História Os Sinais Do Amor ( taekook ) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jungkook, Taehyung, Taekook, Vkook
Exibições 45
Palavras 695
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - 2•


Fanfic / Fanfiction Os Sinais Do Amor ( taekook ) - Capítulo 5 - 2•

POV Jungkook

Ouço o despertador tocar e esse som, logo de manhã, me deixa com tanta raiva, eu não estava afim de ir a escola hoje, mas sei que kim taehyung me mataria e minha omma também. Hoje eu iria conversar com o tae e ver o que estava acontecendo com ele, porque ele me evita tanto? Espero que eu não tenha feito nada de errado, ele é importante pra mim, um amigo muito especial.

Me levanto da minha cama quentinha, a cada passo que eu dava, ouvia ela chamar meu nome, me dizendo pra ficar ali com ela, eu estava ficando louco? Talvez. Me dirigi ao banheiro, que ficava em meu quarto e aproveitei para tomar um banho e em seguida escovar meus dentes.

(......)

— Omma porque eu tenho que usar esse uniforme ridículo? Eu pareço um nerd — Falei, enquanto comia um pedaço de bolo e tomava um gole do meu suco de laranja.

— Não reclame, você esta muito bonito e para de desarrumar essa gravata jungkook — Disse ela, se aproximando de mim e pela 5 vez, arrumou minha gravata, claro que seria em vão.

Minha mãe, uma mulher doce e gentil, claro que com outras pessoas, comigo ela era esse tipo de mae cuidadosa e melosa, não que eu não goste, mas ela exagera. Também acho exagerado esse tipo de situação que vivemos, empregados, motorista, uma casa gigante para apenas duas pessoas, mas que ficava um pouco lotada quando os empregados estavam aqui, queria ter a vida que o taehyung tem, eu me sentiria mais confortável.

— Tudo bem, eu estou indo pra escola, ate depois omma — Me aproximei dela e dei um beijo em sua bochecha, nada mais meloso que isso, não curto esse tipo de coisa, ainda mais quando ela me trata como um bebe na frente dos meus amigos.

(....)

Na Escola....

Meu motorista estacionou na frente da escola, como sempre os olhares estavam voltados pra mim, me consideravam o carrasco da escola, garoto arrogante e mimado, mas certamente eles não me conhecem direito e não sabem, que toda essa situação, me deixa desconfortável.

Assim que coloco meu pé pra dentro da escola, hoseok e os meninos já me atacam.

— Bom dia, quase que você se atrasa kook — Jin, o mais velho entre nós, disse sorrindo.

— Eu sei, eu nem queria vir pra escola, mas sei que taehyung iria pegar no meu pé e minha omma também — Respondi, sorri abafado, sentando em um dos bancos, esperando dar o sinal.

— Eu queria estar na minha cama dormindo e não em plena segunda feira nessa maldita escola — Yoongi, o preguiçoso.

— Você só pensa em dormir garoto, como consegue? — Jimin, o garoto considerado por todos da escola, como o garoto fofo, das bochechas gordinhas, não que não fosse verdade.

— Eu gosto de vir pra escola, hoje estou animado porque eu estudei pra prova e sei que vou me sair bem — Hoseok, o garoto animado, que esta sempre fazendo bagunça, sempre via o lado bom das coisas e que sempre cuidava da gente e nos divertia.

— Odeio esse seu humor logo de manhã — Namjoon, o mais idiota, sempre fazendo brincadeiras, um pouco desastrado, mas era um bom amigo.

E esse que está chegando todo ofegante, suado e gritando, pois é, Kim Taehyung, meu melhor amigo.

— GENTE EU QUASE FICO PRA FORA DA ESCOLA — Dizia ele, em meio a respiração rápida — Bom dia, me desculpem por gritar logo de manhã.

Sorri, como sempre um pouco animado demais, ele competia com hoseok em animação.

conversamos um pouco e assim que ouvimos o sinal para entrar na sala de aula, nos dirigimos para a mesma, o bom, é que ficávamos todos juntos na mesma sala e claro, sempre juntos. Mas deixei eles passarem primeiro e segurei o braço de tae, fazendo ele me esperar.

— O que foi jungkook? — Perguntou, me olhando.

— Tae, depois da aula, podemos conversar? É importante.

— Claro, podemos ir pra minha casa, omma vai trabalhar e só vai chegar a noite.

Sorri e assenti, finalmente entramos na sala de aula, eu não estava animado e muito menos havia estudado pra prova, com certeza tae me passaria cola, ele sempre fez isso.

Uma manhã longa e entediante....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...