História Os opostos se atraem- Bts - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bambam, Bangtam Boys (bts), Bigbang, Blackpink, Hentai, Jb Got7, Jennie, Jimin, Linguagem Imprópria, Mark, Novela, Romance, Tortura, Vhope
Visualizações 28
Palavras 2.353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas!!!! Tudo bom???? Espero que sim *-*
Bem aqui está um capitulo bem gostosinho pra vcs, bjs viu?

Capítulo 30 - Segredos e mais segredos


Fanfic / Fanfiction Os opostos se atraem- Bts - Capítulo 30 - Segredos e mais segredos

Assim que chego em casa, encharcada por causa da chuva, vi que estava as garotas e os garotos, bufei e esperei as reclamações.

Achei que você tinha ido lá... Naquele lugar. - Laura suspira aliviada. - Você passou a manhã e a tarde inteira fora. A onde estava?

- No centro de Seul. - Digo sem olhar em seus olhos.

- Lia, é perigoso você ir pra lá... - Lyvia diz, ela já sabe de tudo sobre mim. As garotas contaram, ela disse que por mais que eu seja uma psicopata não deixará de ser minha melhor amiga. Isso me deixou um pouquinho feliz, só não mais por causa desse problema do Jimin. - Você sabe que CL pode acabar te sequestrado e–

- "Você pode acabar com um final trágico". - Digo o que ela sempre falar quando saí essa semana. - Eu não ligo. - Estalo os lábios. - Minha vida está uma merda mesmo...

- Não fale isso, Lia. - Namjoon diz.

- E não é verdade? Meu amigo foi sequestrado, eu estou sofrendo pra caralho e eu estou louca para matar... - Tossi forçadamente. - Enfim, esquecem o que disse.

- Matar? - Hoseok levanta um cenho. Os garotos também sabem sobre mim, as garotas falaram também e eles falaram a mesma coisa que Lyvia, que ainda seriam meus melhores amigos.

- Eu não quis dizer isso... - Mordo os lábios. - Foi por impulso.

- Você matou alguém, por a causo? - Jungkook levanta um cenho. Arregalo os olhos.

- Não! Não, óbvio que não! - Exclamo. - Eu juro que eu só saí para esfriar a cabeça... - Abaixo a cabeça.

- Lia... Você tem certeza que não... Matou alguém? - Laura pergunta.

- Você não confia em mim? - Pergunto irritada.

- Confio mas... - Ela se cala, cerro os punhos. Me sinto tão irritada por uma preocupação? Estou falando... Tá chegando lá.

- Não, você não confia Laura. - Me aproximo irritada.

- Se acalme Lia... - Taehyang segura meu braço, mais eu me solto.

- Olha... Eu não matei ninguém okay? Eu não estou em um momento bom para matar pessoas e piorar tudo! - Me aproximo mais ainda, pude ver Laura se afastar um pouco. - Eu apenas fui esfriar a cabeça e–

- Lia, não é só você que está num momento difícil. - Yoongi se manifesta. - Todos nós estamos, okay? Jimin também é nosso amigo, nos conhecemos desde criança. Estamos assim "neutros", porque queremos em pensar algo para salva-lo.

- Yoongi, a única forma de salva-lo é tomar coragem e ir naquele lugar. - Digo irritada. - Porra qual é, estão com medo? Eu sei que enquanto eu não for, CL não entregará Jimin. Vocês sabem disso também, porque nenhum de vocês são burros! - Exclamo irritada. - Se vocês realmente fossem amigos deles já estariam se preparando para ir naquela casa. - Meu tom de voz foi fria. - Sinto muito por ser fria com vocês mas... Assim como a vida de Jimin está em jogo, a de vocês também estão. Vocês acham que CL não pode sequestrar outro de vocês? - Debocho, eles se manteram quietos. - É claro que pode, vocês a não ser eu, Lethycia e minha tia não a conhecem por rosto, vai ser fácil ela matar um de vocês. - Cerro os punhos. Estou sendo dura e fria demais? - Acordem, precisamos pensar em algo! Eu já pensei, mais eu preciso que vocês concordem! E provavelmente não vão... - Subo as escadas mais paro na metade. - Mais foda-se a opinião de vocês, eu vou ir naquela casa e não saio de lá até vir com Jimin ao meu lado. - Sinto uma lágrima escorrer em meu rosto, seco a mesma e vou ao meu quarto. Eu não vou deixar, Jimin. Eu preciso dele.

Lia off

Lethycia on

Enquanto todos ficaram quietos pelo o que Lia disse, suspirei e abaixei a cabeça.

- Gente, Lia está certa. - Todos me olharam, até mesmo Kookie que me olhava mais confuso ainda. - Se não formos, CL sequestrará outro de nós e as coisas ficaram mais complexas. - Digo.

- Mais vamos fazer o que? - Namjoon levanta um cenho. - Se formos temos um alto risco de pelo menos a metade de nós morrer. Por que na verdade, a irmã de Lia está pouco se fudendo para nós, ela quer ela. A Lia é o ponto principal. - Namjoon suspira.

- Precisamos fazer um plano, um plano muito bom. - Jin se manifesta. - Antes de discordar, vamos ouvir o que Lia tem a dizer, talvez podemos ajudar e armar um plano melhor. - Jin sorri.

- Jin sendo um gênio, como sempre! - Hoseok bate palmas para o mesmo. O único que consegue ser otimista é Hoseok, não é a toa que ele é a esperança entre todos nós.

- A vida do nosso bolinho está em jogo... - Tae choraminga.

- Assim como as nossas e principalmente de Lia. - Laura diz.

- Pessoal. - Minha mãe chama nossa atenção. - Eu sei o que se passa na cabeça de CL e tenho certeza que não é agora que ela quer matar Lia. - Olhei confusa. - Eu tenho certeza que tem um dedo de uma pessoa a mais... Sabe, o causador de tudo isso.

- Kyungi. - Rapha diz logo de cara.

- Exato. - Mamãe sorri. - Ele não quer apenas mata-la, ele pode dizer isso mas... Não é. Anos atrás eu ouvi uma conversa dele com um amigo e ele dizia coisas sobre Lia, ser tipo uma aliada para ele...

- Ele quer Lia como aliada? - Namjoon debocha. - "Do jeito que a Lia ama ele, ela vai sim". - Ele diz ironicamente.

- Mais quem disse que isso é opcional? - Ela debocha. - Ele quer obriga-la. E não para por aí, primeiro ele vai é óbvio.... Existe um garoto que sempre quis conhecer Lia, ele é um dos capangas de Kyungi e provavelmente enquanto ela não for aliada dele, Lia será prisioneira desse tal garoto. E coisas boas não vão ser, o garoto sempre teve desejo por seu corpo e ele é frio demais, provavelmente a abusaria sem nem ligar.

- Mais... Enquanto CL? - Levanto um cenho.

- CL? - Ela levanta um cenho. - Vou dizer uma coisa, essa garota não basta de uma bastarda louca, ela nem ao menos é filha de Kyungi para começar. - Arregalo os olhos.

- O QUE? - Grito.

- E-e ela sabe disso? - Jin gagueja nervoso.

- Não. - Minha mãe diz. - Se Lia não mata-la, Kyungi fazerá o trabalho.

- Mais se ele não é pai dela... Quem é? - Rapha levanta um cenho.

- O pai dela era um inimigo de Kyungi, ele o matou e com pena da mãe de CL ele resolveu assumir a filha, mais por uma condição. - Minha mãe alevanta o dedo indicador, demonstrando o número "um". - Ele ficaria com sua família em vez da mulher e de CL, ele até a visitaria. Mais não toda vez.

- Lia me falou que ele era muito próximo de CL... - Namjoon diz.

- Na verdade, ele protegia CL para mecher com o psicológico de Lia. Vocês sabem... Lia é ciumenta, pra cacete... - Mordo os lábios.

- Kyungi pode ser esse homem mal mas... - Minha mãe mordi os lábios.

- Fale mãe. - Digo curiosa.

- A anos atrás... Ele foi uma pessoa muito boa, mais quando soube da terrível notícia que sua querida irmã tinha falecido... - Ela suspira. - Ele não foi mais o mesmo. Sua irmã mais velha foi quase uma mãe e uma vó que, ele nunca teve.

- Mãe, você sabe tudo sobre Kyungi? - Ela assenti.

- Até demais... Minha irmã Cloe falava de tudo sobre ele... Eu mandava ela se afastar mas... - Ela já estava louca pra chorar, posso ver em seu olhar. - Ela sempre disopreocupe Unnie, eu vou amolecer aquele coração de pedra, com todo o amor que sinto por ele". - Doeu em mim aquilo. Por que eu me lembrei de Jimin e Lia? Parece que Cloe é igual Jimin e Kyungi a Lia mas... Não, Lia nunca mataria a pessoa que ela ama. Eu sei que ela quase me bate em dizer que ama ele mais... Eu sei que lá no fundo ela sente algo por ele, ela apenas não quer aceitar. A mesma coisa que Jimin, posso ver como seu olhar brilha em ver Lia, mais ele também não aceita a verdade. - E no fim acabou que Kyungi a matou por uma mentira idiota de "traição". - Ela revira os olhos. - Agora Lia... Está seguindo o caminho do pai.

- Não fale isso Jennie! - Namjoon exclama irritado. Esse é outro, que parece estar apaixonado por Lia.

- Não posso esconder a verdade Namjoon. - Ela suspira deixando algumas lágrimas cair. - Minha sobrinha tem a genética do pai... Por isso é psicopata. Ela pensa que... Virou psicopata de tanto matar pessoas forçadamente mas... Não. Não é isso. - Ela seca as lágrimas. - Isso é de genética. Lia não é louca igual o pai mas... É uma psicopata, mais graças a Deus sabe se controlar. - Por mais que ela secasse as lágrimas mais caíam. - E-eu... Me desculpem, mais é que dói muito. Eu sofro uma dor muito forte no peito... Eu sofro por mim e pela Lia. Eu sei como Lia se sente, ela já me disse várias vezes que se desprezava e que se pudesse voltar no tempo e acabar com o pai para pelo menos seguir a vida novamente, ela fazeria. - Senti meus olhos marejarem novamente, só que dessa vez com as lagrimas prontas já. - Vocês vão contra Lia mas... Vocês não sabem o que ela sente! É horrível o que ela passou e passa tendo esses pensamentos horríveis. Ela viu a mãe e a melhor amiga morrer! Ela era apenas uma criança... Kyungi sempre dizia que ela merecia uma punição mas... Ela era apenas uma criança inofensiva, uma criança! - Lágrimas começaram a descer em meu rosto também. - Lia só quer proteger uma pessoa que ela ama muito de fato, ela já me disse diversas vezes: "Tia Jennie, darei o meu melhor para não perder nenhuma das pessoas que eu amo! Por que eu não aguento mais sofrer e ver os outros sofrendo, eu não aguento mais!". Isso foi uma promessa. Ela fez essa promessa. - A abracei chorando já. Todos se mantiam quietos. - Ela é psicopata, mais também é uma garota de ouro, sempre protegeu as pessoas que ama.

- Jennie... - Jungkook diz, com algumas lágrimas nos olhos. - Por que ela não matou o pai, quando teve chance?

- Por que... Ela disse que quando tentava fazer isso, ela perdia a coragem e no final apanhava ainda. - Ela soluça. - Lia, me disse que sente algo estranho como se seu corpo não deixasse. Esses dias ela me disse, "Tia por que eu não consigo matar, Kyungi? É estranho porque, eu consigo matar qualquer um mas... A pessoa que eu mais odeio não. " Doeu ao ouvir isso, porque a primeira coisa que eu pensei foi: "será que dentro daquele ódio todo, ela tem um certo amor de filha por ele?" Eu resava muito para que não fosse isso porque.... Se ela se entregar para Kyungi achando que ele se importa com seu pequeno amor de filha... Ela acabará se machucando mais ainda... Eu acho que Kyungi não se perdoa pela morte de minha irmã mesmo ele tendo a matado... Ele anos depois descobriu que era mentira e ele matou a mulher que falou isso, ou seja. A mãe de CL fez isso.

- CL sabe que foi Kyungi que matou a mãe dela?

- Não, Kyungi disse que foi um bandido. E coitada, até hoje caça o homem, mais ela nem suspeita que é o homem que nem seu pai verdadeiro é. - Ela ri forçado.

- CL não é irmã de Lia... Então Lia é filha única? - Levanto um cenho, minha tia morde os lábios.

- Sim, mais antes não era. - Ela soluçava. - Ela era filha de Kyungi apenas... Era sua irmã mais velha. A se eu não me engano o nome era... Cibelle.

- O que houve com ela?

- Morreu, antes mesmo de conhecer Cloe. - Doeu. - Antes mesmo da sua irmã Lia nascer. - Ela suspira. - Cibelle odiava o pai, pois ele também matou a mãe e... Os dois brigaram feio, ela tentou prender o pai mas... Ele a matou.

- Lia não sabe que teve uma irmã?

- Não, e não contem nada disso que eu falei pra vocês. - Ela suspira. - Kyungi terá que contar para ela, se não será eu mesma. - Ela finalmente para de chorar.

- Nossa doegsaeng... - Laura estava de queixo caído.

- Precisamos protege-la, provavelmente era isso que Jimin diria se estivesse aqui. - Taehyang diz. - Quando ela se acalmar e aparecer aqui, vamos ouvi-la e fazer um plano, bom. - Por fim, ele sorri.

- Temos que ser positivos. - Hoseok sempre positivo.

- Sim. - Rapha diz.

- Vamos acabar com Kyungi... - Digo com fogo nos olhos.

Lethycia off

Lia on

Senti meus olhos marejarem, escondida no último degrau da escada onde não aparecia direito por causa da pequena parede, começo a chorar. Eu tive uma irmã e não sabia? Eu sou psicopata desde criança? Tem um garoto querendo me abusar? E o pior.... Por que Tia Jennie, escondeu tudo isso de mim? Eu tinha que ser a primeira a saber disso, tudo. 

- Como eu vou confiar nas pessoas se elas, escondem coisas que eu deveria saber? - Pergunto irritada. - Pelo jeito Jennie acha que sou fraca, e que não conseguiria aturar toda essa bomba. Por que eu choraria por uma pessoa que eu nem sequer conhecia? - Ri debochada. - Como dói... Confiar nas pessoas e no fim acontecer isso. - Choro, que dor insuportável. É sofrer por Jimin, por problemas e também por não confiarem em mim. - Preciso esfriar a cabeça. - Seco as lágrimas e me levantando do degrau tentando me recompor.


Notas Finais


GOSTARAM? ESPERO QUE SIM ^^
bom até o próximo capitulo! Falo, gente!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...