoeira há uma passagem. – Disse subindo nas pedras.

Ele me ajudou á subir nas pedras e passamos por trás da cachoeira. Aquele lugar era completamente escuro, mas logo foi iluminado pela lanterna de nossos celulares. Ele pegou na minha mão e me guiou até uma árvore que tinha o tronco bem largo. Havia um coração e dentro estava escrito "Jungkook e Ji-eun".

– O quê é isso? – Falei triste.

Jungkook: – Quando eu e Ji-eun namorávamos, vinhamos aqui para, é... bem...

– Eu entendi. – Falei com a voz fraca.

Jungkook: – Não te trouxe aqui para te afetar, mas sim para te mostrar que não quero que haja mais segredos entre nós. – Falou sério. Meus olhos se encheram de lágrimas.

– Eu te amo tanto! Não quero te perder! – O abracei.

Jungkook: – Eu também te amo, e garanto que isso não vai acontecer, se Deus quiser! – Segurou meu rosto com as mãos e me beijou.

(Que saudade desse beijo...)

Suas mãos desceram lentamente até minha cintura. Ficamos ali por um tempo, até que nos separamos por falta de ar. Enterrei minha cabeça na curva de seu pescoço. Agora suas mãos estavam em minhas costas e me apertavam fortemente contra ele.


Notas Finais


Imaginem o que aconteceu depois ( ͡° ͜ʖ ͡°)
Não vou dar detalhes, afinal, não sou especialista nisso. Mas futuramente pode ser que eu pense sobre isso (haha).
Espero que tenham gostado, até a próxima, jagiyas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...