História Os opostos se atraem - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Suzuka Nakamoto ( Babymetal )
Exibições 17
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - I need to think


Fanfic / Fanfiction Os opostos se atraem - Capítulo 4 - I need to think

POV RAP MONSTER

Eu fiquei ali, por um bom tempo, a observando dormir.

Ela era bonita...

Espera, o quê? Não, Namjoon. Ela não tem nenhum pingo de beleza! Mas o que tá acontecendo comigo? Ok, primeiro eu a ajudo, coisa que já tá errada. Segundo que eu a cuido, e isso é mais errado ainda! Terceiro é que eu ao invés de ir embora e deixar ela aqui, eu permaneço no mesmo lugar, fico olhando pra ela por mais de 1 minuto e ainda mexo nos cabelos dela. E isso é bem mais do que o cúmulo do errado. Quarto é que eu sei que tem algo de errado comigo, e eu prefiro não acreditar nisso. Mas eu ainda permaneço parado, plantado no mesmo lugar e... Aish! E isso não ajuda. Eu preciso pensar... Pensar em quê? Eu não tenho nada o que pensar! Ai que confusão! O pior disso tudo é que uma parte de mim quer sair desse quarto, porém, a outra parte não! Ok, vamos pensar em tudo que é negativo. Tipo... Ela é minha inimiga, insuportável, me irrita, me provoca, deseja o meu mal, que eu sei. (não leio o pensamento dela, mas com certeza deve ser assim que ela pensa) Eu a odeio mais do que tudo, por quê ela é desprezível, inútil e eu vou sair desse quarto agora mesmo! Mas... Pensando bem, se ela acordar, vai ficar confusa. Ah, que se dane, ela vai pensar que foi um sonho muito real e que jura que aconteceu e bla bla bla. O que eu estou fazendo aqui mesmo? Tô saindo. Mas, a porta não vai estar trancada quando eu sair, claro. E se alguém entrar aqui? E não tiver nenhum homem pra proteger uma mulher? Aish, por quê eu me preocupo tanto? Eu só preciso deixa-la ali, né? Por que eu já fiz demais por hoje. Mas, eu não quero ir por que eu sou um trouxa do caralho que está preocupado com algo que não é da minha conta e também não é da minha obrigação.

Sou tirado dos meus pensamentos quando ouço o barulho da porta com alguém batendo

__ Suzuka? Você tá aí? Suzuka! - Bateu na porta mais uma vez. Era o Yoongi. levantei e abri.

__ Namjoon?

__ Não, a vovózinha.

__ O que você tá fazendo aqui? Cadê a Suzuka? - ele entrou me esbarrando- Pelo amor de deus, você não estuprou ela, né?

__ Óbvio que não, caralho!

__ Mas o quê você tá fazendo aqui? Não tô entendendo.

__ Eu apenas trouxe ela por quê ela tava drogada.

__ Drogada?

__ Sim, essa garota é louca. Ficou falando coisa com coisa em plena festa, e eu tive que sair de lá as pressas com ela por quê ela tava passando mal e caindo pelos lados. - Disse e ele arregalou os olhos.

__ Você o quê? Espera, que eu não entendi muito bem.. Você viu ela na festa drogada entre aspas, por quê ela não usa drogas, o máximo que ela faz, é beber alguns copos de tequila. Enfim, você ajudou ela, e pelo visto você cuidou dela e seus sapatos estão horríveis e eu suponho que ela tenha vomitado neles e você não parece nada bravo.

__ Me poupe...

__ Eu fiquei preocupado com ela de ter saído tão de repente, por quê eu e o Jungkook estávamos a disposição dela, mas eu vi que ela tá em boas mãos. Quem te viu, quem te vê, hein, Namjoon..

__ Não enche! Eu já estava indo embora, ok? Que bom que você tá aqui, tchau pra você. - digo saindo.

__ Ei, espera!

__ O que é agora?

__ Eu vou voltar pra festa!

__ Ah, mas você não vai mesmo, seu albino dos infernos! Eu também quero voltar.

__ Você fica aí com ela pra ela não ficar sozinha.

__ EU NÃO!

__ Shhh! Ô, cacete, ela tá dormindo! - Ele me deu um peteleco.

__ Aish, fala sério!

__ Você cuidou dela, certo? Foi opção sua, então tu vai continuar aqui, se não eu conto pra ela que tu cuidou dela.

__ Ô, idiota, pensa comigo: Quando ela acordar, ela automaticamente vai pensar isso.

__ Ô viado, pensa comigo: Ela vai pensar que você invadiu o quarto dela e estuprou ela quando ela ainda dormia. Ou não, várias coisas podem se passar pela cabeça dela, porém, menos que você a ajudou. Fala sério, nem eu tô acreditando até agora.

__ Eu não fiz nada de mais.

__ Ah, tô vendo sim, tô vendo...

__ Tá, tá, eu fico! Tomara que você morra, Yoongi.

__ Hasta la vista, otário. - ele saiu.

Eu só tenho amigos filhos da puta. Fecho a porta e me sento numa poltrona que havia no quarto. Ok, pelo visto eu vou dormir aqui, né? Ele não vai sair da festa tão cedo pra ficar aqui com ela e eu fiz a bosta de levar ela de volta pra cá. Eu sou burro? Sim, eu sou burro. Me arrependo? Bem, eu... Eu não sei, acho que sim. Eu ajudei a minha inimiga e isso foi um erro total e eu tô pensando isso de novo! Aigoo, que confusão! Eu não sei mais de nada.

__ Que tédio, olha no que essa imbecil foi me meter... - bufo e olho pra Suzuka que ainda dormia e repenso no que disse. - Será que estou sendo muito cruel? Claro que não, não estou fazendo nada demais. - dou de ombros.

Fiquei ali por um tempo batendo o pé no chão e pensando com meu cérebro bugado, assim como eu e acabei por fechar os olhos de tédio e tentar dormir. Ok, tentativa em vão. Eu sabia que não conseguiria dormir sentado. Pensei em deitar na cama, que era espaçosa pra duas pessoas, mas... Não é uma idéia muito boa. Mas eu realmente estava com tédio e estava querendo me deitar pra tentar dormir, e eu não vou poder sair do quarto agora. Ah, não vejo problema nenhum. Aliás, quem tá aqui com ela sou eu! Eu poderia muito bem me levantar e sair daqui, mas não, eu tô fazendo papel de guarda costas pra uma pessoa bonitinha cujo está dormindo fofamente. AISH, O QUE EU TÔ PENSANDO? EU TO PIRANDO, VAMOS VOLTAR AO NORMAL, NAMJOON! Ok, tudo bem.. Não é errado eu querer deitar na cama! Me levanto e vou em direção á a cama, me deito com cuidado pra não acordar a que estava do meu lado e olho pro teto perdido nos meus pensamentos mais uma vez. Acabei por fechar os olhos e adormecer...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...