História Os sete pecados capitais - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 87
Palavras 2.511
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


São mais de 60 favoritos! Eu tô quase tendo um enfarto ( alguém me ajuda! )
É muito bom saber que estão gostando de ler essa fic (obrigada a todos)
Tenha uma boa leitura ♡

Capítulo 28 - Não é para ser


Fanfic / Fanfiction Os sete pecados capitais - Capítulo 28 - Não é para ser

Eu acordo e minhas costas estão doendo, sinto algo pesado e vejo que é hope no meu colo, olho para o relógio que fica na parede da sala e... O QUE JÁ SÃO NOVE HORAS ??

- acorda hope !- eu falo o chacoalhando para um lado e para o outro

-oque? Que foi?- hope fala sonolento

-acorda que a gente está atrasado !

-mas tá duendo !- ele fala manhoso, será que o pé dele ainda dói? Se estiver doendo muito ele não poderá praticar se não ele irá machucar mais ainda o pé

-oque? - eu pergunto preocupado. ele aponta para a boca dele

- bem aqui, acho que vou precisar de um beijo para sarar

-eu já estava ficando preocupada! Não faça isso de novo!- eu falo e dou um suspiro de alívio

- mas está doendo de verdade!- ele fala e continua de olhos fechados, eu tiro o seu cabelo da frente de seus olhos, coloco a mão em seu rosto e selo nossos lábios, ele pediu passagem com a língua

- vamos antes que o manager ligue reclamando - eu falo interrompendo, o tiro do meu colo e saio rapidamente

- ei volta aqui!- escuto hope falando e vindo atrás de mim, ele me segura pela cintura e me abraça forte

- bom dia meu amor!- eu ainda tenho muito medo, mas hope não fez nada comigo, me pergunto como deve ser estar com alguém que tem medo de amar? ele não fez nada, eu repito isso na minha cabeça várias vezes

-te amo! Te amo! te amo!- ele fala e me balança para um lado e para o outro

-ei eu não sou um bichinho de pelúcia para vc ficar me apertando!

-mas vc é do tamanho de um e é muito fofa, então dá na mesma! - ele fala e faz com que eu eu me vire para ele, dando um Beijo em minha testa

-vamos logo!- eu falo com cara emburrada, ele começa a ir atrás de mim para o banheiro- pq estar me seguindo?

- posso tomar banho com vc?- tomar banho comigo? Calma Andy, não foi ele que fez isso com vc não foi ele, não foi ele!

- desculpa Andy foi uma idéia horrível eu sei, foi mal...

- é claro! Vamos tomar banho !

~ Hope on ~

Andy fala, pega no meu braço e me puxa até o banheiro, ela dar um enorme sorriso para mim mas suas mãos estão tremendo, eu não quero que ela faça algo em que ela não se sente bem em fazer!

~ Andy on ~

Não foi ele Andy calma vai dar tudo certo, esse é o hope, o mesmo que vc conheceu na sala de ensaio, o mesmo que tem um sorriso encantador, é só o hope, calma.
Chegamos no banheiro então ele fechou a porta eu não sei se quero tirar minha roupa

- vc quer ajuda Andy?- hope fala se referindo minha roupa então eu faço que sim com a cabeça, então ele tira minha blusa e logo após meu shorts, ele arruma meu cabelo para o lado e tira meu sutiã, logo após levemente tira minha calcinha. ele tira sua camisa, e antes dele continuar eu o paro, tiro sua calça junto com sua cueca e me deparo com seu membro ereto bem na minha cara, isso me faz lembrar daquele dia, me fazendo ficar assustada

- não se preocupe! - hope estende a mão para mim e me guia até o box - vamos só tomar banho!

Eu deixo a água cair em meus ombros, então sinto a mão de hope ajeitando me cabelo para o lado mais uma vez, ele  me abraça pela cintura por trás de mim, e apoia sua cabeça em meu ombro, eu sinto sua ereção e isso me causa um arrepio, mas não uma sensação boa e sim uma ruim, ele percebe e se afasta um pouco, ele me vira para ele e encosta nossas testas

- não se preocupe okay?- eu respondo que sim com a cabeça, ele coloca as duas mãos em meu rosto e me guia para um beijo lento e manso, ele pede passagem com a língua e eu dou, sua língua dança uma bela valsa junto com a minha explorando cada canto da minha boca. Ficamos naquele Beijo por um tempo, logo após ele coloca um pouco do sabonete líquido na mão, faz um pouco de espuma esfregando uma mão na outra e ele passa em meu corpo contornando minha silhueta, ele passa sabonete em sua mão de novo e passa em meus ombros, eu realmente não sei oque fazer, talvez eu devesse fazer o mesmo que ele. Eu pego o sabonete líquido despejo um pouco em minha mão e passo em seu peitoral, vou descendo e contornando cada gominho do seu abs, deicho a água cair em seu peitoral tirando todo o sabonete e vou beijando cada gominho de baixo para cima, até chegar em seu pescoço

-vc não deveria me provocar dessa maneira- hope fala com uma voz de quem está tentando se manter calmo

-eu não estou fazendo nada!- eu falo e tiro seu cabelo do rosto, fico na ponta dos pés e beijo sua boca

-não é oque parece !- ele fecha o registro e sai do box

~ hope on ~

Eu tento me controlar mas Andy não colabora, eu sei que estar cedo para tentar fazer qualquer coisa com ela depois do acontecimento, eu estou tentando fazer o melhor para ela mas desse jeito não vai dar, por isso é melhor eu sair daqui antes que a minhas ações sejam pensadas por outra cabeça

-oque foi?- Andy fala saindo do box

- nada!- eu falo e sento na pia, ela vem até mim e coloca sua mão no meu rosto, logo após ela começa a descer beijando meu peitoral em direção ao meu membro

-Andy!

-deicha eu fazer isso! - ela fala olhando para mim, eu bagunço meus cabelos tentando colocar as idéias no lugar e faço que sim com a cabeça, ela realmente estar tentando melhorar, ou talvez ela só esteja pensando em mim

~ Andy on ~

Eu lambo a cabecinha do seu membro e logo após coloco tudo oque consigo na boca, fazendo movimentos de vai e vem, ele segura meus cabelos com a mão me fazendo acelerar o ritmo

~ hope on ~

Eu não conseguir pensar duas vezes antes de fazer Andy aumentar o ritmo, quando me toquei estava segurando seus cabelos de uma maneira violenta, eu já estava tirando minha mão quando ela segura a minha mão e coloca em seu cabelo de novo, eu queria olhar para ela enquanto faz isso mas eu não consigo, ela é realmente incrível

~ Andy on ~

Quando eu acabo ele sai da pia me encosta na parede e começa a beijar meu pescoço de baixo para cima até chegar na orelha, ele mordisca a mesma e fala algo que eu não consigo entender por causa do prazer que está tomando conta de todo o meu corpo

-Andy estamos atrasados, o manager ligou para irmos para lá imediatamente!- Jin fala batendo na porta do banheiro. As mãos de hope formam um punho ao lado da minha cabeça

- Jin seu bas..- eu tampo a boca de Hope antes que Jin escute

- desculpa Jin... eu... perdi a hora... Não vai acontecer de novo!-mais uma vez eu tentando formar Desculpas ridículas

- sem problema, vamos antes que o manager ligue de novo!- hope seca meu corpo e me ajuda a vestir minha roupa, selamos nossos lábios e então descemos, eu desço primeiro para ninguém desconfiar. Decidimos que iríamos tomar café na empresa já que estávamos atrasados, estou ensaiando mil e uma Desculpas para dar para o manager, já estou esperando a maior bronca do mundo, de longe eu avistei o manager com uma cara de preocupado

-Oi manager desculpa pela atraso, é que ontem as mães...

-atraso? A nem percebi, estava ligando porque duas mães estão brigando, e eu não me atrevi a entrar para separar, vc entenderia meu lado só olhando para as staffs que tentaram- a cara do manager engraçada mas ao mesmo tempo dar dó

-e o senhor quer que eu separe?- eu pergunto mesmo já sabendo a resposta

- não é isso...quer dizer...é sim...Por favor- a cara dele realmente dar dó - eu fiz uma cara meio que perguntando " onde é a treta?", e ele apontou para a porta de vidro no fim do corredor, quando entrei vi a mãe de Suga, claro tinha que ser a bruaca, e a mãe de Namjoon

- pelo oque eu ouvi falar o seu filho quebra tudo que ver pela frente, isso faz dele um péssimo líder! - a mãe de Suga tá parecendo...Como se diz mesmo?... um cão chupando manga!

- esse é o seu único argumento? É a milésima vez que vc fala isso! Meu filho só é um pouco desastrado, não significa que ele seja um mal líder! - "um pouco"? Ela disse um pouco?

-primeiramente, rap monster foi nomeado como líder por ter o espírito de um, por que ele é capacitado para isso, segundo, rap monster entrou na banda primeiro, não seria justo alguém que acabou de chegar tomar decisões, e terceiro eles são uma equipe, e o posto deles não importa!- interrompi as duas mães e as duas ficaram de boca aberta, aqui na Coréia o que eu acabei de fazer é considerado muito desrespeitoso, porém oque elas estavam fazendo no Brasil seria considerado algo bem pior.

- vc tem razão! - a mãe de Namjoon fala com um tom orgulhoso

- não concordo !

- parem de agir como crianças, nem os filhos de vc agem assim!- elas olham uma para a outra e cruzam os braços - mas acho que vcs querem que eu aja como se vcs fossem criança, pois bem, peçam desculpa e apertem as mãos!

Elas se desculpam e cada uma segue seu rumo. As mães passearam um pouco dentro da bighit para conhecer o local de trabalho do filho. Eu estava andando quando sinto algo me puxar para dentro do banheiro

-hope?- hope coloca a mão na minha boca

- onde foi que paramos mesmo? - ele fala fazendo uma cara de safado, eu reviro os olhos- ah lembrei !
Ele começa a beijar meu pescoço, logo após coloca minhas pernas em volta da sua cintura e dar começo a um beijo feroz, porém cheio de amor

- vc ainda tem medo?- ele fala encostando nossas testas

- eu diria receio...- após ele escutar minha resposta e dar um beijo em minha boca rapidamente

- então eu te ajudarei  não ter mais receio! - ele preciona meu corpo na parede, o qual estar pendurado em seu corpo e esfrega seu membro em minha intimidade me fazendo soltar um gemido abafado, ele coloca as mãos nas minhas costas em baixo da minha camisa e logo após tira a mesma, hoseok aperta minha cintura enquanto me beija e esfrega seu membro em mim, e isso só me faz querer gemer mais, porém eu tento abafar todos eles, hope me deita no chão ainda com minhas pernas em volta da sua cintura

-você...é. ..tão...perfeita- ele fala depositando beijos em meu corpo a cada palavra. Alguém bate na porta

- tem alguém aí ?- uma voz feminina vem do outro lado da porta

- eu juro que vou matar essa pessoa!- hope fala quase como um sussurro , eu chego perto do seu ouvido

- vc sabe que é a sua mãe né? - eu falo e mordo a sua orelha- tá  ocupado!
Eu falo pego minha camisa, e tento arrumar me cabelo de frente para o espelho

- que moça comportada!- hope fala por trás de mim, coloca meu cabelo para o lado deixando minha nuca exposta e começa a beija-la

-tem alguém aí? - a mãe de hope insiste batendo na porta, eu pego a primeira coisa que vejo e taco na porta

- já vai!- hope tenta segurar o riso por causa da minha reação

- nem tão comportada assim..- eu me viro para ele e damos um beijo intenso porém devagar, ele esfrega sua ereção em minha barriga me fazendo soltar mais um gemido abafado- vc é realmente perfeita!

Eu o empurro na parede e fico de costas para ele,coloco as mãos em volta de seu pescoço e rebolo me esfregando em seu corpo o provocando, eu viro mordo sua orelha
-Eu saio primeiro e quando eu der o sinal vc sai- eu falo saindo do banheiro

- Oi, desculpa a demora!- falo dando um sorriso para a mãe de hope

- sem problemas!- ela fala devolvendo o sorriso, ela tenta abrir e não consegue - está emperrada?

- sério?  Faz assim, a senhora vai lá na secretaria avisa para a moça enquanto eu fico aqui e tento abrir!- ela faz conforme oque eu falei, eu falo para ele abrir a porta e ele sai.
O dia passou rápido, chegamos em casa e todos estavam exausto, então cada um foi para o seu quarto enquanto eu fui beber uma água

- a senhorita foi muito má comigo hoje! - hope fala e me pressiona contra a parede

- eu? Porque?- eu faço de desentendida

- vc me exitou e depois me deichou no banheiro, a senhorita vai ter uma punição!- ele fala e esfrega sua ereção em mim

- de novo essa história de punição?- eu faço uma cara de cachorrinho

- é para a senhorita aprender a não ser mal criada- eu pego a água e jogo na cara dele, logo após saio correndo da cozinha

- ei volta aqui mocinha! - ele corre atrás de mim, eu acabo me batendo com alguém

-omma Jin me protege desse malvado! - eu falo apontando para hope enquanto seguro na cintura de Jin me escondendo atrás dele

- ei sua bebê chorona! - hope fala e tenta me pagar mas Jin me protege

- hope vá já para cama, já está muito tarde! - Jin fala e coloca a mão em minha cabeça

- vc ouviu bem!- eu falo e dou língua para ele

- vc também Andy! Suba e vá durmi!

- sim omma! Eu falo, Abraço Jin e subo correndo, quando chego em meu quarto tranco minha porta, vai que esse doido tenta entrar no meu quarto! Eu me jogo na cama, e aqui estou eu olhando para o teto

-é teto... tomare que ele não lembre dessa tal punição amanhã! - eu e jhope tentamos ficar juntos hoje mas acho que não deu muito certo, acho que é isso que chamam de "quando não é para ser", não que eu pense que eu e hope não devemos ficar juntos, mas acho que não devemos tentar nada muito íntimo por enquanto, sem contar que eu ainda não tenho muita confiança, mas eu sei que hoje tomei um passo muito grande, eu nunca me imaginei provocando alguém, isso é tão estranho e novo para mim...


Notas Finais


Meu povo lindo do meu coração!
Nesse cap alterna muito entre o pensamento de Andy e de hope, eu queria que os pensamentos dos dois lado estivessem presentes, talvez tenha ficado um pouco confuso, mas espero que vc tenham gostado♡
( Desculpa qualquer erro ortográfico )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...