História Os Sobreviventes - 2° Temporada - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Felipe Z. "Felps", The Walking Dead
Personagens Alan Ferreira, Felps
Tags Alan, Felps, Maethe
Visualizações 13
Palavras 882
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente! Tudo bom? 😊

▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃

Então como vocês haviam pedido, aqui estou eu novamente com capítulo novo nessa fanfic! (Eu havia postado um aviso perguntado se queriam que eu continuasse...)
Então, antes de vocês lerem eu quero só explicar o por que de eu ter terminado com essa fic, bom, basicamente eu parei por que eu estava meio desmotivado e sem ideia do que fazer, porém um leitor comentou na primeira temporada pedindo para continuar, daí eu decidi continuar... Obrigado leegaa3! 😂💕✨

Ah! Mais uma coisa, um aviso rápido.

• Então, se vocês gostam dessa fanfic, ou de outras, eu vou está avisando na minha Timeline/Atividades quando irei postar capítulos!

Agora... Acho que era tudo. Então... Vamos ler! 💕✨

Capítulo 3 - E-Eles...


Kate | Floresta, 8hs

Bom... Ainda era de manhã, porém eu, Maethe e Jéssica já havíamos acordados a um tempo. A gente estava do lado de fora de casa caçando, sim a gente teve que voltar a caçar, a comida que o jardim nôs dava já não era o suficiente para todos nós.

A caça até que estava aindo bem, a gente já havia conseguido caçar vários pássaros, é isso é um pouco cruel, mas é necessário. Nós estavamos conversando sobre alguns assuntos aleatórios, porém nossa conversa teve que ter uma pausa.

Jéssica: Gente... Se abaixem e façam silêncio. − Sem fazer qualquer pergunta a gente obedece.

Nós estavamos prestando muito atenção em volta, porém não havíamos encontrado nada de errado, até que Jéssica aponta para um local e a gente presta bem atenção. Havia alguns homens por alí, eles estavam bem atentos também, porém eles estavam muito bem armados, o que será que eles estão fazendo? Caçando que não deve ser.

Maethe: Ah não... São eles! − Sussurra Maethe. Assim que ela diz isso nós ficamos muito assustado.

Kate: O quê? Os caras do grupo?

Maethe: Sim... Eles devem ser do grupo de exploração...

Jéssica: Droga! E agora? Se a gente tentar sair vai fazer muito barulho.

Kate: Tentamos nós arrastar?

Maethe: Acho melhor não... Que tal se a gente esperar.

Kate: Okay...

Nós ficamos alí no chão abaixados, alguns minutos depois Jéssica levanta e então dá uma olhada em volta, ela olha para a gente e então dá um sinal de “Limpo”.

Kate: Ah... Finalmente.

Jéssica: Maethe... Você não disse que eles tinham grupos de exploração, e se eles tivessem atrás de vocês?!

Maethe: Desculpa! Eu não sabia que a gente era tão importantes para eles...

Kate: Eh... Isso não é hora de ficar discutindo! Temos que ir agora, se eles voltarem a gente vai está ferrado!

Maethe: Só espero que os cães de busca estejem guardados...

Kate e Jéssica: O quê?!

Maethe: Mil desculpas... Eu devia ter falado tudo...

Jéssica: Eh verdade... Se você tivesse falado a gente nem teria saído hoje. Mas agora chega, vamos todos bem atentos para casa...

Kate e Maethe: Okay...

Alice | Na casa...

Estava eu e Alan na casa, sozinhos já que o resto das garotas haviam saído. Eu estava cuidado do jardim, por que eu precisava de algumas ervas para o almoço de hoje, mas eu acabei sendo interrompida devido ao Alan.

Alan: Eh... Alice, eu queria falar algo contigo. − Diz Alan, vindo com muita dificuldade.

Alice: Ah sim... Espera, vamos lá pra dentro, aqui não vai fazer muito bem para a sua perna.

Alan: Okay...

Nós entramos e então eu me sentei no sofá, ao lado de Alan. Ele parecia bem tenso...

Alice: Então... Fale, o que aconteceu?

Alan: Eu acabei esquecendo de te avisar... Eh sobre aquele pessoal do nosso “Grupo”, eles são muito perigosos.

Alice: Eh... Tudo bem, a gente já sabia, lembra?

Alan: Não é isso... Eles são realmente muito perigosos, eles tem muitas armas, cães de busca e tudo mais.

Alice: Sério? Por que você não disse isso mais cedo?! As garotas podem está em perigo!

Nós estávamos tão tensos que até nós assustamos com o barulho do portão, que felizmente era as garotas.

Jéssica: Alice! A gente corre perigo! − Diz Jéssica correndo.

Kate: Sim! A Maethe disse que os caras são muito mais do que pensávamos, nós até vemos eles!

Alice: Eu sei! O Alan acabou de me falar isso... E agora, o que faremos?

Alan: Esperem... Cadê a Maethe?

Kate: Hã? Ela estava bem atrás de nós!

Kate

Nós viemos correndo o mais rápido o possível, talvez a Maethe tenha se cansado e fica para trás? Era o que eu queria que tivesse acontecido. Nós saímos da casa e então vimos um cara agarrando a Maethe, a gente não sabia o que fazer a não ser tentar atirar.

Jéssica: Ei você! Parado, soltem ela! − Diz já apontando para eles.

???: Qual é garota, você vai correr o risco de atirar e acertar sua amiga? Claro que não, use o seu cérebro! − Dizia o moço enquanto sentava conter a Maethe.

Alan: Droga... Ele tem razão, Jéssica não atire.

Alice: Por favor! Não faça nada com ela! 

???: Desculpe senhorita, não é assim que as coisas funcionam. Ela fugiu junto com o namoradinho dela, a culpa é dela.

Kate: Mas vocês trataram mal eles! Não tinha como eles ficarem lá assim.

???: Com licença garotinha, a conversa está entre os adultos...

Kate: O quê?!... − Assim que ele falou isso eu fiquei muito estressada, eu comecei a correr na direção dele, porém assim que eu empurrei ele, ele me deu um soco de volta. Porém Maethe havia conseguído fugir.

Jéssica: Kate!

O moço subiu em cima de mim e então começo a me dar alguns socos. Mas ele parou depois de um tempo.

???: Qual é garotinha, você se acha forte? − Enquanto ele dizia isso as garotas estavam chegando... − Ah! Não ousem a chegar perto de mim.

Ele estalou os dedos e então vários homens saíram do mato que havia alí em volta.

???: Sério... Chega de brincadeira, peguem eles.

Os homens correm e então agarram todos a força, assim que todos fomos capturados eles nôs arrastaram até alguns caminhões e então nôs jogaram lá dentro, naquele momento eu me senti como um lixo sendo jogado no caminhão...

Continua?

#@$%&---

??? | Topo do monte

Nós havíamos acabados de chegar lá, esse lugar parecia perfeito para passarmos algum tempo, tinha comida, água limpa e lareiras para nôs deixarmos quentinhos, um lugar perfeito... Tenho certeza que eles iriam adorar...



Notas Finais


• Então foi isso... Espero que tenham gostado!

• Se tiver algum erro... Desculpa ;-;

• Caso você não tenha lido, aqui está a primeira temp.:
https://spiritfanfics.com/historia/os-sobreviventes--1-temporada-7440605

▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃

I 💕 You


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...