História Os opostos se atraem - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jungkook
Exibições 107
Palavras 242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeonghaseyo! :3
Boa leitura! <3
Desculpem pelo capítulo pequeno, está muito tarde.

Capítulo 30 - Um sorriso amedrontador


Brasil, Florianópolis

– Jungkook... – Hirai chamou o namorado em um tom de voz baixo. Jungkook a olha e percebeu que o olhar da mesma estava atrás deles, sem contar que ela estava mais pálida do que o normal. Ela estava assustada com alguma coisa.

Jungkook olhou para trás e esbugalhou os olhos, observando a pessoa que estava á alguns metros de distância de deles. Os olhos de Hirai se encheram de lágrimas e ela tampou a boca para abafar o grito, enquanto se escondia atrás do túmulo.

– Hirai, não grite! – Jungkook a repreendeu em tom baixo enquanto tentava tirar a mesma de trás do túmulo sem desviar o olhar da garota que estava na frente deles.

Vendo o desespero de Hirai, a garota sorriu de lado.

Aquele sorriso amedrontador e psicopata que dava tanto medo em Hirai.

Hirai continuou gritando, mas parecia que naquele instante todos haviam ficado surdos.

– Hirai, pelo amor de Deus... – Jungkook parou de falar, vendo que Hirai havia se acalmado um pouco.

– Hu-huh-hum... – Gaguejou Hirai, apontando com uma mão – completamente trêmula – para trás de Jungkook. Ela mal conseguia falar direito.

Jungkook foi ver o que era, e percebeu que a menina não estava mais lá. Não haviam vestígios. Mas é claro, Jungkook conhecia a garota que aparecera ali como a palma da mão dele. Jungkook sabia dos truques da menina e sabia também do que ela era capaz.

Essa garota não era nada mais, nada menos do que...

 

Ji-eun.


Notas Finais


Não teve muito suspense, já que tudo (eu acho) foi esclarecido no capítulo anterior.
Eu acho que exagerei um pouco no capítulo, mas tudo bem.
Annyeong! :3
Saranghaeyo! <3
~Docinho de Coco *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...