História Os Segredos - Capítulo 101


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve)
Visualizações 21
Palavras 1.660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 101 - O grande dia


POV EMMA ON...

Eu não sei o que sentir, o que falar, o que ouvir...eu sou a pessoa mais feliz desse mundo e agora me vendo em frente a esse grande espelho com o lindo vestido de casamento digo que não me arrependo de nada que eu tenha passado para ter chegado aqui hoje.

-Aqui esta a noiva mais linda que existe -Disse Mia entrando no quarto -E então, esta pronta?

-Eu...eu estou sim -Disse ainda me encarando no espelho

-Nervosa?

-Ate de mais, o medo também esta em mim

-E porque o medo Emma? O cara que você ama esta ali do outro lado da parede assim como você, nervoso -Disse rindo fraco -Eu posso falar uma coisa?

-O que? Não em diga que ele vai larga mão de se casar comigo? Mia do céu eu...

-Ei se acalma, não é nada disso e para deixar claro ele esta bem firme para hoje

-Então o que é? -Disse a encarando pelo espelho

-Eu nunca disse isso para ele ou para você mas...desde que cheguei aqui e conheci você eu soube que era você que iria fazer ele mudar totalmente e com tudo o que vocês passaram ate hoje eu te agradeço muito por não ter desistido dele como muitas pessoas desistem do seu amor verdadeiro tão fácil. Eu te considero como uma irmã desde o inicio e não em arrependo disso

-Mia eu não posso chorar meu deus

-A maquiadora ainda esta la em baixo -Disse secando as lagrimas com cuidado -Eu precisava falar que estou aqui para o que precisar ate mesmo matar aquele estrupício e se topar mais algumas festa de solteiro

-Nem me fale em festa de despedida -Disse rindo fraco - Obrigada por estar sempre do nosso lado e sempre juntando nós dois mesmo nós piores momentos que a unica opção era desistir de tudo, por cuidar bem do nosso pequeno anjo e sempre estar la comigo me ouvindo e secando minhas lagrimas. Eu não faço a minima ideia do que a vida esta planejando para nós dois mas se caso eu precisar matar ele eu te aviso, obrigada mesmo Mia

Ela logo veio ate mim e nós se abraçamos enquanto lagrimas de ambas ainda desciam.

-Agora chega de chorar e vamos apenas sorrir, eu vou ver como esta as coisas ali do lado, quando for para você descer eu venho te busca

-Sim senhora e não se esqueça de chamar a maquiadora de novo aqui

-Pode deixa -Disse pegando o celular e seguindo ate a porta que parou antes de fechá-la -Meu primo é um idiota mais eu estou muito feliz por ele ter você, você esta perfeita Emma

-Obrigada minha linda

Ela logo saiu e me sentei na cama a espera da maquiadora. Os segundos passavam e eu já imaginava eu andando no grande tapete vermelho indo em direção ao homem da minha vida, eu estou tão feliz.
Olhando para a parede branca logo a minha atenção vai para a porta que é aberta pela maquiadora animada e brava por ter estragado a maquiagem que durou 1 hora para ficar pronta.

APÓS DUAS HORAS...

A hora havia chegado, e a exatos 7 minutos Mia entraria nesse quarto e me levaria ate porta da igreja que é a 3 quarterões do hotel que aluguei...minhas mãos estão tremendo, eu coração batendo rápido...eu não posso ter um ataque cardíaco aqui pela mor de deus.

-Emma

-Killian? -Disse olhando em volta para achar onde estava vindo a voz

-Eu estou aqui do outro lado dessa bendita porta amor e antes de falar alguma coisa eu não irei entrar para não estragar aquele negocio de o marido não poder ver a esposa de vestido antes do casamento eu só vim te falar uma coisa

-É bom mesmo pois se não eu irei ter que te matar e irei dar o seus pedaço pro cachorro

-Ai amor, que maldade

-O que você quer falar amor? -Disse me encostando na porta

-Mesmo não te vendo eu sei que você esta perfeita com esse belo e longo vestido, e eu me sinto muito feliz em estar aqui nesse momento com você minha princesa

-O meu deus, hoje o mundo esta para me fazer chorar em -Disse tentando não deixa as lagrimas caírem - E eu...eu também estou muito feliz Killian, finalmente eu estou realizando o meu sonho e com você

-A vontade de entrar nesse quarto e te abraça e nunca mais soltar ta tão grande

-Eu sei que esta amor, mas não faça isso. Vamos fazer o jeito certo e depois você pode me abraçar e nunca mais soltar já que é o que eu vou fazer com você

-Eu te amo muito amor

-Eu também te a...

-KILLIAN JONES SAI DESSA PORTA AGORA

-Eu tenho que ir amor, tchau

E logo eu acabei ouvindo ele correndo e indo para o outro quarto me deixando encarar uma Mia brava que logo entrou no quarto enquanto me sentava na cama.

-Se ele pensar em entrar aqui eu juro que mato ele e não vai ser pouco e vou te matar se deixar

-Eu nem ia deixar ele entrar Mia, para dizer a verdade ate estava com a mão na chave para trancar caso ele quisesse entrar

-Aham, vou fingir que acredito nessa sua historia bem ruim

-Aff, vou falar mais nada

Apenas fiquei em silencio enquanto ela se sentou do meu lado e começou a digitar uma mensagem, tentei ler mas ela digitou muito rápido e logo bloqueou o celular não deixando eu ler.

-Pronto, nós temos que ir pois Killian já esta la na igreja

-Ok...vamos para a igreja, para o meu casamento, casar com o homem da minha vida

-A ficha ainda não caiu ainda não é?

-Ainda não Mia -Disse rindo fraco -Eu só vou acreditar mesmo quando eu estiver la, mas agora esquece esse historia de ficha e vamos para a igreja logo

-Sim senhora, vamos la

Logo após olhar no espelho pela ultima vez seguimos ate o estacionamento onde estava a limousine e o nosso motorista particular Emanuel.
Nós queríamos um motorista de verdade mas como Emanuel quis dar um presente mas não sabia o qual Kilian deu ideia dele ser o motorista e por um lado isso foi muito bom já que só a limousine foi cara de mais.

Estávamos a alguns metros de distancia da porta da igreja, o nervosismo estava falando mais alto.

-Esta entregue donzela, agora já pode entrar la e ser feliz com aquele idiota e se acalmar

-Eu juro que estou tentando me acalmar

-Ei Emma relaxa, vai dar tudo certo mas peço que faça ele feliz por favor

-Essa é a minha nova missão daqui para frente Emanuel

-Fico feliz em saber disso, mas se ele te machucar ou fizer merda me diga que eu alugo a limousine e passo por cima dele

-Pode deixar, com certeza irei te avisar

-Emma -Disse Mia entrando no carro -Temos que ir já estamos a 15 minutos atrasada e se atrasar mais ainda Killian vai fazer um buraco no altar e sem contar que vai ter um ataque do coração

-Ok, vamos la

Caminhamos ate a porta da igreja que ainda estava fechada e logo encontramos meus pais que por um bom tempo eu não os vejo.

-Você esta tão linda filha

-Obrigada papai

-Nós estamos todos felizes por você querida, ate mesmo ela

-Eu queria que ela estivesse aqui como sempre planejávamos quando eramos criança

-Filha ela sempre esteve aqui com nós, principalmente com você Emma, e não tenho duvida nenhuma de que ela estará la no altar ao seu lado sorrindo para você

-Pai eu não posso chorar mais, eu não posso entrar feia

-Você pode chorar o quanto quiser, borrar a maquiagem toda mas você ainda continuara linda meu amor

-Obrigada mãe

-Agora chega de chorar e vamos ser feliz não é Emma?

-Sim Mia, vamos

Nós preparamos antes da porta abrir, respirei bem tranquilamente afim de segurar a emoção e as lagrimas mas foi os 5 minutos contados que eu tive para olhar para o homem da minha vida e uma lagrima descer...o mundo esta conspirando para eu me casar feia porque não é possível meu deus.

Caminhávamos devagar conforme a musica (vídeo) que eu e Killian escolhemos, mas o que eu queria mesmo era soltar o braço do meus pais e correr ate o altar e não sair mais de perto dele, mas eu me acalmei e consegui chegar ao meu destino do jeito certo.

-Estou te entregando o motivo de eu ainda estar vivo, de ainda me fazer sorrir e ter noites mal dormidas, espero que cuide dela pois se não teremos que ter uma bela conversa Killian

-Irei cuidar muito bem dela David, minha nova missão é ter sempre esse sorriso perfeito de manha e também pelo resto de nossas vidas

-Estou confiando em você Killian -Disse soltando minha mão e me encarando -Eu te amo filha e estou muito feliz pro você assim como ela

-Obrigada papai

Ele apenas acenou e logo se afastou deixando eu e Killian no altar bem nervosos.

Alguns minutos havia se passado e a cerimonia ainda estava acontecendo, o padre já havia falado as suas lindas palavras, nós dois já havíamos dito os nossos votos, trocamos as alianças e agora estávamos preste a decidirmos o nosso futuro.

-Killian Jones você aceita Emma Swan como sua legitima esposa, na saúde e na doença, ate que a morte os separe?

-Sim -Disse olhando nós meus olhos -Eu aceito

-Emma Swan você aceita Killian Jones como seu legitimo marido, na saúde e na doença, ate que a morte os separe?

-Eu...eu aceito -Disse nervosa

-Na frente de todos aqui presentes e na palavra de Deus eu vós declaro marido e mulher, pode beijar a noiva Killian

E o tão esperado fim havia chegado, em pouco segundos nós dois já estávamos nós beijando e dando o nosso primeiro beijo como marido e mulher.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...