História Os Opostos se Atraem? -Vkook ABO- - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Omma_Duh

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Magnus Bane, Personagens Originais, Rap Monster, Raphael Santiago, Simon Lewis, Suga, V
Tags Abo, Bangtan Boys, Bts, Clace, Malec, Namjin, Sizzy, Taekook, Vkook, Yoonmin, Yoonminseok, Yoonseok
Visualizações 908
Palavras 1.196
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esperamos que gostem nossos amores!!!
Esse cap ta mais depressivo que eu! ~TaekookaLove
Boa leitura.

Capítulo 2 - Tristeza Dominante


Fanfic / Fanfiction Os Opostos se Atraem? -Vkook ABO- - Capítulo 2 - Tristeza Dominante

— Filho querido, aqui você irá conhecer seu irmãozinho.  – Taewon falou enquanto acariciava os cabelos de seu menor.

 — Como assim? Quem são essas crianças?  – Taehyung confuso perguntou.

 — Crianças que desejam amor e uma família. Hoje realizaremos o desejo de uma dessas crianças. Vá brincar e eu vou pesquisar sobre seu irmãozinho. – O homem então saiu.

 Tae estava confuso e perdido. Esqueceu de tudo ao ver o menino que a minutos atrás havia o empurrado.

 — Hey, você! – Disse ele e Jungkook veio em sua direção, fazendo com que em um piscar de olhos estivesse a seu lado.

 — O que você quer? Não me toque novamente daquele jeito, eu poderia ter arrancado um braço seu apenas com um movimento.

 — Como é que é? – Kim perguntou bravo. – Eu apenas lhe abracei! Não quis parecer um ingrato, mas vi que ingrato aqui só tem um e é você.

 — Porque me chamas de ingr... – Magnus aparece por um portal.

 — C..Como ele fez isso? – Disse Taehyung ao se agarrar no braço de Jungkook por ver Magnus saindo de um portal.

 — Desculpe se te assustei, criança. Vim aqui porque vou levar Jungkook passear, preciso conversar com ele. – Falou o feiticeiro.

 — Sobre o que quer falar Magnus? – Disse Jungkook interessado.

 — Até conhecer seu parceiro aqui, era só com você, mas agora preciso dos dois. – Taehyung se arrepiou e Jungkook parcialmente gostou da reação do menor.

— Então vamos! – Falou Jungkook, animado.

— Mas meu Appa, ele... – Ouviu-se uma voz.

— Filho, eu achei o menino perfeito! Você vai amar ser irmão dele, seu nome é... –Seu pai se enche de alegria ao ver o menino qual adotaria. – Jeon Jungkook!

Jungkook travou. Não queria ser adotado, o menino a sua frente se tornaria seu irmão e ele iria causar danos a essa família que sem ele já parecia ser perfeita. A alegria do homem a sua frente, Jungkook sabia que um dia ela se tornaria tristeza e ele tinha certeza que ele causaria essa mudança. O choro que outrora o menino em sua frente havia dado não seria nada comparado ao choro que ele causaria a esse garoto que mesmo chorando parece alegre. Jungkook não quer ser o vilão do filme de terror dessa família. 

— Magnus, me tire daqui! – Implorou o garoto causando uma expressão de dúvida na cara do mais velho.

— Criança, com quem está falando?

— Com ele, Senhor. – Disse Jungkook apontando para Magnus, o mais velho franziu o cenho.

— Ele não consegue me ver, e é isso que eu queria falar com vocês. Finjam que eu não existo. 

— Sstou brincando, não há ninguém aqui, Senhor. – Taehyung parecia perdido após tudo que acabara de acontecer.

— Como conhece o Jungkook Appa? —  Perguntou o garoto pensativo fazendo seu pai sorrir.

— Ele será seu irmão a partir de hoje, torço para que sejam sempre unidos. — Disse e Jungkook tenta sorrir para o mais velho para não parecer a desgraça que é.

— IRMÃO? — O pai se assusta com tal reação de Taehyung. — É que, não sei, tudo é muito confuso.

— Eu sei filho mas agora tente acostumar, espero mesmo que sejamos a melhor família de todas.

— Seremos. -Tae fala e Jungkook sorri fraco.

-Vou deixar vocês se conhecerem melhor e irei pegar os papeis e... Jungkook, leve Taehyung até seu quarto, assim se não for te importar, ele te ajuda a guardar suas coisas. — O mais velho sorri para eles e sai.

— Vamos para seu quarto. — Disse Tae e Jungkook corre soltando um "Vê se me alcança!" para Taehyung que logo corre atrás.

Jungkook sempre foi o maioral em tudo, correr era um de seus principais jeitos de se distrair, assim emagreceu, se fortaleceu e hoje ele sabe que é o alfa mais rápido de todos, e melhor, isso com apenas 8 anos. Algo estranho aconteceu, ele parou ao pensar que seu novo irmão estava muito longe porém, em 10 segundos já estava ao lado de Jungkook.

— Sou o ômega mais rápido, eu te alcanço, alfa. — orriu vitorioso.

— Nunca falei que não me alcançaria, mas admito que tinha minhas dúvidas. Vem, é aquele ali. — Andou mas Tae ficou parado, quando Jungkook se virou para ver qual era o problema, ele viu não mais um menino feliz porém, uma tristeza absoluta tomou conta de Taehyung, tristeza essa que se Jungkook não fosse quem é, acharia que essa era a tristeza mais escura de todas, mas fica em 2º  lugar ao se lembrar que ele, Jeon Jungkook, é simplesmente... Jeon Jungkook.

— Hey ômega, porque está chorando? Não tem motivos para isso acontecer. — O ômega o olha e seu olhar partiu a unica parte do coração de Jungkook que ainda estava intacta.

— Não tem motivos? Claro que tem! Terei um irmão e isso seria bom se ele gostasse de mim, mas você... Você me trata como se eu fosse a pior pessoa do mundo, sendo que em meu coração que tenho tanto amor para dar. Queria poder te chamar como se deve, de irmão mas tenho medo que me ataque como fez com um simples abraço. Qual seu problema?  Tem vergonha de mim? Nojo de mim? Raiva de mim? Se tem, por favor me fale, eu mudo para fazer você que será o meu Hyung, um Hyung mais feliz e contente com um irmão bom para ele. — Tais palavras amorteceram Jungkook.

— Não é que não gosto de você, é que você é estranho. Não tem medo de mim, parece que me vê como uma boa pessoa, e sim isso fez eu gostar de você. Eu realmente gosto de você, não tanto como um irmão mas você não se afastou de mim ao me ver, provavelmente não sabe quem eu sou e quando souber... Quando souber verás que meu problema é comigo mesmo, eu não tenho vergonha de você, é de mim a vergonha que sinto, nojo? Eu me sinto um nada, alguém que não merece amor. Raiva de você eu não posso sentir, não fez nada de mal a mim e este é meu medo, não que irá fazer mal a mim mas que eu irá fazer mal a você.  Não mude por mim, seja você mesmo pois assim serás muito feliz em sua vida. Sobre eu ser feliz, isso é impossível. Nunca aconteceu, desde o dia que nasci até agora e sei que nada mudará porque eu não nasci para viver na felicidade. Eu sou Jeon Jungkook e eu sou o pior garoto que existe. — Tais palavras chocaram Taehyung... Como ele se sentia assim? Porque esses sentimentos de dor o dominavam? Porque ele se se considera a pior pessoa do mundo? No fundo Tae sabe que Jungkook era a melhor pessoa, ele sentia mas não sabia o porque.

— Mas porque se sen... — Jungkook se intrometeu.

— Sem perguntas, quer saber o monstro que eu sou? Simples, pergunte a qualquer pessoa e então, vai fazer com que seu pai desista de me querer como filho. — Tae o olhou confuso. -Vá e descubra quem é Jeon Jungkook.

Taehyung virou as costas e partiu.


Notas Finais


O que será que acontecerá? Taehyung ainda irá querer Jungkook como irmão ou fará com que seu appa mude de idéia? E porque eles veem o Magnus e outros simplesmente não o enxergam? Duvidas e curiosidades só aqui, no Magazineluiza voçê compra... Ta parei! hehehehehe
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Bye Bye *-* Chu *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...