História Os Selecionados (Imagine BTS) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção, Bangtan Boys (BTS), Got7, Seventeen
Personagens America Singer, BamBam, Eadlyn Schreave, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Lee Jihun "Woozi", Mark, Maxon Calix Schreave, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Got7, Seveteen, Você
Exibições 70
Palavras 1.440
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente ta ai
Boa Leitura *-* erros? me desculpe

Capítulo 2 - De Castigo


Fanfic / Fanfiction Os Selecionados (Imagine BTS) - Capítulo 2 - De Castigo

eFinalmente sábado, um dia que não preciso usar vestido posso usar o que quiser graças a meu bom pai! Me levante fui ate meu armário, peguei um short, um cropped, um all star branco uma blusinha e um colar(foto do cap), fui ate o banheiro fiz minhas higiene, passei um rimel, um batom meio avermelhado lápis e só, pedi para uma empregada levar cartas para Bianca e Julia me encontrarem no jardim, e peguei meu livro, favorito! “Simplesmente Acontece”, acho que é a 7 vez que estou lendo ele, sai do meu quarto com ele no rosto e andando de vagar, sempre fiz esse caminho então acho que não vou tropeçar, enquanto estava descendo as escadas, estava lendo uma das melhores partes

*Livro on*
Ele é o cara mais sortudo do mundo por ter você, Rosie, mas não te merece e você merece algo muito melhor. Merece alguém que te ame com todo o coração, alguém que pense em você a todo o momento, alguém que passe cada minuto do dia se perguntando o que você deve estar fazendo, onde está, com quem está e se está bem. 

Precisa de alguém que te ajude a realizar os seus sonhos e que possa protege-la dos próprios medos. Alguém que te trate com respeito, que ame cada parte de você, especialmente os seus defeitos. Você deveria estar com uma pessoa que possa te fazer feliz, muito feliz, andando nas nuvens de tanta felicidade.
*Livro off*


Estava um barulho no salão principal, nem liguei ate que me esbarrei em alguém e meu livro foi pro chão, e fechou, ai que raiva, abaixe pra pegar ele enquanto gritava com a pessoa

-O DESGRAÇA NÃO ME VIO NÃO, CASSETE VAI TOMAR NO C...-na hora que eu vi um garoto com o cabelo vermelho me olhando, olhei em volta e fez um tremendo silencio, ai que me lembrei dos selecionados, havia um monte de garotos, me espantei e só consegui falar- PUTA QUE PARIO -sai correndo para o jardim, encontrei Juh e Bianca de shorts também- PORRA MANO, TA CHEIO DE HOEMEM NO SALÃO E EU CHINGUEI UM AI MEU CU, MINHA MÃE VAI ME MATAR!-disse quase berrando, as duas riram

-Você não viu o que sua mãe falou ontem?- disse Juh e a encarei confusa- Pra sairmos pelo fundo que os selecionados estariam no salão principal?

-Merda esqueci, mas enfim, o que vamos aprontar hoje?- disse sorrindo

-Que tal, a gente zuar um deles? Vai ser legal, a gente podia fazer todos ficarem la no salão ai nos chamávamos os empregados e tacava farinha neles, e olha que eles estão arrumados pra caramba- disse Bianca

-Vamos, quero muito fazer um inferninho na vida deles, principalmente naquele vermelhinho- disse e fomos para a cozinha-Gente!- todos param e me olharam- Presciso de muita farinha de trigo e algumas pessoas para tacarmos farinha nos candidatos- todos me olharam estranho- É tipo uma boas vindas só que de um jeito diferente- disse e todos concordaram- Ta, vamos pelos cantos sem ninguém ver, eu e as duas aqui vamos acertar um menino só, mas todos tem que ser pegos- sorri e todos nos ajeitamos, peguei um pacote pra mim e as meninas, fomos discretamente para o salão, todos estavam entretidos, dei uma risadinha e dei um grito- AGORA!- Vi um monte de farinha sendo jogada no ar,e acertando todos , taquei no garoto de cabelos vermelhos, começamos a rir muito alto e todos os candidatos olharam pra mim, parei de rir na hora- Assim acho melhor nos corrermos- disse sussurrando para as duas –Tipo AGORA- disse e nos corremos para a floresta já que quase ninguém tem coragem de entrar- Isso foi muito engraçado- disse ofegante- Precisamos fazer isso mais vezes

-Com certeza- disse as duas ao mesmo tempo, sentamos lá mesmo, e ficamos conversando por um tempo ate eu ver o Aspen, quando chamam ele pra vir atrás de mim é coisa seria- Acho que nos fudemos

-Princesa ____ , sua mãe esta chamando as três- olhei pras duas e fomos pra dentro, os candidatos estavam todos brancos, minha mãe de braços cruzados e meu pai serio, la vem

-Porque fez isso?- disse minha mãe apontando para os garotos, olhei novamente e dei um risada

-Desculpa pera- disse recuperando o fôlego- Foi uma boa vinda para eles

-Você acha isso certo?- desviei o olhar para o chão- Vocês sabem que odeio brincadeiras desse tipo, ta de castigo, nada de livros- tirou o livro das minhas mãos- e uma empregada vai pegar todos do seu quarto- disse e uma empregada já correu pro meu quarto- Nada de sair para a floresta, usar vestidos todos os dias incluindo hoje, e já pode se trocar- disse apontando pras escadas, a encarei com raiva- AH, e nada de andar no Blackei- a olhei incrédula- e peça desculpas para os candidatos

-Mas mãe o Blackei, não é serio ne?- ela fez um cara de que não tava brincando- Ate sobre os vestidos?

-Sim, agora peça desculpas- a encarei com raiva, meu pai fez uma cara de espanto

-Filha, se acalma- disse chegando perto de mim- Seus olhos estão vermelhos- disse  simplesmente corri pro meu quarto, me joguei na cama e chorei, minha mãe não pode tirar o Blackei, não consigo, me levantei limpando as lagrimas, e fui para o banheiro, realmente meus olhos estavam vermelhos, de pouco em pouco foram voltando a o verde normal, desci as escadas e minha mãe estava falando com os candidatos

-Ela sente muito mesmo- disse calma

-Eu não sinto nada, primeiramente: isso ai que aconteceu foi como um desconto pelo ruivinho ali- apontei pro garoto- derrubou meu livro segundamente: os outros que não tinha nada a ver me desculpa, mas foi engraçado, e por fim mãe- a mesma me olhou- é serio mesmo? O Blackei? Ate os vestidos?

-É serio, vai logo trocar de roupa ta muito curta- disse apontando pro meu short

-Grrrr, eu não vou colocar vestido- disse e andei ate a porta, empurrei ela e puxei outra copia de Simplesmente Acontece, e balancei pra minha mãe e sorri- Se me procurar to na floresta


-___! Não se atreva!- disse se levantando

-Desculpa mãe, EU TE AMO- disse correndo pra floresta rindo, cheguei la e me sentei e encostei na arvore e fiquei lendo por horas

*Quebra do tempo*


Acho fique tempo demais aqui, cheguei ate dormir, olhei pra cima e vi tudo escuro, merda a quanto tempo estou aqui? Acho melhor voltar.

Me levantei e fui em direção ao palácio, vi vários guardas andando de la pra ca, estavam me procurando, mas lógico que não vou ser encontrada, fui de fininho para perto do palácio, olhei para cima e vi o segundo andar, o terceiro ficava meu quarto, as paredes era aquelas de pedras então dava pra escalar de boa, e assim fiz, enquanto escalava o livro ia caindo da minha boca, subi rápido e entrei na sacada de um quarto que dava pra escutar as conversas, deve ser os selecionados

-Ela quase me deixou sufocado com aquela farinha- disse um garoto

-Acho ela meio mimadinha demais- disse outro arrancando risos de mais alguns que estavam no quarto, aquilo me estressou, simplesmente andei pelo quarto

-Mimadinha é meu pau- disse e passei por eles indo ate a porta, abri um pouco, e tinha alguns guardas ali, fechei a porta- Merda- me virei e vi os 4 ali me encarando- Perderam o cu na minha cara?- disse a andei ate a sacada, olhei pra cima, e o andar do meu quarto estava muito alto, só voando pra chegar la- Por que é tão alto, que merda- vi eles ainda me olhando- Que que foi cassete?

-Você entra no meu quarto e pergunta o que foi?- disse o de cabelos vermelhos

-A culpa não é minha se tem metade do palácio atrás de mim- disse e olhei novamente pra sacada- Só da pra pular- disse e me preparei pra pular, mas vi um aglomerado de guardas mais em baixo- Não posse nem sumir por algumas horas e já ta assim? Como vou sair dessa joça?

-Ei é meu quarto!- disse o de cabelos ruivos

-Seu por algum tempo, Mas e ai quem tem uma brilhante ideia pra me tirar daqui?- disse e os encarei-Se você souber nossos nomes eu te ajudo- disse o garoto de cabelos pretos

-Ta acho que você é o...- Esperei um tempo- ...Yoongi certo?- ele sorrio e assentio- Jungkook, Hoseok, e Jimin

-Nossa você decorou rápido- disse Jungkook

-Claro, mas e ai o fantasminha como vou sair daqui?- disse e o mesmo soltou um sorriso de lado

-Vai ter que ficar aqui- disse


Notas Finais


obg por lerem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...