História Os pensamentos de uma garota suicida - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 48
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente, me desculpa demorar quase 1 mês pra postar, é que eu tive um problema com meu celular, ele foi consertar e só depois de 1 semana eles avisaram que não dava mais pra consertar, ai eu tive que comprar outro, mas eu só podia comprar quando eu tivesse viajando, aí eu cheguei aqui ontem a noite, fui no shopping hoje à tarde e comprei, enfim, demorou bastante mas aqui ta o capítulo, espero que gostem

Capítulo 7 - Me defendeu?!


Fanfic / Fanfiction Os pensamentos de uma garota suicida - Capítulo 7 - Me defendeu?!

    Depois de voltar para casa, vou para o meu quarto e ligo meu computador, entro em  uma de minhas redes sociais pelo meu perfil falso -o qual eu uso para saber as novidades da minha turma, já que eu não seria muito bem vinda entre eles com meu perfil verdadeiro- vejo que várias garotas em grupos fechados o qual adicionam meu perfil falso comentando sobre Rafael, sério cara, o que elas viram nele?! E assim segue meu dia ate o anoitecer, resolvo jantar, tomo um banho e vou dormir

Amanheceu, e acordo com uma forte dor de cabeça, vou até o banheiro e me olho no espelho, vejo q estou com alguns hematomas em meu corpo e em minha cabeça, e percebo que eu tive um ataque de transtorno ansiedade noturno -e quando as pessoas ficam muito ansiosas e acabam se machucando durante o sono até mesmo sem perceber - mas ansiosa?! Por quê?
  Tomo um banho, passo uma maquiagem para esconder os hematomas da cabeça, e vou almoçar na casa de meus pais, pois minha família estava se reunindo para um almoço de aniversário do meu avô

        Quebra de tempo

Depois do almoço eu vou para casa com minha prima e passamos a tarde toda conversando, quando estava anoitecendo, peguei o meu carro e a levei para sua casa. Quando voltei, tomei banho, comi uma pera e fui dormi

                  6:45
 
    Acordei e olhei pro despertador (meu Deus, eu to atrasada de novo) peguei meu uniforme de frio, me visto, vou para o banheiro é passo base em meu rosto, ainda estava vermelho e parecendo que me envolvi em uma briga, oque seria bem constrangedor se alguém me visse assim.
  Resolvo ir de carro dessa vez, não podia chegar atrasada novamente (não mais que eu já estava)

      Quebra de tempo

   Chegando no colégio, estacionei o meu carro e fui correndo para minha sala-literalmente-, meu professor já havia entrado, então tive que bater na porta e esperar ele me deixar entrar, ou não

Professor _ Rebecca, está atrasada!

Eu_ Eu sei... -disse baixo de um modo que ele mal pode ouvir

Professor _ Entre, mas que isso não se repita! Da próxima vez, te não te deixarei entrar!  

Eu_ Não irá se repetir!- disse novamente, porém dessa vez que ele ouvisse de um modo claro, e vou caminhando até minha carteira, enquanto passava pela carteira de uma das amigas de Lina, ela colocou o pé, fazendo com que eu tropece e quase caia, mas minha mochila não teve a mesma sorte que eu

Lina_ olhe por onde anda, desastrada! - ela disse auto e com um tom debochado, fazendo todos da sala comessarem a rir, mais do que já estavam rindo antes

Rafael _ Garota, qual o teu problema?! - quando Rafael disse isso, todos da sala se calaram e olharam para Lina, a qual estava bem indiguinada, e não resolveu esconder isso

Lina _Quem você pensa que é pra me responder assim?!

Rafael _O garoto que você pegou na saída sexta-feira - quando Rafael disse isso, Lina ficou literalmente sem palavras, e todos a olharam e comessaram a cochichar, mas lógico que sempre tem aqueles que gritam o "oooh" ou que falam "se fosse eu, não  deixava" mas oque ela podia fazer?! Parece que ele ja tinha todas as respostas na ponta da língua, só esperando para usar

Professor _CHEGA! Lina e Rafael, agora pra diretoria! - Rafael antes de sair, pega minha mochila do chão, me entregando e sai junto a Lina, mas lógico que estavam bem longe um do outro, enquanto eu vou para o meu lugar ainda tentando digerir a ideia que acabaram de me defender, cara, isso foi quase um suicídio social, por que ele fez isso?

        Quebra de tempo

Rafael e Lina voltam no segundo horário, no tempo de artes, entram sem dirigir uma palavra um ao outro, Rafael se sentou em seu lugar e Lina ficou em pé com suas 'amigas' enquanto a professora não chega, eu me levanto e paro em frente à carteira de Rafael e falo:

Eu _ Por que fez aquilo?

Rafael _ Aquilo oque?- diz ele com um sorriso bobo nos lábios se fazendo de desentendido

Eu _ Enfrentar a Lina por mim, eu sei me defender sozinha!

  Rafael _ Não é oque parece, e aliás, pelo oque eu sei, as pessoas costumam a agradecer quando as ajudamos assim!

Eu _ ...... Tá -suspirei-  obrigada - falei de um modo baixo

Rafael _ Oque? Não ouvi..

Rebecca _ eu disse OBRIGADA- eu disse esse gritando esse garoto me estressa, nem sei por que ainda tenta fazer amizade comigo...

    Quebra de tempo

A aula acaba e vou pegar meu carro, e antes de dar a partida, vejo que o tanque já estava na reserva, e vou direto para um posto perto daqui

     Quebra de tempo

Enquanto meu carro abastece, vou para uma lanchonete quem tem perto do posto comprar uma água, e quando estava saindo, vi um grupo de garotos encostados em um carro, e entre eles uma das piores pessoas que já conheci- não mais que Lina, claro- e quando me dei conta, ele estava vindo até mim... Pera, QUÊ?!


Notas Finais


Em compensação de ter demorado eu tentei deixar ele meio grande, não deixei maior porque eu acabaria colocando o outro capítulo aqui também, e um capítulo muito grande pode ser um pouco cansativo, enfim, me desculpe os erros, e espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...