História Os Segredos - Capítulo 77


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve)
Tags Emmaswan Killianjones Familia Ouat Onceuponatime Davidnolan Marymargaret
Exibições 54
Palavras 1.084
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 77 - Os achei


APÓS QUATRO DIAS...

Se passou dois dias e nada da Emma ou James aparecer...eu já andei pela cidade toda e nada, eu já estou desesperado...eu já estou ficando louco.

-Você precisa se acalmar –Disse Mia

-Calma? Como? Eu não sei a onde estar a minha mulher e meu filho, eles já estão sumidos a 4 dias

-Eu sei, só que você nem eu não podemos fazer nada, você ouviu o delegado

-Que se foda-se o delegado, ele ta fazendo alguma coisa que preste para achar ele? Não, ele não esta

-Killian me ouve por favor, nós temos que espera alguma noticia ou alguma ligação

-Eu nunca vou me perdoar se caso essa ligação ou noticia for simplesmente que encontram os dois mortos –Disse deixando as lagrimas caírem

-E você acha que eu vou? Eu muito bem ter ido junto com ela, já que ela mesmo me chamou mas não, eu não fui, eu preferi ficar aqui para achar o maldito do teu pai para nada acontecer com ela...mas foi tarde, já aconteceu

-As vezes eu me arrependo...

-Do que você ta falando? –Disse se sentando ao meu lado no sofá

-Quando eu...eu tinha 7 anos, recebi a noticia que meus pais iriam se separar e eu não queria, nós estávamos muitos felizes juntos e então eu simplesmente falei que se eles se separassem eu sumiria do mundo, minha mãe mesmo sofrendo acabou não se separando dele por minha causa e agora...eu posso perde as duas pessoas que eu mais amo nesse mundo, mesmo com as varias e varias merdas que eu já fiz

-Você não pode se culpar, você não sabia que o futuro iria dar nisso

-Mas eu podia pela menos ter salvado a minha mãe –Disse olhando para ela –Eu...eu ainda a teria comigo nesse momento

-Killian ela morreu de câncer, não teria como salvar ela

-Eu não vou aguentar perder mais duas pessoa –Disse chorando com mais força – Eu, não vou agüentar viver sozinho

-Para Jones, para de pensar coisa ruim...você tem que pensar coisas positivas, como por exemplo que os dois vão entrar por essa porta, James vai estar gritando como sempre faz e Emma...Emma vai estar sorrindo, vai vir te abraçar forte

Naquele momento foi inevitável em não pensar em Emma com aquele belo sorriso no rosto, em sua risada, em seus ataques de raiva, em tudo nela...ela virou o meu mundo desde o inicio e a cada dia que passa esse sentimento acaba aumentando, me deixando difícil viver em algum lugar longe dela por algum tempo.
Ta, eu sei que fiquei 4 anos longe dela...mas se você pensa que eu consegui ficar em algum lugar sem pensar nela, você esta claramente errado. Ate naquele momento em que fiquei com Barbara, foi difícil, no momento em que coloquei o pé para fora do quarto e percebi o que eu fiz, eu não fiz questão nenhum em segurar as lagrimas...essa mulher transformou o meu mundo.

-Eu preciso encontrar eles

-Eu vou junto

-Então vamos

Saímos sem esperança nenhuma, mas não custa tentar nada...ela pode estar por ai perdida.

Saímos sem rumo como sempre fazíamos nesses 4 dias, Mia colocava sempre uma musica animada que passava na radio, mas pelo que parece nada esta a meu favor. Estava tocando a musica que eu e Emma havia escutado no começo do nosso namoro.

Say You Won't Let Go – James Arthur

I met you in the dark
             You lit me up
             You made me feel as though
             I was enough
             We danced the night away
             We drank too much
             I held your hair back when
             You were throwing up

E lá estava eu cantando cada palavra e relembrando de tudo

Then you smiled over your shoulder
              For a minute, I was stone cold sober
              I pulled you closer to my chest
              And you asked me to stay over
              I said, I already told ya
              I think that you should get some rest

-Quer que eu tire a musica?

-Eu só preciso ir a um lugar

-Fique a vontade

Segui para o primeiro lugar que me veio em mente...o campo de futebol americano, onde por uma parte nós se conhecemos.

-O que te faz lembrar esse lugar? –Disse depois que sentamos na ultima fileira da arquibancada

-Tudo...todos os momento em que eu passei com ela, todos os sorrisos que soltamos aqui e também todas as brigas com os tapas doloridos dela

-Nisso eu tenho que concordar, os tapas dela dói de mais

-Pois é

Ficamos em silencio por um tempo, o silencio foi acolhedor mas as lembranças foi quem machucou mais...sim eu estou olhando para o meio do campo, onde eu pedi ela definitivamente em namoro, onde eu consegui...consegui olhar em seus olhos e ver que era ela, ela era a mulher que eu queria para o resto da minha vida.

O silencio só aumentava entre nós dois ate o meu celular tocar, nem olhei quem estava ligando, apenas atendi de primeira.

*Alo

*Quem fala? -Disse estranhando a voz

*Você não me conhece, estou ligando apenas para dizer que sei onde esta o seu filho e a sua mulher...

*Onde eles estão?

*Saindo da cidade, a uns 3 km a um sitio –Disse baixo

*Tem nome?

*Não, mas para você chegar nele tem que entrar em uma estrada de terra e segui em frente, logo você o encontra

*Como vou saber que isso é verdade? –Disse recebendo um olhar estranho de Mia

*Logo que essa ligação for encerrada, você receberá uma foto de que eu não estou mentindo

*Porque você esta me ligando? Porque esta facilitando as coisas para mim?

*Eu só cansei de ver eles sofrerem

E a ligação caiu...eles estão sofrendo, isso não por favor meu deus.

Esperei alguns minutos sem fala nada ate que chegou duas imagens do numero que me ligou.

1º - Estava James com alguns raladinhos na parte da perna e estava dormindo

2º - Estava Emma em uma lugar pouco iluminado, com alguns ferimentos graves na parte do braço e com uma cara de que esta se rendendo a dor, que não esta mais aguentando tudo aquilo...ela estava sofrendo

Me levantei rápido e sai correndo deixando Mia um pouco mais a trás.

-Onde você esta indo?

-Atrás deles, eu descobri onde estão

-Você sabe que pode ser mentira –Disse parando de correr -Pode ser um trote

-Eu preciso verificar, eu preciso ir atrás deles

Ela apenas afirmou com a cabeça e logo estávamos correndo ate o carro para seguir ate o tal destino onde eles poderiam estar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...