História Os Quatro - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Alice Cullen, Aro Volturi, Bella Swan, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Jasper Hale, Jessica Stanley, Marcus Volturi, Renée Dwyer, Rosalie Hale
Exibições 63
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - A fuga


O plano é simples, ja que minha transformaçao resolveu adiantar, eu vou hipnotizar Aro Volturi pra dizer ao mundo que os vampiros nao sao mais uma ameaça e vamos sair pela porta da frente.
- Esme, voce vai ate a sala de segurança e manipula as cameras de vigilancia.
- Tudo bem, o problema é como vou tirar os seguranças de lá?
- Distraçao! Rose , voce vai com a Esme e distraia os seguranças
- Como? Rose perguntou
- Sei lá, voce é gostosa mostra os peitos
- Nem pensar! Como assim mostra os peitos? Se alguem tem que ver, tem que ser eu. Emmett reclamou
- Serio Emmett? Rosalie?
- Sim, Bells?
- Mostra pra ele. Rosalie caminhou ate a cela de Emmett, retirou o jaleco de trabalho e ergueu a blusa mostrando os seios
- Nossa... posso chupar? Emmett pergunta sem desviar os olhos dos seios da Rose, que alias sao incriveis
- Mais tarde ursao, tenho trabalho a fazer. Disse abaixando a blusa e saindo da sala junto com Esme
- Alice?
- Oi?
- voce pega o meu carro e coloca aqui na frente.
- Ok. Respondeu e saiu levando minhas chaves, eu abri as celas e liguei pra Esme pra saber como as coisas estavam indo
- Bella, ja estou na sala de vigilancia. Esme atendeu no primeiro toque
- Quando voce conseguir me avisa, que eu vou dar continuidade ao plano
- Feito, agora é com voce
- Voce e Rose encontrem com a Alice na porta do edificio e esperem por nós
- Ja estamos saindo, ate daqui a pouco. Esme disse e logo desligou e eu liguei pra Aro
- Aro? É Isabella Swan, eu preciso que voce venha ao laboratorio agora.
- Ja estou indo. Logo que desliguei Edward veio pra perto de mim e delicadamente me virou de frente pra ele
- Isabella?
- Sim?
- Voce é minha companheira. Disse e uniu nossos labios num beijo lento, logo pediu passagem com sua lingua, que eu tratei de aprofundar
- Masen! Quer parar de enfiar a lingua de dentro da boca da minha filha?
- Cara, ainda bem que é só a lingua que ele esta enfiando na boca dela, ja pensou se fosse o p... Emmett nao terminou de falar, pois Carlisle cobriu a boca dele com a mao
- Todos ja entenderam seu ponto Emmett. Carlisle disse largando Emmett. No mesmo instante que Aro entrou no laboratorio, Edward apareceu na frenre dele e lhe dando um sorriso torto, enfiou a mao no peito de Aro e arrancou seu coraçao
- Edward! Agora vou ter que ligar pra Marcus e voces deem um jeito nisso. Disse e peguei o telefone pra falar com Marcus, no quinto toque ele atendeu
- Marcus, preciso que voce venha ate o laboratorio. Ele nada respondeu e alguns minutos depois entrou no laboratorio
- Onde esta Aro?
- Ele disse que tinha que sair mais cedo, algo como "preciso de ferias"
- E o que voce quer, alias onde estao os vampiros?
- Exatamente sobre isso eu quero falar. Me aproximei e olhando em seus olhos disse- Voce vai a imprensa de diga que os vampiros nao sao mais uma ameaça, a populaçao esta segura e que a CAPSV nao tem mais utilidade.
- Vampiros nao sao ameaça, populaçao segura, CAPSV fechada.
- Quero essa noticia divulgada ate amanha na primeira hora.
- Vou providenciar. Dizendo isso  puxou o celular do bolso e saiu. Quando os rapazes voltaram fomos para o corredor a caminho do elevador, no caminho encontramos com Jessica Stanley
- Swan, quem sao esses?
- Isso nao é da sua conta.
- Eu trabalho aqui, tenho direito de saber quem entra e quem sai daqui. Eu olhei em seus olhos e disse
- Jessica, eu quero que voce aproveite que estamos no ultimo andar, vá ate a primeira janela que voce encontrar e se jogue. Ela se virou, caminhou ate a janela no final do corredor , a abriu e pulou, alguns segundos depois ouvimos o som do corpo dela batendo no concreto da calçada. Quando me virei quatro vampiros me olhavam assombrados
- O que? Eu nunca gostei dela mesmo. Me virei e continuei seguindo para o elevador, assim que entramos eu pressionei o botao do terreo e logo caminhavamos pra fora do predio e encontramos com as meninas na calçada alguns metros longe de corpo sem vida da Stanley
- Vamos meninas.
- É um hummer, é um hummer. Emmett pulava e apontava pro meu carro como se fosse uma criança
- É, o que tem?
- Emmett é louco por esse carro. Edward disse
- Posso dirigir? Perguntou esperançoso
- Agora nao, depois eu deixo voce se divertir um pouco. Entramos no carro comigo ao volante a rapidamente nos afastamos do predio da CAPSV e logo da cidade em direçao a floresta, iriamos ficar um tempo na casa que pertenceu a Laurent, pelo menos até o final da minha transformaçao.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...